sábado, 25 de março de 2017

Porto Editora: Fátima pelo olhar único de Alfredo Cunha

Título: Fátima – Enquanto Houver Portugueses
Autor: Alfredo Cunha
Págs.: 128
Capa: capa dura
PVP: 19,90€

Novo livro de Alfredo Cunha é apresentado no dia 1 de abril, na Galeria Municipal do Torreão Nascente da Cordoaria Nacional.

Dia 1 de abril, sábado, às 17:00, a Galeria Municipal do Torreão Nascente da Cordoaria Nacional, em Lisboa, recebe Alfredo Cunha para a apresentação do seu livro Fátima – Enquanto Houver Portugueses, que irá contar com a presença do jornalista António Marujo, autor do prefácio.
Nas celebrações dos 100 anos das Aparições de Fátima, o fotojornalista mais consagrado de Portugal, Alfredo Cunha, apresenta 100 fotos que fazem uma justa homenagem a todos os fiéis de Fátima e aos peregrinos em particular, que irão rever-se nas imagens e no texto da obra.
A apresentação da obra insere-se na exposição “Tempo depois do tempo. Fotografias de Alfredo Cunha 1970-2017” que apresenta 480 imagens do fotojornalista, captadas ao longo de quase 50 anos de trabalho.
Com introdução de António Marujo em edição bilingue (português e inglês), este livro tem edição reconhecida pelo Santuário de Fátima como integrada nas celebrações do centenário das Aparições.
Fátima – Enquanto Houver Portugueses é um registo único do santuário de Fátima e dos que fizeram daquele um dos maiores locais de peregrinação do mundo cristão.

Sobre o autor:
Alfredo Cunha nasceu em 1953. Começou sua carreira profissional em fotografia publicitária em 1970, e como fotojornalista no Notícias da Amadora em 1971. Trabalhou no jornal O Século e n'O Século Ilustrado (1972), na Agência Noticiosa Portuguesa ANOP (1977) e nas agências de notícias Notícias de Portugal (1982) e Lusa (1987). Foi fotógrafo e editor-chefe no Público entre 1989 e 1997, quando decidiu juntar-se ao grupo Edipresse como fotógrafo-chefe. Em 2000, começou a trabalhar na revista Focus. Em 2002, colaborou com Ana Sousa Dias no programa Por Outro Lado, da RTP2. Foi o fotógrafo e editor-chefe do Jornal de Notícias entre 2003 e 2009 e diretor fotográfico da Global Imagens entre 2010 a 2012. Atualmente trabalha como freelancer e desenvolve vários projetos editoriais.




Sem comentários: