terça-feira, 29 de setembro de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Porto Editora publica o mais recente thriller de Philip Kerr, Mercado de Inverno, 5 de outubro nas livrarias

Título: Mercado de Inverno
Autor: Philip Kerr
Tradutor: Carlos Sousa de Almeida
Págs.: 374
PVP: 16,60 €

No dia 5 de outubro, a Porto Editora publica Mercado de Inverno, o thriller de Philip Kerr que nos leva pelos bastidores mais obscuros do futebol de elite. No centro de toda a trama está a morte de um treinador português da Premier League, bem-parecido e carismático, que é assassinado no seu estádio. Publicado no ano passado em Inglaterra, este livro rapidamente gerou atenção mediática devido às semelhanças do clube londrino da história com o Chelsea FC e da personagem do treinador com José Mourinho. Fascinado pelo mundo do futebol, o grande mestre do policial Philip Kerr afirma que «o futebol reúne muitos incentivos para o crime. Os jogadores são jovens, viris, têm muito dinheiro…» (La Vanguardia). E, numa altura em que nos aproximamos do mercado de inverno, chega até nós um livro onde magnatas do Leste, treinadores determinados e futebolistas de primeira linha jogam um fascinante derby entre a vida e a morte.

Sinopse:
João Gonzales Zarco é o protótipo do treinador de futebol moderno. Impecavelmente vestido e de rosto fechado, domina o balneário como ninguém e é conhecido pelas suas conferências de imprensa inflamadas, destroçando todos os que se intrometem entre a sua equipa e o sucesso.
Scott Manson, o seu fiel adjunto no London City FC, é o mediador sempre disponível para apoiar incondicionalmente os rapazes. Não inspira nos adversários o mesmo temor que o treinador principal mas os jogadores adoram-no e o patrão, um oligarca ucraniano cuja imensa fortuna surge associada ao fantasma da dissolução da União Soviética, tem plena confiança nele. Todos sabem que o futebol é um desporto de vida ou morte, mas desta vez é literal: Zarco é encontrado morto no seu próprio estádio. E não sendo a polícia propriamente bem-vinda nas instalações do clube londrino, será Manson quem ficará encarregado de encontrar o assassino.

Sobre o autor:
Philip Kerr nasceu em Edimburgo, em 1956, e é o autor bestseller dos célebres thrillers em torno da personagem Bernie Gunther (no catálogo da Porto Editora figuram já O Projecto Janus e Se os mortos não ressuscitam), pelos quais recebeu, em 2009, os prémios CWA Ellis Peters Historical e RBA International for Crime Writing. Para além dos catorze romances publicados, escreveu uma série de livros juvenis com o pseudónimo de P. B. Kerr. Colabora assiduamente em publicações como o Sunday Times, o Evening Standard e o New Statesman. Um dos nomes mais consagrados do policial britânico, é traduzido em 25 idiomas e várias das suas obras foram adaptadas ao cinema e à televisão. Um adepto de longa data do Arsenal, vive agora em Londres.
Página do autor: www.philipkerr.org

Imprensa:
Uma leitura entusiasmante. The Times
Ele escreve… Ele marca! Fantástico de uma ponta à outra. Mail on Sunday
Um delito de leitura viciante… Uma janela através da qual podemos espreitar os excessos do futebol da Premier League inglesa. Scotland on Sunday
Um romance claramente apaixonado pelos preceitos do jogo e onde Kerr se lança de forma desenfreada, explorando o clube e as suas personagens com prazer. The List