quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Novidades Gradiva para outubro

Título: As Flores de Lótus
Autor: José Rodrigues dos Santos
Coleção: «Fora de Colecção», n.º 455
N.º de Páginas: 688 
PVP: € 22,00

Poderá uma ideia mudar o mundo?

O século XX nasce, e com ele germinam as sementes do autoritarismo. Da Europa à Ásia, as ondas de choque irão abalar a humanidade e atingir em cheio quatro famílias. Inspirando-se em figuras históricas como Salazar e Mao Tse-tung, o novo romance de José Rodrigues dos Santos conduz o leitor numa viagem arrebatadora que o leva de Lisboa a Tóquio, de Irkutsk a Changsha, do comunismo ao fascismo o que faz de As Flores de Lótus uma das mais ambiciosas obras da literatura portuguesa contemporânea.

Sessão de lançamento do novo romance de As Flores de Lótus terá lugar no dia 24 de Outubro de 2015 (sábado), pelas 17 horas, na Sociedade de Geografia de Lisboa, na Rua das Portas de Santo Antão, n.º 100, em Lisboa. O livro será apresentado pelo jornalista Joaquim Vieira. A sessão contará com um apontamento teatral pela Companhia de Teatro Fatias de Cá e ainda com dois momentos musicais. Seguir-se-á uma sessão de autógrafos.
No final do lançamento será oferecido um chá de Flor de Lótus.


O romance As Flores de Lótus, que começa a ser hoje vendido em todas as livrarias do país, decorre na primeira metade do século XX, momento em que por todo o mundo germinavam as sementes do autoritarismo, e centra-se na história de quatro famílias cujas vidas foram decisivamente afectadas por esse contexto mundial.

Depois de assistir à queda da monarquia, o capitão Artur Teixeira vê as esperanças da República afundarem-se num caos de instabilidade. Adere à revolução militar e recebe uma missão: convencer Salazar a tornar-se ditador.

Satake Fukui cresce num Japão dilacerado entre a tradição e a modernidade. O seu confronto com o militarista Sawa reflecte um braço de ferro que ameaça mergulhar o país, e o mundo, numa catástrofe sem precedentes.

A chinesa Lian-hua nasce com olhos azuis, os mesmos que veem a China arrastada para um choque titânico entre os nacionalistas, os comunistas e os japoneses. Apanhada no fogo cruzado, é raptada por um radical comunista: o jovem Mao Tse-Tung.

Os bolcheviques acabam de conquistar a Sibéria e batem à porta da pequena quinta dos Skuratov. Estaline iniciou as colectivizações e a família de Nadezhda é lançada num ciclo de medo, fome e sofrimento.

Inspirando-se em figuras históricas como Salazar e Mao Tse-Tung, o novo romance de José Rodrigues dos Santos conduz o leitor numa viagem arrebatadora que o leva de Lisboa a Tóquio, de Irkutsk a Changsha, do comunismo ao fascismo.

As Flores de Lótus é o décimo quarto romance de José Rodrigues dos Santos, autor da Gradiva que já vendeu mais de três milhões de exemplares em todo o mundo e está publicado em mais de vinte línguas. À semelhança do que acontece em Portugal, José Rodrigues dos Santos tem conquistado consecutivamente os primeiros lugares nos tops de vendas em vários países.

Título: Ouvir Com Outros Olhos 
Autor: João Lobo Antunes
Coleção: «Fora de Colecção», n.º 455
N.º de Páginas:  200 
PVP: € 14,00
UM NOVO GRANDE LIVRO DE ENSAIOS DE JOÃO LOBO ANTUNES

Uma colectânea de ensaios sobre temas variados versando, entre outros, a narrativa na medi­cina, a profissão de neurocirurgião e a arte médica. João Lobo Antunes escreve também so­bre dois livros (De Profundis, Valsa Lenta e Sôbolos Rios Que Vão) e dois amigos (Fernando Gil e Henrique Bicha Castelo), bem como sobre a universidade, o transcendente e o país. Re­velando uma enorme sensibilidade na escrita, o autor tem um estilo simultaneamente simples e profundo. As páginas desta obra, que conduz à reflexão, percorrem-se com enorme interesse. Um livro substancial!

«A justiça é não só o pilar fundamental de qualquer democracia, mas é também a força que dá suficiente robustez moral a um povo, e lhe permite enfrentar com mais convicção e energia as crises com que a modernidade irá, repetidamente, desafiá-lo agora, amanhã, e daqui a 25 anos.»

Título: Portugal, Desalento Esperança
Salazar, Caetano e Soares — Retratos de Muito Perto
Autor: Joaquim Silva Pinto
Coleção: «Fora de Colecção», n.º 451 
N.º de Páginas: 188 
PVP: €14,00

Regressa o autor do livro Do Pântano Não Se Sai a Nado, confrontando o leitor com episódios do passado menos conhecidos, mas destacando também diversos impecilhos ao progresso que perduram na sociedade portuguesa.
Aponta com frontalidade responsáveis e situações actuais.

Um livro a não perder.

Título: Teorema Vivo 
Autor: Cédric Villani 
Coleção: «Fora de Colecção», n.º 454
N.º de Páginas:  300 
PVP: €16,00

Conta a génese de um avanço mate­mático quase como se de uma nar­rativa de aventuras se tratasse. Para quem se interessa por temas mate­máticos e não só.





Sem comentários: