segunda-feira, 28 de setembro de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Porto Editora publica novo livro de Paula Rego: Sopa de Pedra

Título: Sopa de Pedra
Autor: Cas Willing
Ilustrações: Paula Rego
Público-alvo: + 6 anos
Págs.: 32
Capa: dura
PVP: 14,90 €

A Porto Editora orgulha-se de publicar, a 8 de outubro, Sopa de Pedra, o mais recente livro de Paula Rego, nome maior da arte europeia e uma das mais prestigiadas pintoras da atualidade. Trata-se de uma magnífica adaptação feita pela artista e pela filha, Cas Willing, da lenda da sopa de pedra, que existe em várias culturas ocidentais.
Nesta versão, o frade da conhecida lenda é substituído por uma jovem rapariga que é forçada a usar de grande persistência e perspicácia para prosperar em tempos difíceis. O texto de Cas Willing, que já escreveu para televisão vários argumentos dedicados a crianças, é magistralmente ilustrado por 14 pinturas de Paula Rego.
A obra pode ser lida e apreciada por crianças a partir dos 6 anos, mas é, claramente, um texto para leitores de todas as idades e um objeto de grande beleza (revelamos duas ilustrações na página seguinte).
Este verão, um quadro da grande artista portuguesa, intitulado The Cadet and his Sister, foi vendido em leilão pelo valor recorde de 1,6 milhões de euros.

Sinopse:
O pai disse-lhe:
− Não adianta, as minhas pernas estão fracas e já não consigo pescar.
O poço está seco, o terreno é pó e os burros estão pele e osso, mas tu, minha filha, és jovem e forte… Tu hás de arranjar comida.
Uma jovem rapariga é forçada a utilizar toda a sua força, persistência e engenho para prosperar em tempos difíceis. Uma história que demonstra que a generosidade beneficia todos.

Sobre a autora:
Paula Rego é um dos nomes de maior destaque na arte europeia. Nascida em Portugal em 1935, estudou na Slade School of Fine Art, em Londres. Foi a primeira Artista Associada da National Gallery e recebeu o título de Doutora honoris causa pelas universidades de St. Andrews, East Anglia, Rhode Island School of Design, The London Institute, Oxford, Roehampton, Cambridge e também da Universidade de Lisboa. Foi condecorada com a Grã-Cruz da Ordem de Sant'Iago da Espada pelo Presidente da República em 2005 e nomeada Dame Commander of the Order of the British Empire pela Rainha do Reino Unido em 2010, logo após a abertura da Casa das Histórias Paula Rego, em Cascais, um novo museu projetado por Eduardo Souto de Moura. Cas Willing nasceu em Londres, mas passou os seus primeiros anos de vida em Portugal antes de ser educada no Reino Unido. Licenciou-se com distinção na Central School of Art e em seguida tirou um mestrado em artes na Royal College of Art. Começou a trabalhar na indústria cinematográfica como fabricante de monstros e colaborou em muitas produções, incluindo Um Porquinho Chamado Babe, A Guerra das Estrelas e Labirinto. Depois de ser mãe, começou a escrever para o cinema e tirou um mestrado em artes, em escrita de argumentos, no LCP.
Escreveu inúmeros argumentos, curtas-metragens e produziu histórias infantis para a televisão, incluindo A Princesinha. É casada, tem dois filhos e vive e trabalha em Londres.