terça-feira, 1 de março de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

A estante está mais cheia #37



Apesar de ser o mês mais pequeno do ano em termos de aquisições poderá ter sido o mais proveitoso.
Crime no Hotel Brightwell de Ashley Weaver estava na minha wishlist desde que saiu para as livrarias e foi oferta do meu mais que tudo. 
Os outros quatro livros também todos eles da Civilização Editora, foram comprados no Outlet do Livro realizado no Pavilhão Rosa Mota a preço de saldo. Os da Jodi Picoult (Em Troca de um Coração, O Pacto e Tudo por Amor) e Sombras do Passado de Tana French vieram para a estante por pouco mais do que 25 euros. 

Da Asa chegou Perguntem ao Polícia da série que ando a colecionar Crime à Hora do Chá e que adoro. E Um Caso Tipicamente Inglês de Elizabeth Edmondson cuja opinião já podem ler aqui.

Da Guerra & Paz chegou o novo livro de Flávio Capuleto, Corrupção. Um livro que se passa na região do Douro vinhateiro. 


Da Porto Editora chegou Curiosidades do Vaticano do autor que nos deixou em Março de ano passado, Luís Miguel Rocha. Podem ler a minha opinião sobre o livro aqui


 O Amor é Vermelho de Sophie Jaff, o primeiro livro de uma trilogia, foi oferta da Marcador. Um policial romanceado, com algum sobrenatural à mistura, que me desiludiu um bocadinho. Em breve opinião no blogue. 


O (E)rro de Deus foi oferta do próprio autor Carlos Queirós e espero lê-lo em breve. Tenho gostado muito dos seus livros anteriores pelo que estou com expectativas elevadas em relação a este seu novo trabalho. 


O Caçador de Mason Cross é uma oferta da Topseller e é a minha leitura do momento. Estou a gostar imenso desta leitura. Tem bastante ritmo, bastante acção e com muito adrenalina.

Da Penguin Random House chegaram dois livros que estou ansiosa por ler. A Grande Magia de Elizabeth Gilbert (a mesma autora de Comer, Orar e Amar) e A Vida é Fácil, Não te preocupes de Agnés Martin-Lugand (a mesma autora de As Pessoas Felizes Lêem e Bebem Café que adorei).