sábado, 25 de março de 2017 | By: Maria Manuel Magalhaes

Alerta: novo romance do escritor italiano Marcello Simoni

Título: O Inquisidor
Autor: Marcello Simoni
Tradução: Maria Irene Bigotte de Carvalho
N.º de Páginas: 352 
PVP: 17,50 €
Disponível a partir de 6 de Abril

«O retrato de época é credível e autêntico, as intrigas que envolvem a Inquisição são verosímeis assim como a realidade das ordens religiosas dos Jesuítas e dos Franciscanos.

A trama é misteriosa e os diversos episódios estão ligados entre si mantendo o suspenso até ao fim.»
La Repubblica

«O inquisidor evoca a figura do frade Guilherme de Baskerville em O Nome da Rosa graças ao mesmo método analítico e à confiança no raciocínio.» Huffington Post

«Um trillher histórico de cortar a respiração, baseado numa rigorosa investigação e que confirma Simoni como um dos melhores escritores italianos.» Il Giornale

«Marcello Simoni é o mestre do romance histórico. Esta obra revela os meandros de um poder no qual a igreja procura manter intactos os seus valores seculares.» La Stampa

«Nos romances de Simoni, considerado por muitos o sucessor de Umberto Eco, os crimes misteriosos do passado dão corpo à história.» JL Magazine

«Intriga bem construída, ambiente histórico credível e um estilo elegante, revelando um escritor mais sofisticado.» Milano Nera

Sinopse
Século XVII. A poucos dias do início do Ano Santo, a morte de um frade, consultor da Congregação do Índice, o braço mais recente da Inquisição, agita os meios religiosos. O homicídio desde homem, encontrado com o corpo encravado numa prensa tipográfica e com a boca cheia de papéis impressos tem de ser rapidamente resolvido.

A investigação é entregue ao inquisidor Girolamo Svampa. As suspeitas são muitas, envolvendo desde a Companhia de Jesus até agentes misteriosos de potências rivais. E há ainda a surpreendente ligação ao meio dos impressores e tipógrafos de Roma. Svampa depara-se com personalidades poderosas e a situação revela-se, subitamente, delicada e perigosa.

Criatura de hábitos e pouco diplomata, com uma aversão patológica pela fugacidade do presente, o comissarius trabalha de acordo com um código moral rígido. Conseguirá desvendar o crime sem comprometer os seus princípios?

Marcello Simoni cria neste romance uma extraordinária figura de detetive: um dominicano racional como um cientista mas simultaneamente perito em ciências ocultas. Um homem que trabalha em nome da Igreja, embora questione certos comportamentos eclesiásticos. Com efeito, Svampa é filho de um impressor acusado de heresia e transporta consigo uma marca gravada a fogo que nunca cicatrizou…