quinta-feira, 29 de outubro de 2015

As Gémeas do Gelo - S. K. Tremayne [Opinião]

Título: As Gémeas do Gelo
Autor: S. K. Tremayne
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 320
Editor: TopSeller
PVP: 17,69€

Sinopse:
EU SOU A KIRSTIE
EU SOU A LYDIA
EU SOU CONFIANTE E ANIMADA
EU SOU PENSATIVA E SOSSEGADA
EU ESTOU VIVA
EU ESTOU MORTA
QUAL DELAS SOU?

Lydia e Kirstie tinham 6 anos e eram gémeas idênticas. Quando Lydia morre acidentalmente na queda de uma varanda, os pais mudam-se para uma pequena ilha escocesa, na esperança de reconstruírem, com a filha que lhes resta, as suas vidas dilaceradas.
Mas um ano depois, a gémea sobrevivente acusa os pais de terem cometido um erro e afirma que quem caiu da varanda foi Kirstie e não ela.
Na noite em que uma tempestade assola a ilha e deixa mãe e filha isoladas, elas dão por si a serem torturadas pelo passado e por visões inexplicáveis, que quase as levam à loucura. O que terá acontecido realmente naquele fatídico dia em que uma das gémeas morreu?

A minha opinião:
Lydia e Kristie são gémeas idênticas. Tão idênticas que nem os pais as conseguem distinguir. Quando uma delas cai de uma varanda e morre a mãe acredita que a que partiu foi Lydia acreditando no que a outra gémea lhe diz. No entanto, 14 meses depois, quando a gémea sobrevivente lhe diz que é Lydia e não Kristie dá-se uma reviravolta naquela família, já completamente destruída pela morte da criança.

"- Mama? Mama? Mama? Quem sou eu?" pag. 89

Certo é que todo o comportamento da criança muda e os gostos pessoais da outra gémea acabam por se instalar na sobrevivente, mas não será isso uma refúgio? Uma forma de não se sentir tão sozinha? Visto que eram tão cúmplices, tão amigas, tudo isso poderá ser normal.
No entanto, de dia para dia Lydia ou Kristie vai criando um muro à sua volta tornando a convivência com a crianças da sua idade insustentável, achando que ela é completamente diferente delas. Acham-na bastante esquisita e acabam por afastá-la do grupo.

"Todo o amor é uma forma de suicídio."



Ao longo do livro vamos explorando a vida desta família completamente disfuncional, que se isola numa ilha procurando, assim, uma terapia para todos os seus problemas. Será que vai conseguir?Certo que ao longo do passar das páginas descobri coisas que me deixaram de boca aberta. Não estava mesmo nada à espera do desfecho e foi isso que tornou este livro tão espectacular. Fantástico!
Recomendo.







1 comentário:

Mariana Fernandes disse...

Ola, tudo bom? Coleciono marcadores e gostaria de saber se gostaria de trocar. Se sim, me chama no facebook http://www.facebook.com/mariana.fernandes.96