sexta-feira, 22 de julho de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidade Bertrand: «A Gravitação do Amor», de Sara Stridsberg

Título: A gravitação do amor
Autor: Sara Stridsberg
Género: Literatura / Romance
N.º de páginas: 304
Data de lançamento: 22 de julho
PVP: € 16,60

Desde hoje, 22 de julho, «A Gravitação do Amor», da escritora sueca Sara Stridsberg, está nas livrarias portuguesas, pela Bertrand Editora.
Este romance, vencedor do Prémio Selma Lagerlöf Literary Award 2016 e do Prémio Literário da União Europeia, conta a história da aproximação de Jackie ao seu pai, Jimmie, quando este é internado num hospital psiquiátrico. Jackie começa a passar cada vez mais tempo na instituição, até ela se tornar o seu mundo.

«Ao fim do dia, saem do hospital. Quando os portões elétricos se afastam para os deixar passar, abrem a primeira garrafa, no banco traseiro, sempre champanhe que ficou a refrescar na cave durante o dia. Edvard atravessa as pontes, a caminho da cidade, e percorre as ruas de bairros de moradias adormecidos. Às vezes há uma rapariga do hospital, outras vezes é Sabina que vai no banco de trás, outras vezes é outra pessoa, frequentemente meio adormecida pelos medicamentos. Os troncos das bétulas brilham no crepúsculo, um céu de tinta com manchas de rosa e dourado, ténues nuvens dispersas, aves, um desenho tosco dos céus. Edvard tem a convicção de que é bom para os pacientes saírem de vez em quando.»

Segundo o jornal dinamarquês Politiken, «É difícil encontrar palavras para descrever a prosa de Stridsberg. Como posso dar-vos a entender, caros leitores, a maneira fantástica como as trevas e a luz se fundem tão completamente na sua escrita, sem que a sua intenção seja consolar, nem criar um mero contraste? Não consigo descrevê-lo, terão de experimentar por vós próprios, é puro êxtase.»

Sinopse:
«Quando Jimmie Darling é admitido no hospital psiquiátrico Beckomberga, nos arredores de Estocolmo, a sua filha Jackie começa a passar cada vez mais tempo na instituição, até que esta se torna todo o seu mundo quando a mãe parte numa viagem de férias.
No hospital conhecemos o médico responsável, Edvard Winterson, que às vezes leva Jimmie e outros doentes a grandes festas na cidade. «Uma noite passada fora do recinto do hospital torna-vos novamente humanos», diz ele.
Conhecemos também Inger Vogel, uma «enfermeira angélica de socas», que parece habitar um mundo entre a ordem e a devastação, bem como a doente Sabina, objeto dos desejos tanto de Jimmie como de Edvard, com as suas contas coloridas e a sua obsessão com a liberdade e a morte.
A Gravitação do Amor, um livro de uma beleza arrasadora, explora o amor de Jackie por Jim e o modo como tenta aproximar-se dele, tanto em criança como em adulta e já mãe, tendo sempre como pano de fundo Beckomberga, na sua dimensão quase mítica de anjo punidor e redentor de espíritos atormentados.»

Sobre a autora:
Nascida em 1972, é uma das mais aclamadas escritoras e dramaturgas suecas, vencedora de diversos prémios e distinções literárias. Em 2016 foi eleita para a Academia Sueca, a entidade que atribui o Prémio Nobel. Vive em Estocolmo.