terça-feira, 31 de março de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Disputar a Democracia, de Pablo Iglesias, com prólogo de Alexis Tsipras, nas livrarias a 17 de abril

Título: Disputar a Democracia
Autor: Pablo Iglesias
Secretário-Geral do PODEMOS
Género: Política / Economia
Tradução: Dinis Pires
N.º de páginas: 216
Data de lançamento: 17 de abril
PVP: 15,50€

Incluindo textos escritos até junho de 2014, este livro foi sendo sucessivamente atualizado por Pablo Iglesias até à versãopublicada agora pela Bertrand Editora e introduzida por Alexis Tsipras. Um conjunto de textos escritos por alguém que ainda não está no poder e que acredita que também um livro pode defender a democracia, disputando-a.
«A crise e a catastrófica austeridade estão a levar a Europa para um beco sem saída. Os agentes até então dominantes não hesitarão em arremessar-nos para uma nova idade da pedra com o intuito de proteger os seus interesses. Todavia, não lhes faremos o favor de ficarmos assustados, passivos. A resposta será dada pelas forças que realmente defendem a sociedade: acrescentar à luta esperança, um plano e uma visão.»
Do prólogo de Alexis Tsipras
«O objetivo inicial deste livro era dar a conhecer as reflexões políticas de um professor universitário que ganhar o seu espaço como comentador político em algumas televisões. Essas reflexões, que talvez tenham tido interesse no seu momento, são agora as reflexões do porta-voz de uma força política que todas as sondagens colocam como a terceira (se não a segunda) força política em Espanha. O livro tem a frescura de quem escrevia sem concessões e servirá para dar a conhecer a minha maneira de ver muitos assuntos sem os refinamentos impostos pela responsabilidade política, ao mesmo tempo que permitirá aos leitores conhecerem uma parte desse futuro anterior do PODEMOS. É por isso que este livro é tão particular.»
Pablo Iglesias é professor universitário, político, escritor, apresentador e comentador de televisão espanhol. Em 2014 foi eleito eurodeputado pela candidatura do PODEMOS, sendo, atualmente, o secretário-geral do partido.