sexta-feira, 27 de março de 2015

Porto Editora publica o mais recente livro de Patrick Modiano "Para que não te percas no bairro"

Título: Para que não te percas no bairro
Autor:
Patrick Modiano
Tradutor: Manuela Torres
Págs.: 104
PVP: 15,50 €

Conforme anunciado no final do ano passado, a Porto Editora vai publicar o mais recente romance de Patrick Modiano, Para que não te percas no bairro. Neste livro, que chega às livrarias a 2 de abril, o autor volta a dar protagonismo à memória, desta vez através do olhar de um escritor sexagenário que leva uma vida pacata e solitária em Paris, até ao momento em que se cruza com uma investigação que o fará regressar à sua infância.
Depois de O horizonte, As avenidas periféricas e Dora Bruder, todos eles muito bem recebidos pelos leitores e críticos literários, este é o quarto romance do Nobel da Literatura 2014 no catálogo da Porto Editora.

Sobre o livro:
Várias décadas passaram desde que Jean Daragane, em criança, viveu em Saint-Leu-la-Forêt. Agora, sexagenário, escritor, mal pensa nisso. Leva uma existência solitária, o telefone raramente toca, praticamente não escreve. Até que acontece um «quase nada». Como que uma picada de inseto, que a princípio parece muito leve. Esse «quase nada» é o aparecimento de uma velha agenda telefónica onde figura o nome de Guy Torstel. Arrastado para o passado, para a Paris dos anos 1950 e 1960, Daragane vai-se confrontar com a memória de Annie Astrand, que foi para ele uma espécie de mãe e, mais tarde, talvez uma amante…

Sobre o autor:
Patrick Modiano nasceu em Boulogne-Billancourt, nos arredores de Paris, em julho de 1945, e publicou o seu primeiro romance (La Place de l’Étoile) em 1968. Com Rue des Boutiques Obscures, obteve em 1978 o Prémio Goncourt. Em 1972, recebeu o Grande Prémio de Romance da Academia Francesa com As Avenidas Periféricas.
Considerado hoje um dos mais importantes escritores franceses, e autor de uma vasta obra, foi distinguido com o Grande Prémio Nacional das Letras e com o Prémio Nobel da Literatura de 2014.


Sem comentários: