quarta-feira, 15 de junho de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidade Saída de Emergência: Os Filhos de Salazar de António Breda Carvalho

Continuando com a colecção História de Portugal em Romances, a Saída de Emergência publica o romance Os Filhos de Salazar. Um livro de António Breda Carvalho que nos leva até ao Estado Novo e retrata a vida de dois jovens que seguem caminhos diferentes. Mariana transforma-se numa mulher libertina que desafia tudo o que é sagrado para o fascismo enquanto Mariano segue as pesadas do pai, amigo íntimo de Salazar e do cardeal Cerejeira.

É acompanhando as suas vidas que assistimos a um retrato vívido do Portugal do Estado Novo: de um lado os representantes do poder, os cidadãos fascistas e a temível PIDE; do outro os inimigos do regime, incluindo os comunistas na clandestinidade.

Sinopse:
Tudo começa em 1926 quando o avião do major Varela se despenha misteriosamente no Mondego. Terá sido suicídio ou acidente? Os Filhos de Salazar conta-nos a história de Mariana e Mariano, dois jovens que crescem juntos mas seguem percursos opostos na vida. Se ela se transforma numa mulher libertina que desafia tudo o que é sagrado para o fascismo e para a Igreja, já ele segue as pegadas do pai, amigo íntimo de Salazar e do cardeal Cerejeira.

É acompanhando as suas vidas que assistimos a um retrato vívido do Portugal do Estado Novo: de um lado os representantes do poder, os cidadãos fascistas e a temível PIDE; do outro os inimigos do regime, incluindo os comunistas na clandestinidade.

Mergulhados neste conflito, Mariana e Mariano, com vidas, morais e ideologias tão incompatíveis, encontram-se e desencontram-se. O destino reserva-lhes uma surpresa que vai mudar as suas vidas. Mas quem vai sofrer a maior mudança é Portugal.

Sobre o autor:
António Breda Carvalho nasceu na Mealhada, em 1960. É professor do ensino básico e estreou-se na literatura em 1990. Até à data publicou várias obras, incluindo estudos regionais, e foi distinguido com inúmeros prémios literários de conto e de romance. Romances publicados: As Portas do Céu (Menção de Honra – Prémio Literário António Feliciano de

Castilho, Câmara de Águeda, 2000), O Fotógrafo da Madeira (obra vencedora do Prémio Literário João Gaspar Simões, Câmara da Figueira da Foz, 2010) e Os Azares de Valdemar Sorte Grande (Menção de Honra – Prémio Literário João

Gaspar Simões, Câmara da Figueira da Foz, 2012).