quarta-feira, 29 de junho de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidades Gradiva de junho

Título: Sangue Azul Gelado
Autor: Iúri Buida
Tradução do russo: José Milhazes
Colecção «Gradiva»: n.º 162
N.º de Páginas: 284 
PVP: € 14,00
De um dos maiores nomes da literatura russa contemporânea, a Gradiva publica para o seu Verão Sangue Azul Gelado, um romance onde se prova que os temas de sempre podem ser abordados com originalidade. Esta é a história de Ida Zmoiro, que tinha tudo para uma longa vida como actriz. Inspirando ‑se nesta figura feminina marcante, o autor retrata um regime onde o indivíduo pode gozar da sua fama mundial sendo fiel ao ditador, mas «desaparece» logo que ousa ir contra as regras da ditadura. Drama, paixão, acontecimentos estranhos, alusões literárias reúnem‑se num livro que nos traz o melhor da literatura russa, por um autor frequentemente premiado. 

Título: Dossier U ‑235
Autor: António Pinto Pereira 
Colecção: «Fora de Colecção», n. º 477
N.º de Páginas:  484 

Terroristas islâmicos cruzam ‑se com uma rede de tráfico de urânio enriquecido a caminho de Lisboa. O professor Mendonça, responsável pelo departamento de terrorismo e contra-terrorismo do SIS, procura estabelecer as ligações desta complexa e perigosa teia de interesses.

Conseguirá evitar a implosão planeada da Torre de Belém, onde será assinado o novo Tratado de Lisboa II? Um thriller empolgante que leva o leitor a viajar por cidades tão distantes como Lisboa, Dubai, Cairo ou Zurique, que junta a Suprema Ordem da Luz de Ouro de Melki‑Tsedek a uma multinacional das novas tecnologias e que reúne personagens diversificados, de culturas distintas. O terrorismo para o centro de Portugal. Uma leitura sem paragens!

Título: Um Verão com Montaigne
Autor: Antoine Compagnon
Colecção: «Gradiva Breve», n. º 5
N.º de Páginas: 176 
PVP: € 12,00

Pequeno em dimensão, profundo na análise. Com uma escrita acessível, em quarenta breves capítulos, o autor leva‑nos a descobrir um Montaigne estival e estimulante. Evidenciando a actualidade e a densidade histórica de Ensaios, é uma excelente forma de acompanhar o pensamento do filósofo francês do séc. XVI que nunca perdeu actualidade.

«Há muitos anos que Montaigne me acompanha e o seu Ensaios é o livro que levaria para a mítica ilha deserta.» — João Lobo Antunes


Título: Sobre a Desigualdade
Autor: Harry G. Frankfurt
Colecção: «Filosofia Aberta Política» / «Fora de Colecção», n. º 475, N.º de Páginas: 80 
PVP: € 9,00

Muitos consideram a desigualdade como um dos principais problemas sociais. Mas o combate à desigualdade é frequentemente confundido com o combate à pobreza. Harry G. Frankfurt, um dos filósofos morais mais influentes da actualidade, argumenta que estamos moralmente obrigados a eliminar a pobreza, não a diminuir a desigualdade. Num livro provocador, o autor apresenta respostas convincentes e consistentes sobre o tema.

«Relevante, persuasivo e de leitura muito agradável, é o tipo de filosofia que devia estar mais amplamente disponível.» — Gideon A. Rose, Universidade de Princeton

Título: Que Comichão, Mimi!
Autor: Laura Owen e Korky Paul
Colecção: «Gradiva Júnior», n.º 155
N.º de Páginas: 96 
PVP: € 7,50

Mais aventuras variadas e divertidas neste novo livro infanto‑juvenil com 4 histórias da Mimi e do gato Rogério. Com a casa inundada, decidem ir para a praia onde uma Mimi mini quase desaparece. Depois recuam ao tempo dos dinossauros e descobrem coisas incríveis. Mas o pior de tudo é quando a Mimi tem de preparar o casamento da irmã. Alguém consegue imaginar? A última história é de invasores. Não, não é desses. É daqueles que se instalam na cabeça. Que comichão!