domingo, 8 de abril de 2018

Novidade Topseller: A Verdade segundo Ginny Moon

«Benjamin Ludwig tem uma forma singular de filtrar as tensões domésticas através do olhar hiperalerta, ainda que enviesado, de uma criança com necessidades especiais.» — The New York Times Book Review

«Esta história é uma poderosa afirmação da fragilidade e força das famílias.» — Publisher’s Weekly

«Capaz de nos aquecer e partir o coração ao mesmo tempo, a procura de Ginny por um lugar seguro leva-a a encontrar a sua própria voz.» — Kirkus Reviews

Enternecedor e repleto de momentos inesperados, este romance, baseado na experiência do autor, apresenta-nos Ginny Moon, uma adolescente autista, que na sua jornada até um novo lar descobre o verdadeiro significado da palavra família.

A partir de hoje nas livrarias, precisamente no Dia Mundial da Consciencialização do Autismo.

Sinopse:
Eu tenho medo pela minha Bonequinha. Ela é pequenina e não consegue alimentar-se sozinha. A mãe Gloria passa-se da cabeça. Porque é que ninguém acredita quando digo que a Bonequinha está sozinha e que tenho de a ajudar? Nem mesmo os meus novos Pais Para Sempre, que vivem na Casa Azul, acreditam em mim…

Ginny tem autismo. Nem sempre entende o que ouve. Nem sempre tem a capacidade para distinguir o que é real. Mas sabe que foi retirada à mãe, e que esta era violenta e consumia drogas; e sabe, também, que precisa de voltar para junto da sua Bonequinha. Esta obsessão e o seu comportamento errático e agressivo levaram a que duas adoções fossem anuladas.

Poderá Ginny ter razão? Às vezes, o seu novo pai adotivo fica com a sensação de que a Bonequinha poderá ser algo mais.

Mas, como já explicou a Ginny inúmeras vezes, não existe qualquer registo de outra criança na sua antiga casa. Porque não conseguirá Ginny ultrapassar esta questão?

A Verdade segundo Ginny Moon é uma edição Topseller (17,69€ | 320 pp.) e os primeiros capítulos estão disponíveis para leitura aqui.

Sobre o autor:
Benjamin Ludwig é um escritor americano, que vive com a sua família no New Hampshire.

Antes de escrever A Verdade segundo Ginny Moon, o seu primeiro romance, que foi distinguido pela Barnes & Noble e pela Amazon como um dos livros do ano de 2017, já tinha sido premiado com o Prémio Clay Reynolds pela sua novela Sourdough.

Antes de se dedicar à escrita a tempo inteiro, dava aulas de inglês.​


Sem comentários: