quarta-feira, 13 de janeiro de 2016 | By: Maria Manuel Magalhaes

Livraria Lello faz 110 anos



A Livraria Lello do Porto comemora hoje 110 anos de existência. A entrada é livre e terá clima de festa onde nem o ministro da Cultura, João Soares, irá faltar. Até às 21 horas haverá música e declamação, que celebrarão a história da livraria e terão como convidados Camilo Castelo Branco e Florbela Espanca. O cartaz de aniversário inclui ainda a oferta de exemplares de "A Lágrima" de Guerra Junqueiro para os primeiros 110 visitantes.

Considerada uma das livrarias mais bonitas do mundo pela imprensa internacional e classificada como monumento de interesse público, a livraria Lello foi projectada pelo engenheiro Francisco Xavier Esteves, no dia 13 de janeiro de 1906, causando grande impacto no meio cultural da época. Estiveram presentes na inauguração Guerra Junqueiro, Abel Botelho, João Grave, Bento Carqueja, Aurélio da Paz dos Reis, José Leite de Vasconcelos e Afonso Costa.

Concebido segundo projeto de Xavier Esteves, a Livraria Lello é um dos mais emblemáticos edifícios do neogótico portuense. As escadarias da Lello também são conhecidas por ser a inspiração das escadas de Hogwarts nos livros de Harry Potter, já que J.K. Rowling chegou a morar na cidade do Porto.

Desde que passou a cobrar 3€ pela entrada, a 23 de Julho do ano passado, que aumentou em quase 300% a venda diária de livros. Cerca de 500 exemplares por dia.