sábado, 8 de outubro de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidade Esfera dos Livros: João XXI O Papa Português

Se há vidas excepcionais que merecem ser contadas, esta é uma delas.

Passam em 2016, 740 anos da aclamação de Pedro Hispano ao lugar mais alto da Igreja Católica. Quem era afinal este homem, que ficou conhecido como João XXI?

O historiador Armando Norte percorre a vida de João XXI nas suas três principais facetas: o homem, o intelectual e o pontífice. O seu nome de baptismo, Pedro Julião, convida-nos a olhar para as suas raízes, remetendo para os anos iniciais da sua vida e para o percurso que construiu, desde muito cedo, no interior da Igreja. Já a designação de Pedro Hispano, pela qual ficou conhecido nos meios intelectuais, liga-o de imediato ao cientista, ao académico e à autoridade incontestada que também foi. E, por fim, o seu nome apostólico, João XXI, evoca o seu pontificado e a curta carreira que protagonizou na Cúria Romana enquanto papa.

Uma vida que foi uma trajectória longa e improvável, quando se olha para um indivíduo originário de um reino ultraperiférico – sendo Portugal a periferia de uma periferia, chamada Península Ibérica – que parecia condenado à obscuridade, mas que se tornou papa. Uma obra essencial para resgatar do esquecimento a vida e a obra desta figura ímpar da História de Portugal.

À venda a partir de 7 de outubro.
P.V.P.
18 €



DSC_0877
Sobre o autor:
Armando Norte nasceu em 1974, na Marinha Grande. É doutorado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, na especialidade de História Medieval. A sua tese, dedicada ao tema dos Letrados e Cultura Letrada em Portugal (séculos XII-XIII), foi distinguida com o prémio «A. de Almeida Fernandes em História Medieval», no ano de 2013. É investigador do Centro de História da Universidade de Lisboa e membro da Sociedade Portuguesa de Estudos Medievais. Tem vários artigos publicados em revistas especializadas, nacionais e internacionais, além de livros editados, individualmente e em colaboração. Nos últimos anos, intensificou a sua presença em eventos científicos, em Portugal e no estrangeiro, os contributos em obras colectivas, a participação em projectos de investigação e a organização de encontros científicos. Os seus principais tópicos de pesquisa são a história da cultura, a história das universidades e a história eclesiástica.