sexta-feira, 17 de julho de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Conheça "Os Segredos de Lisboa"

Hoje, a Esfera dos Livros, coloca à venda um livro muito útil para quem gosta de passear por Lisboa e descobrir os seus segredos mais bem guardados: os vestígios arqueológicos da capital portuguesa.

As arqueólogas Inês Ribeiro e Raquel Policarpo guiam-nos ao longo deste guia indispensável, por uma Lisboa repleta de segredos, através de vestígios arqueológicos que nos desvendam a cidade de outras eras, de outras gentes, de outras culturas, de outras religiões. Conheça com este livro séculos de vivência de fenícios, romanos, muçulmanos e cristãos

Por exemplo:
No Largo da Sé se descer até à casa de banho pública vai deparar-se com os vestígios de um prédio anterior ao terramoto de 1755.

Na Igreja de Santo António, por entre portas e escadinhas, pode aceder ao subsolo por baixo do altar-mor, que é o local mais importante de toda a igreja, onde teve início a história do templo e do santo padroeiro de Lisboa.

Sinopse:
Uma Lisboa desconhecida está à nossa espera num museu, num parque de estacionamento ou até numa improvável casa de banho pública no Largo da Sé. Passear pela Lisboa de hoje é caminhar sobre todo um passado desaparecido. Sob os nossos pés, debaixo de linhas de elétrico, ruas asfaltadas e túneis de metro, camadas e camadas de terra revelam histórias de quem por aqui passou, viveu e morreu. Contam momentos, eras, séculos de vivência de fenícios, romanos, muçulmanos, cristãos, uma imensidão de pessoas que nestas colinas deixou a sua marca. No Largo da Sé desça à casa de banho pública e depare-se com os vestígios de um prédio anterior ao terramoto de 1755. Na Rua da Prata, embrenhe-se nas galerias romanas e descubra o que resta do complexo subterrâneo de um antigo fórum romano. Na Igreja de Santo António, por entre portas e escadinhas, aceda ao subsolo por baixo do altar-mor, que é o local mais importante de toda a igreja, onde teve início a história do templo e do santo padroeiro de Lisboa. Inês Ribeiro e Raquel Policarpo guiam-nos por uma Lisboa repleta de segredos, através de vestígios arqueológicos que nos desvendam a cidade de outras eras e de outras gentes. Nestas páginas, alguns locais e momentos regressam à luz do dia e partilham o conhecimento de épocas e sítios que muitos desconhecem. Alguns deles desapareceram para sempre, mas outros ainda estão à espera de ser visitados.

Sobre as autoras:

Inês Ribeiro nasceu a 28 de abril de 1984. Em 2007, licenciou-se em História, variante de Arqueologia, pela Faculade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade de Lisboa. É mestre em Arqueologia desde 2008, com especialização em Arqueologia/Época Romana. O seu percurso profissional está sobretudo relacionado com a investigação em Arqueologia, com participação em diversas escavações arqueológicas e co-responsável pelo Projeto Arqueológico dos Fornos Romanos do Morraçal da Ajuda, Peniche. Em 2011, fundou, juntamente com Raquel Policarpo, a Time Travellers, uma agência de animação turística dedicada à divulgação da História, Cultura e Arqueologia de Portugal.


Raquel Policarpo nasceu a 20 de junho de 1984. Em 2006, licenciou-se em História, variante de Arqueologia, pela Faculade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade de Lisboa. É mestre em Arqueologia desde 2008, com especialização em Arqueologia/Época Romana. O seu percurso profissional está sobretudo relacionado com a Arqueologia Preventiva. É arqueóloga freelancer e trabalha em vários pontos do país no acompanhamento arqueológico de obras e escavações arqueológicas de emergência. Em 2011, fundou, juntamente com Inês Ribeiro, a Time Travellers, uma agência de animação turística dedicada à divulgação da História, Cultura e Arqueologia de Portugal.