quinta-feira, 2 de junho de 2016

Bruno Vieira Amaral na Noite da Literatura Europeia

O projeto Noites da Literatura Europeia, iniciado em 2008, procura despertar o interesse pela literatura europeia contemporânea de uma forma criativa e original. Entre as 19h00 e as 24h00, pequenas leituras e dramatizações em português de obras de autores europeus contemporâneos em diversos locais na zona da Trindade, em Lisboa.
Entre os 10 escritores europeus indicados por instituições dos seus países de origem, Bruno Vieira Amaral assegura a presença portuguesa. A cantora lírica Ana Celeste Ferreira lerá excertos do seu romance As Primeiras Coisas, no Claustro do Museu de São Roque/Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.
Esta e as outras sessões têm entrada livre e duram de 10 a 15 minutos, repetindo-se de meia em meia hora, para o público poder assistir a todas as leituras nos diversos espaços da Noite da Literatura Europeia. Estão disponíveis aqui mais informações sobre esta edição da Noite da Literatura Europeia.
Sobre o livro e o autor:
Bruno Vieira Amaral nasceu em 1978 e licenciou-se em História Moderna e Contemporânea pelo ISCTE. Em 2002, uma temerária incursão pela poesia valeu-lhe ser selecionado para a Mostra Nacional de Jovens Criadores. Colaborou no DN Jovem, revista Atlântico e jornal i. É crítico literário, tradutor e autor do Guia para 50 personagens da ficção portuguesa e do blogue Circo de lama. É editor-adjunto da revista LER e assessor de comunicação das editoras do Grupo Bertrand Círculo. Com o seu primeiro romance, As Primeiras Coisas, conseguiu a rara proeza de arrecadar quatro importantes prémios da literatura portuguesa: Livro do Ano 2013 da revista TimeOut, o Prémio Fernando Namora 2013, o Prémio PEN Narrativa 2013 e, em 2015, o Prémio José Saramago. Este ano foi nomeado como uma das dez novas vozes da literatura europeia pelo projeto Literary Europe Live conduzido pela plataforma Literature Across Frontiers.


Sem comentários: