terça-feira, 9 de junho de 2015

Mia Couto no “Porto de Encontro”

O escritor vai estar no Rivoli numa sessão que tem como convidados especiais José Eduardo Agualusa, João Afonso e a companhia Trigo Limpo teatro ACERT.
No próximo dia 21 de junho, às 17:00, o Teatro Municipal Rivoli vai encher para acolher a próxima edição do “Porto de Encontro”. O convidado é um dos mais reconhecidos escritores de língua portuguesa, Mia Couto, Prémio Camões em 2010, sendo de destacar a participação especial de outro grande escritor, José Eduardo Agualusa, do músico João Afonso e da companhia Trigo Limpo teatro ACERT – 20 dizer. A sessão será conduzida pelo jornalista Sérgio Almeida e os ingressos (gratuitos) estarão disponíveis na bilheteira do teatro a partir de dia 13 de junho.
Mia Couto nasceu na Beira, Moçambique, em 1955. Foi jornalista e professor, e é, atualmente, biólogo e escritor e as suas obras estão traduzidas em diversas línguas.
Entre outros prémios e distinções (de que se destaca a nomeação, por um júri criado para o efeito pela Feira Internacional do Livro do Zimbabwe, de Terra Sonâmbula como um dos doze melhores livros africanos do século XX), foi galardoado, pelo conjunto da sua já vasta obra, com o Prémio Vergílio Ferreira 1999 e com o Prémio União Latina de Literaturas Românicas 2007. Ainda em 2007, Mia foi distinguido com o Prémio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura pelo seu romance O Outro Pé da Sereia. Jesusalém foi considerado um dos 20 livros de ficção mais importantes da «rentrée» literária francesa por um júri da estação radiofónica France Culture e da revista Télérama. Em 2011 venceu o Prémio Eduardo Lourenço, que se destina a premiar o forte contributo de Mia Couto para o desenvolvimento da língua portuguesa.
Em 2013 foi galardoado com o Prémio Camões e com o prémio norte-americano Neustadt. Em 2015 foi um dos finalistas do Man Booker International Prize.
Esta XXXVII edição do “Porto de Encontro” conta com a colaboração da Câmara Municipal do Porto e tem o apoio do Jornal de Notícias, Antena 1, Porto Canal, Livrarias Bertrand, Porto Barros e Arcádia.


Sem comentários: