terça-feira, 3 de novembro de 2015

Mariana, meu amor novo romance de Margarida Rebelo Pinto é lançado a 10 de Novembro

Título: Mariana, meu amor
Autor: Margarida Rebelo Pinto
N.º de Páginas: 286
PVP: 16,00€

A história do novo romance da escritora Margarida Rebelo Pinto começa quando uma jornalista investiga a vida de Mariana Alcoforado, os amores e desamores da famosa freira do Convento de Beja, entretanto conhecida no mundo inteiro por via das Cartas Portuguesas.
Mariana, meu amor é uma viagem ao Portugal do tempo da Guerra da Restauração através do coração de uma mulher apaixonada, narrada através de Alice, a jornalista a quem foi pedido o trabalho sobre soror Mariana.
Eis um romance com várias histórias dentro, uma obra ambiciosa que combina passado e presente sob o signo do amor, o tema preferido da autora. Quase duas décadas depois do lançamento do primeiro romance, Margarida Rebelo Pinto assume porém que este livro tem uma génese diferente da dos seus outros livros.
A minha paixão por Mariana Alcoforado remonta aos primeiros anos da Faculdade de Letras, quando estudei as Cartas de uma Religiosa Portuguesa. O sonho de escrever sobre Soror Mariana e o seu trágico destino esteve sempre latente. A sua prosa inflamada e sincera serviu-me de inspiração e deu-me força em momentos importantes da minha vida, reconhece a autora.
Mariana, meu amor é em dúvida uma boa notícia para os muitos leitores portugueses que vão poder conhecer melhor a freira portuguesa que conquistou o mundo com as suas cartas de amor e perceber como estas se transformaram num clássico da literatura internacional.

Sobre a autora:
Margarida Rebelo Pinto publicou o seu primeiro livro em 1999 e desde então tem construído uma sólida carreira como escritora, além de manter presença regular na imprensa e na televisão. É a escritora portuguesa que mais livros vende em Portugal fazendo por isso parte do exclusivo “clube do 1 milhão”. Mariana, meu amor é o seu 13º romance e 22º livro. A sua obra está publicada na Europa e na América Latina.




Sem comentários: