segunda-feira, 9 de maio de 2016

Rosa Montero e Sérgio Godinho levam a Viagem Literária a Leiria

No próximo dia 19 de maio, a partir das 21:30, o Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, acolhe o encontro de dois grandes nomes da cultura espanhola e portuguesa, Rosa Montero e Sérgio Godinho, naquela que é a 14.ª etapa desta viagem a Portugal através dos livros e da literatura.
A partir das 21:30, o jornalista João Paulo Sacadura conduz uma conversa entre os dois convidados, com as suas obras em destaque (e as obras futuras, como o romance que Sérgio Godinho se encontra a escrever), rumando às suas afinidades e diferenças, a atualidade social e os seus percursos artísticos e biográficos. Durante estes 90 minutos, haverá espaço para as questões da plateia e, no final, para a habitual sessão de autógrafos e contacto mais direto com os escritores.
No dia 16 de maio, a Porto Editora lança O Peso do Coração, o mais recente romance de Rosa Montero e um dos seus livros mais realistas. Usando a ficção científica como género, «uma ferramenta poderosíssima para falar do mundo e das suas possibilidades», neste título encontram-se os temas fundamentais na obra da autora – a identidade, a memória, o dogmatismo e a morte –, num livro que é simultaneamente um thriller, uma distopia, uma história de amor e uma reflexão sobre o peso da vida e a criação literária.

Rosa Montero nasceu em Madrid em 1951 e estudou Jornalismo e Psicologia. Desde 1976 que colabora em exclusivo com o jornal El País, tendo obtido em 1980 o Prémio Nacional de Jornalismo e em 2005 o Prémio Rodríguez Santamaría de Jornalismo, como reconhecimento dos méritos de toda a sua carreira profissional. É considerada uma figura central da literatura espanhola contemporânea.

Cantor, compositor, escritor (para adultos e crianças), ator (de teatro e cinema), realizador, Sérgio Godinho é, para citar uma das suas canções clássicas, o verdadeiro “homem dos sete instrumentos”. Mas, numa carreira artística de invejável longevidade, que se prolonga há mais de 40 anos de modo quase intocável, foi o seu trabalho enquanto cantor-compositor que o tornou num ícone capaz de reunir à volta das suas canções gerações de diferentes idades, vivências e aspirações. “O Primeiro Dia”, “A Noite Passada”, “É Terça-Feira”, “Com um Brilhozinho nos Olhos”, “Espectáculo”, “Cuidado com as Imitações”, “Lisboa que Amanhece”, “Liberdade”, “Coro das Velhas”, “Dancemos no Mundo”, “Barnabé”, “O Velho Samurai” para apenas citar uma dúzia, atestam o seu talento para traduzir de modo pessoal, numa conjugação inseparável de palavras e melodias, experiências e emoções universais.

Na estrada desde abril de 2015, a Viagem Literária completou já 11 etapas em Portugal continental e 2 grandes sessões nas Regiões Autónomas. Depois de Leiria, a Viagem Literária continua o seu percurso e segue para Coimbra, cumprindo a sua missão de levar os escritores ao encontro dos seus leitores, contribuindo para a descentralização e democratização do acesso à cultura. Os espaços em que decorrerão as sessões serão, preferencialmente, os teatros municipais, por forma a permitir a participação de centenas de leitores, e os bilhetes serão gratuitos.
A “Viagem Literária” tem espaços próprios de contacto com o grande público: no site da Porto Editora, no Facebook e no Instagram.
Texto adaptado à nova ortografia através do Conversor do Acordo Ortográfico da Porto Editora.

Sem comentários: