terça-feira, 10 de março de 2015

Últimos Ritos - Uma magnífica estreia literária baseada e inspirada numa história real

Título: Últimos Ritos
Autor:
Hannah Kent

É nas paisagens mais belas que se revelam as histórias mais terríveis. Da Islândia para o mundo literário, Hannah Kent grava na memória das páginas a história de Agnes Magnúsdóttir, a última pessoa a ser condenada à pena de morte em terras islandesas. Sem oportunidade para se defender ou se redimir, Últimos Ritos trata dos últimos dias de uma mulher à qual roubaram a verdade – e com isso, a vida.



No norte da Islândia em 1829, Agnes Magnúsdottir é condendada à morte por ter assassinado brutalmente dois homens. Enquanto se preparam os últimos preparativos judiciais para a sua execução, Agnes é enviada para a quinta do Ofi cial Distrital Jón Jónsson, onde também residem a sua mulher e as duas fi lhas. Horrorizados por serem impelidos a receberem uma mulher acusada de homicídio, a família evita Agnes.
Apesar disso, Agnes não se encontra totalmente só. Tóti, o assistente do reverendo, designado para conduzir espiritualmente Agnes nesta sua última travessia, compadece-se dela, tentando resgatar a sua alma. Enquanto os meses estivais defi nham para o inverno rigoroso e as tarefas da vida rural e doméstica se sucedem tarefas domésticas, obrigando todos a conviverem e coabitarem mais proximamente uns dos outros, a história de traição e sangue que persegue Agnes oferece outra versão… e à medida que se aproximam os seus últimos dias, a pergunta arde na garganta de todos: Agnes é culpada ou não?
Baseado e inspirado numa história real, Últimos Ritos é um romance profundamente comovedor sobre a liberdade pessoal e a veracidade das histórias que trazemos connosco: como somos vistos pelos outros ou como acreditamos que somos? De que maneiras arriscamos tudo por amor?
Numa prosa bela e límpida, Hannah Kent retrata a paisagem islandesa em todo o seu esplendor, revelando o fogo sob o gelo glaciar, em que cada dia é uma batalha pela sobrevivência. E é neste livro que se pergunta: como pode alguém sobreviver e acreditar nas letras do seu próprio nome, quando a sua vida depende das histórias contadas pelos outros?

PRÉMIOS:
Abia Literary Fiction Book Of The Year 2014
Davitt Awards Best Debut Novel 2014
Davitt Awards Reader’s Choice 2014
Aba Nielsen Bookdata Bookseller’s Choice Award 2014
Booktopia People’s Choice Award 2014
Faw Christina Stead Award 2013
Indie Awards Debut Fiction De Year 2014
Victorian Premier’s Literary Award People’s Choice Award 2014
Smh Best Young Australian Novelist 2014

Sobre a autora:

Ambição desconcertante
Hannah Kent propôs-se a uma tarefa ambiciosa em Últimos Ritos […].
Em 1829 teve lugar a última execução pública na Islândia (poderá ver-se no Museu Nacional em Reiquiavique o machado conferido para as execuções públicas). Um homem e uma mulher foram decapitados por um crime cometido numa quinta distante. Uma vez que não existiam prisões na Islândia, a mulher condenada foi coagida a passar o inverno numa quinta com um lavrador e a sua família (mulher e filhas). Últimos Ritos narra a história desse inverno.



Sem comentários: