sexta-feira, 20 de maio de 2016

Sinto a Tua Falta - Harlan Coben [Opinião]

Título: Sinto a Tua Falta
Autor:
Harlan Coben
Páginas: 368
Editor: Editorial Presença
PVP: 18,90€

Sinopse:
Kat Donovan, uma detetive de Nova Iorque, observa os perfis de um site de encontros amorosos. Subitamente depara-se com uma fotografia que a perturba: ali está a cara do homem que, anos antes, a abandonou em pleno noivado. Nisto, ao enviar-lhe uma mensagem, Kat vê-se enredada numa inesperada e tenebrosa conspiração. À medida que investiga, apercebe-se de que a sua vida e a dos seus pais assenta numa mentira. O mistério estende-se ao próprio homicídio do pai que permanece inexplicado. Mas Kat está disposta a tudo para desmantelar esta rede criminosa que opera através da Internet, nem que isso a force a remexer num passado doloroso.

A minha opinião: 
Quando pego num livro de Harlan Coben sei que não me vai decepcionar e que me vai proporcionar óptimos momentos de leitura. O seu mais recente policial, publicado como habitualmente pela Presença, centra a sua trama num site de encontros amorosos, que será o ponto de partida para um sem fim de crimes, que só muito mais tarde será descoberto.

Kat Donovan, 40 anos, é uma mulher solitária. Detective no departamento de polícia de Nova Iorque vive naturalmente para o trabalho. Até que uma amiga de longa data decide inscrevê-la num site de encontros amorosos. Um pouco renitente, Kate decide por explorar o site e para sua surpresa encontra um perfil com a fotografia do amor da sua vida. Um amor que acabou há 20 anos, mas que deixou marcas profundas em Kate.

A visão da fotografia vai despoletar uma troca de mensagens, mas que deixam Kate inquieta. E tudo se adensa mais quando a detective é abordada por um jovem que lhe pede ajuda para encontrar a sua mãe que se encontra desaparecida. Tudo parece estranho até porque estando desaparecida, o crime não pertence à sua jurisdição, mas o rapaz diz que a conhece, porque a viu no site de encontros...

Mas esta não é a única coisa que deixa a detective consternada. O assassino do pai, também ele polícia, está em fase terminal e Kate precisa de respostas em relação à noite da sua morte.
Persistente e mostrando o quão boa polícia é Kate segue os instintos e decide explorar, por conta própria o que se passou na morte do pai. O assassino que agora está às portas da morte pode ter sido pago, como já tinha sido habitualmente, para o fazer. Aliás, ele próprio confessou que matou o polícia. Mas isso não satisfaz a detective que decide ir até ao âmago da questão.

Alternando entre estas duas histórias Sinto a tua falta resulta num policial envolvente e viciante, cujo desfecho apenas se dá na última página do livro.



Sem comentários: