quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Um mais Um - Jojo Moyes [Opinião]

Título: Um mais um – A Fórmula da Felicidade
Autor:
Jojo Moyes
Tradução: Ana Maria Chaves e Márcia Montenegro
Págs.: 424
Capa: mole com badanas
PVP: 17,70 €

Sinopse:
Uma mãe por conta própria Jess Thomas faz o seu melhor, dia após dia. É difícil lutar sozinha. E, por vezes, assume riscos que não devia. Apenas porque tem de ser…
Uma família caótica
Tanzie, a filha de Jess, é uma criança dotada e brilhante a lidar com números, mas sem apoio nunca terá oportunidade de se revelar. Nicky, enteado de Jess, é um adolescente reservado, que não consegue sozinho fazer frente às perseguições de que é alvo na escola.
Por vezes, Jess sente que os filhos se estão a afundar…
Um desconhecido atraente
Ed Nicholls entra nas suas vidas. Ele é um homem com um passado complicado que foge desesperado de um futuro incerto. Ed sabe o que é a solidão. E quer ajudá-los…
Uma história de amor inesperada
Um mais um – A fórmula da felicidade é um romance cativante e original sobre duas pessoas que se encontram em circunstâncias difíceis.

A minha opinião: 
Quem já leu alguns livros de Jojo Moyes, sobretudo os últimos, sabe que vai encontrar personagens peculiares. Personagens que acabam por nos apaixonar de uma maneira ou de outra. 

Jess é uma lutadora. Separada de um homem que abandonou por completo a família, Jess luta contra as contas que tendem a acumular-se na caixa do correio, ao mesmo tempo que cuida da Tanzie uma menina cuja aptidão para a matemática dá nas vistas, e Nicky um adolescente reservado e com gostos fora do comum. Obviamente que estas características vão criar inimizades e os filhos de Jess acabam por ser vítimas de bullying, sobretudo Nicky. 

A luta por proporcionar uma vida melhor aos seus filhos faz com Jess parta numa aventura inóspita, por todo o Reino Unido com um motorista também ele com os seus problemas. 

A história desenrola-se praticamente nessa viagem, onde cada personagem vai desvendado um pouco de si. A acompanhar está o cão da família, um animal mal cheiroso e que se baba constantemente, e que suja o carro tão limpinho de Ed. Tudo isto vai resultar numa viagem fantástica e emotiva, que faz com que a leitura flua e que a narrativa resulte tão bem.

Adorei Jess. Uma mulher que enfrenta sozinha uma família complicada, mas cujo lema é "quem pensar positivo alcança os seus objectivos". Nem todos os fins justificam os meios, é certo, mas esta empregada de limpeza faz tudo para ver a sua família feliz. 

Tanzie é aquela miúda esquisita, com óculos fundo de garrafa, que não se veste conforme os ditames da moda, mas que atrai pela sua meiguice e inteligência para os números. Nicky, enteado de Jess, é um adolescente retraído, que procura refúgio no seu quarto e se isola do mundo. E Ed um homem bem sucedido que por um erro impensável deita tudo a perder.

Jojo Moyes explora muito bem os diversos problemas das personagens. Os problemas financeiros inerentes aos adultos, a adolescência, nem sempre fácil para quem se diferencia do "rebanho" e a vontade de alcançar os sonhos de um filho. 

Apesar das minhas leituras se centrarem mais nos policiais, há aqueles autores que não prescindo ler, como já devem ter reparado. Jojo Moyes é uma delas. A leitura leve, descontraída, mas que ao mesmo tempo nos faz soltar uma lágrima, sabe tão bem, que o desejo, quando termino um livro dela, seja o de partir novamente à aventura doutro. 

Gostei. 



Sem comentários: