quarta-feira, 25 de maio de 2016

Planeta: Novidades junho

Ficção

Título: A Viúva
Autor: Fiona Barton
N.º de Páginas: 360
PVP: 17,99€
A partir de 1 de Junho

O livro-sensação deste ano, após o êxito de A Raparida no Comboio.
É JÁ UM SUCESSO DE VENDAS NOS EUA E INGLATERRA.

HÁ SEGREDOS QUE MUDAM A SUA VIDA?
ESCONDER OU MENTIR? A DECISÃO É SUA.
Fiona Barton vem a Lisboa dia 28 de Junho

«A reconstrução de um crime e um exame implacável de um casamento…
Um romance inteligentemente concebido, uma história que se lê de forma compulsiva, sobre as mentiras que as pessoas dizem umas às outras, e a si mesmas, quando a verdade é a última coisa que de facto querem saber.» Entertainment Weekly

Direitos do livro vendidos para 40 países e para filme.

A autora, Fiona Barton, jornalista de investigação - vencedora do prémio Jornalista do Ano pela British Press Awards -, que teve em mãos assuntos polémicos, como o Caso Maddie, serve-se magistralmente dos seus conhecimentos jornalísticos e de investigação criminal.
Uma trama complexa, um narrador potente, uma escrita que prende o leitor até à última página e um desfecho inesperado e brilhante.

A CRÍTICA INTERNACIONAL
«Eu li A Viúva com a crescente sensação de que estava folheando as páginas do novo A Rapariga no Comboio deste ano. Todos os ingredientes para um grande best-seller e de um romance de que todos irão falar.»The Bookseller
«[Uma] história incrível… com um hipnotizante narrador nada confiável… que lhe dará cabo da cabeça.» Oprah.com
«Barton tece habilmente uma história que nos lembra que de facto podemos ser enganados por outros, mas que podemos enganar-nos com facilidade.» USA Today
«[Jean é] um enigma fascinante... Barton sabe como elevar a fasquia da tensão.» The New York Times

A HISTÓRIA DO LIVRO
A Mulher
A existência de Jean Taylor era de uma banalidade abençoada.
Uma boa casa, um bom marido.
Glen era tudo o que sempre desejara na vida: o seu Príncipe Encantado.
Até que tudo mudou.

O Marido
Os jornais inventaram um novo nome para Glen: monstro era o que gritavam e lhe chamavam. Jean estava casada com um homem acusado de algo impossível de imaginar. E à medida que os anos passaram sem sinal da menina que alegadamente raptara, a vida de ambos foi sendo escrutinada nas páginas dos jornais.

A Viúva
Agora, Glen está morto e pela primeira vez Jean está só, livre para contar a sua versão da história.

Jean Taylor prepara-se para nos contar o que sabe.
Quatro anos após o desaparecimento de Bella Elliot, de dois anos, Glen Taylor é atropelado por um autocarro e morre. Glen era o principal suspeito no caso de Bella, mas foi absolvido após provas cruciais serem dadas como inadmissíveis.
Após a morte, a sua mulher Jean é, de novo, o foco das atenções dos jornalistas. Jean convida a jornalista Kate Waters para ir a sua casa para uma entrevista. Ao mesmo tempo Bob Sparkles ainda está a investigar o caso de Bella, apesar de ter sido afastado duas vezes, porque os superiores estavam preocupados com a sua obsessão pelo caso.
As perguntas de Kate a Jean e as respostas dela são reveladoras de que Jean sabe mais sobre o envolvimento do marido, no rapto.

Sobre a autora
Natural de Cambridge vive no sudoeste da França. Fiona Barton tem aprendido e trabalhado com jornalistas de todo o mundo.
Foi jornalista principal do Daily Mail, editora de noticiário no Daily Telegraph e jornalista principal no Mail on Sunday, onde foi considerada a Jornalista do Ano pela British Press Awards. A Viúva é o seu primeiro livro.


Título: A Sombra do Vento
Autor: Carlos Ruiz Zafón
N.º de Páginas: 512
PVP: 20,95 €
Disponível a partir de 1 de Junho

«Um desses raros romances que combinam uma trama brilhante com uma escrita sublime.» Sunday Times

A OBRA-PRIMA DE CARLOS RUIZ ZAFÓN
Num amanhecer de 1945, um rapaz é levado pelo pai a um misterioso lugar escondido no coração da cidade velha: o Cemitério dos Livros Esquecidos.
Ali, Daniel Sempere encontra um livro maldito que muda o rumo da sua vida e que o arrasta para um labirinto de intrigas e segredos enterrados na alma obscura de Barcelona.

A Sombra do Vento é um mistério ambientado na Barcelona da primeira metade do século XX, desde os esplendores do Modernismo até às trevas do pós-guerra.
Uma narrativa poderosa, que combina intriga, romance histórico, comédia e costumes, mas que é acima de tudo uma tragédia memorável de amor, cujo eco se projecta através do tempo.
O autor entrelaça tramas e enigmas numa inesquecível trama de segredos do coração e do feitiço dos livros, mantendo o suspense até a última página.
O livro mais vendido deste escritor best-seller, em Portugal e no mundo.
Mais de 25 milhões de leitores.
A Planeta tem disponíveis todas as obras deste autor.

Sobre o autor
Carlos Ruiz Zafón nasceu em Barcelona, em 1964, e é um dos autores mais lidos e reconhecidos em todo o mundo. Inicia a sua carreira literária em 1993 com O Príncipe da Neblina (Prémio Edebé), a que se seguem O Palácio da Meia-Noite, As Luzes de Setembro e Marina.
Em 2001 é publicado o seu primeiro grande romance, A Sombra do Vento, que se transforma num fenómeno literário internacional.
Com O Jogo de Anjo (2008) regressa ao universo de O Cemitério dos Livros Esquecidos, que continua em O Prisioneiro do Céu (2013).
As suas obras foram traduzidas em mais de cinquenta línguas e conquistaram vários prémios e milhões de leitores no mundo inteiro.

Não-Ficção
Título: Lisboa à Mesa
Guia Onde comer. Onde comprar
Autor: Miguel Pires
N.º de Páginas: 232
PVP: 15,99 €
Nas livrarias a partir de 1 de Junho

«O mais completo guia gastronómico da cidade» Duarte Calvão, jornalista 
Crítico gastronómico e apaixonado por Lisboa, Miguel Pires há anos que percorre a cidade em busca de restaurantes, cafés, tascas, esplanadas, produtos, ingredientes, aromas e culturas diferentes.

«Desengane-se, no entanto, quem pense que esta é uma versão recauchutada da primeira edição. Não, de todo. Trata-se de uma verdadeira actualização.
Os lugares foram passados a pente fino e número de entradas aumentou, sendo agora 350: 238 restaurantes e 112 lojas, entre elas uma dezena de garrafeiras - uma novidade. Assim, temos um guia com +25% de entradas face às 280 do passado.» in Introdução

Muito mais do que um guia de restaurantes, Lisboa à Mesa é um verdadeiro guia gastronómico da cidade.
Trata-se de um guia para quem gosta de comer bem, indicando não só os melhores sítios onde comer (restaurantes, petisqueiras, bares, geladarias…) mas também onde comprar os melhores produtos e ingredientes (lojas gourmet, garrafeiras, lojas de produtos biológicos, mercados).
Este Guia, com 350 entradas com a descrição e opinião do autor, um dos mais activos e destacados críticos gastronómicos da actualidade e um dos responsáveis do blogue Mesa Marcada, dirige-se a um público que se interessa por restaurantes, mas que gosta também de cozinhar e de sair em busca de ingredientes e de gourmandises.
Porque há um factor X que distingue cada lugar.

50 lugares favoritos onde comer
25 espaços favoritos onde comprar
Pontuações de 3 («mínimos olímpicos») a 5 («ouro») para todas as entradas.
Sistema de índices para encontrar tudo o que precisa: por tipo de cozinha, por bairro, por preço, por tipo de loja.
43 tags diferentes para saborear Lisboa.

«Este Lisboa à Mesa, de Miguel Pires, é uma tentativa genuína de apresentar o melhor que Lisboa tem (e esconde) nesta área. E por isso não é um caso raro: é único. Nenhum livro oferece uma uma lista tão actualizada dos restaurantes, lojas, talhos, mercados e até espaços de take-away que vale a pena conhecer em Lisboa. E com uma escrita fluente e informal.» João Cepeda, Time Out Lisboa

Sobre o autor
Miguel Pires nasceu em 1969, em Rio Maior, e vive em Lisboa há mais de 20 anos.
Ex-publicitário, é actualmente food writer, ou alinhador de palavras sobre gastronomia em forma de texto, como gosta de dizer.
Nunca cedeu a pressões, mesmo quando quando ousou chamar ominipresente a um chef conhecido da nossa praça, na sua primeira crítica oficial.
Escreveu para várias publicações e foi autor do blogue Chez Pirez que descontinuou para dar origem ao blogue Mesa Marcada (mesamarcada.blogs.sapo.pt)
É colaborador do Diário Económico e das revistas Wine e Up (TAP)

Título: AVENTURAS E AVENTUREIROS DA EXPANSÃO PORTUGUESA
Autor: Sérgio Luís de Carvalho
N.º de Páginas: 224
PVP: 16,65€
Nas livrarias a partir de 1 de Junho

O período mais fulgurante da História de Portugal em 30 episódios desconhecidos, inesperados e, muitas vezes, caricatos.

Através de factos desconhecidos, personagens míticas e aventuras absolutamente fascinantes, a época da Expansão Marítima ganha novos contornos e um ainda mais surpreendente fulgor.
O mapa roubado: Em 1502 um espião italiano roubou um mapa com as mais recentes coordenadas marítimas descobertas pelos portugueses; só que esse mapa, que foi parar a Itália, seria, afinal, forjado, e o próprio Cantino (o espião) poderia ser um agente duplo ao serviço da Coroa portuguesa.
Este livro conta-nos 30 histórias de aventuras, personificadas por reis e rainhas, descobridores/navegadores, espiões, exploradores, mas também gente do povo, anónimos e até animais.
Todas exploram um lado menos divulgado e mais surpreendente dos acontecimentos e das personagens.
O livro está dividido em três grandes categorias: aventuras bélicas; embaixadas, diplomatas e relações com outros países; viajantes e crónicas de viagem.
No seu típico registo, irónico e divertido, mas incontornavelmente rigoroso, Sérgio Luís de Carvalho conduz-nos com mestria pelo período mais grandioso da História de Portugal.
O autor fala-nos do médico português que inspirou o lendário Doutor Fausto e do gigante, também português, que salvou a vida a George Washington.
Descreve a mítica demanda pelo faustoso reino de Preste João. Debruça-se sobre o Santo Graal dos navios naufragados e sobre a máquina voadora que Bartolomeu de Gusmão incendiou várias vezes antes de conseguir fazer pairar sem pegar fogo a nada.
Apresenta o rinoceronte que está replicado nas gárgulas da Torre de Belém, o elefante albino que morreu acompanhado pelo papa; as galinhas que os nativos do Brasil detestaram e vários episódios inauditos da nossa História.

Sobre o autor
Sérgio Luís de Carvalho nasceu em Lisboa em 1959.
Licenciado em História e com um mestrado em História Medieval, tem até ao momento mais de 30 livros publicados em várias áreas: estudos históricos, livros infanto-juvenis e romances.
Na Editorial Planeta publicou, até à data, o romance O Destino do Capitão Blanc (2009), os livros para os mais novos O Caminho dos Reis de Portugal (2011), O Caminho dos Presidentes da República (2011) e A Minha Primeira História de Portugal (2012) e os livros de pesquisa e divulgação cultural e histórica Nas Bocas do Mundo – Uma viagem pelas histórias das expressões portuguesas (2010), O Rei Embevedado de Amor, a Rainha Pé de Cabra, as Amantes Feiticeiras do Rei Que Casou com a Cunhada e outras 208 histórias bizarras, trágicas e curiosas dos nossos reis e rainhas, Dicionário de Insultos, Enganos e Equívocos e Falsificações da História de Portugal e Traidores e Traições na História de Portugal.
Visite o site do autor em: www.sergioluisdecarvalho.com

Título: Estou Aqui Agora
Autor: The Mindfulness Project
N.º de Páginas: 192
PVP: 13,30 €
Disponível a partir de 1 de Junho

«Um guia essencial de mindfulness, repleto de ferramentas e práticas que conseguem melhorar o nosso bem-estar.» Arianna Hungton


Este guia e diário é o companheiro indispensável para um dia mais tranquilo, sereno e sem stress onde quer que esteja.
Pequeno e fácil de transportar, este livro inspira o leitor a explorar o mundo com maior curiosidade e a encontrar momentos de mindfulness no dia-a-dia, desencadeando a sua criatividade pelo caminho.
Mindfulness (atenção plena) é uma prática de meditação que está na moda e que tem como finalidade melhorar a sua qualidade de vida, através da colocação da atenção e do foco naquilo que pretende atrair para si.
Estou Aqui Agora oferece uma iniciação à prática de mindfulness com exercícios fáceis que podem ser feitos apenas com o livro, um lápis ou com caneta de feltro, sentado à secretária, na praia ou no comboio com o objectivo de reduzir o desânimo e cansaço que sentimos no final de um longo dia.
E ainda pode usar as notas para registar as suas descobertas e reter os seus ensinamentos.
Existem provas científicas crescentes da eficácia da mindfulness:
Ansiedade e a depressão diminuem.
Imunidade a constipações, gripes e outras doenças é reforçada
Dor crónica, mesmo a do cancro, pode ser reduzida
Sensações de «felicidade» aumentam
Stress, que leva à hipertensão e à doença cardíaca, pode diminuir
Concentração, a memória e a energia física aumentam

Sobre o autor
The Mindfulness Project é uma plataforma para o ensino e a divulgação da mindfulness com sede em Londres.
Dá workshops e cursos avançados de mindfulness e dispõe de uma vasta gama de programas online.
Foi o primeiro espaço dedicado ao ensinamento da mindfulness na capital do Reino Unido.
As autoras do livro, Alexandra Frey e Autumn Totton, são as fundadoras do The Mindfulness Project.

Juvenil
Título: A Dupla Terrível ainda Pior 
Autor: Jory John & Mac Barnett
Ilustrações: Kevin Cornell
PVP: 15,95€
N.º de Páginas: 224
Nas livrarias a partir de 1 de Junho

Chega agora o 2.º livro de uma série maquiavelicamente divertida.
Depois de Diário de um Banana, nada fez soltar mais gargalhadas aos leitores do que esta Dupla Terrível!

Uma série que é um sucesso internacional, com edições em várias línguas, e que entrou directamente para o top infantil do The New York Times, na semana em que foi posto à venda.
Neste segundo livro da série ilustrada mais louca e divertida, Mac Barnett e Jory John, os amigos e autores multipremiados, mostram mais uma vez como as partidas, nas mãos dos mais indefesos, podem ser armas de justiça – e de muitas gargalhadas!

«Este livro é terrível! Terrivelmente divertido, terrivelmente cheio de partidas e terrivelmente fantástico!» Jon Scieszka, autor da série Frank Einstein
«Uma dose dupla de diversão e travessuras!» Jeff Kinney, autor do Diário de Um Banana
«Absolutamente hilariante» Dav Pilkey, autor de Capitão Cuecas

Os direitos para cinema foram comprados pela Universal

A temível dupla das partidas vira do avesso a Academia de Ciências e Letras de Vale do Bocejo quase todos os dias.
As partidas alegram os colegas e embaraçam o arqui-inimigo – o enfatuado director Barkin.
Mas, um dia – no dia da fotografia da escola, para sermos mais precisos – a partida vai longe de mais, e o director Barkin acaba despedido!
Quem o substitui? O director Barkin Senior, o seu tenebroso pai.
O novo director dirige a escola com mão de ferro, decidido a exterminar qualquer traço de diversão.
Nada de trabalhos de grupo. Nada de Dia do Pijama.
E. ABSOLUTAMENTE. NADA. DE. PARTIDAS.
Eis o Juramento do Especialista em Partidas:
«Pela minha honra, farei o meu melhor 
Para ser bom a ser mau;
Para perturbar, mas não destruir;
Para envergonhar os rígidos e distrair os alegres;
Para dedicar a minha mente às chalaças, partidas, travessuras e intrigas;
Para provar que o mundo parece melhor virado de cabeça para baixo;
Porque sou um perito em partidas.
Assim seja.»

Sobre os autores
Mac Barnett é um autor que já escreveu muitos best-sellers infantis, incluindo o livro Extra Yarn, que ganhou o importantíssimo Prémio Caldecott. Outros livros seus foram ganhando outros prémios e muitos leitores. Também é autor de uma série de histórias de mistério chamada Brixton Brothers.
Jory John é autor de vários livros ilustrados para crianças e co-autor do best-seller All My Friends Are Dead. Entre outros livros, é o organizador de um livro de cartas escritas pelas crianças americanas ao presidente Obama: Thanks and Have Fun Running the Country. Kevin Cornell é ilustrador de imensos livros infantis, entre os quais dois outros escritos por Mac Barnett: Count the Monkeys e Mustache.






Sem comentários: