quinta-feira, 2 de julho de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Viagem Literária da Porto Editora chega à cidade da Guarda

A Viagem Literária segue até à cidade mais alta do país, no dia 8 de julho, para uma sessão no Teatro Municipal da Guarda.
Depois da paragem no Teatro Viriato, em Viseu, a Viagem Literária continua e a próxima etapa leva este evento itinerante até à cidade da Guarda, no Teatro Municipal, a partir das 21:30 do dia 8 de julho, à boleia de dois grandes nomes da literatura nacional: Francisco José Viegas e José Rentes de Carvalho.
Moderados por João Paulo Sacadura, o palco do Teatro Municipal da Guarda recebe os dois autores para uma conversa de 90 minutos, sem guião, mas que certamente passará pela literatura, por assuntos da atualidade e pela proximidade entre os dois convidados. Para além do ofício da escrita, estes dois autores partilham uma curiosa ligação: para além de ser seu editor (na Quetzal), foi também Francisco José Viegas quem redescobriu e publicou a obra de Rentes de Carvalho em Portugal, que já gozava de um enorme prestígio e popularidade na Holanda, onde reside durante parte do ano.
Durante a tarde de dia 8 de julho está ainda prevista a realização de uma curta conferência de imprensa, a fim de proporcionar à comunicação social um contacto direto com os autores – sem constrangimentos de horários tardios, sessões de autógrafos ou cansaço.
Francisco José Viegas é responsável pela revista Ler e foi também diretor da revista Grande Reportagem e da Casa Fernando Pessoa. Da sua obra constam livros de poesia e romances como “Regresso por um Rio”, “Um Céu Demasiado Azul”, “Um Crime Capital”, “Longe de Manaus” (Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores 2005) e “O Colecionador de Erva”.