quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

TOPSELLER: Livro mais vendido nos EUA e em Inglaterra chega a Portugal, em junho

Publicado em janeiro, o livro de estreia da autora britânica Paula Hawkings, The Girl On The Train, saltou de imediato para o primeiro lugar dos livros mais vendidos nos EUA (Hardcover) e, cinco semanas depois, mantém-se o livro mais apetecível em Terras do Tio Sam (Publisher’s Weekly).

The Girl On The Train lidera, também, a lista dos mais vendidos na Amazon.com, seguido de Sniper Americano, o livro que inspirou Clint Eastwood e que foi editado em Portugal pela Vogais, chancela de Não-Ficção do Grupo 20I20 Editora.

O thriller psicológico A Rapariga no Comboio, elogiado pela crítica e aplaudido pelos leitores, chega às livrarias portuguesas em junho, editado pela Topseller. Cobiçado um pouco por todo o mundo, o título já foi vendido para mais de 25 países, desde o Brasil à China.

Paula Hawkins foi jornalista, na área financeira, durante 15 anos. Hoje dedica-se apenas à escrita de ficção. O estúdio americano da DreamWorks já adquiriu os direitos de adaptação ao cinema. A Penguin Random House disponibiliza um pequeno Q&A de Paula Hawkins, aqui. Para mais informações, visite o site da autora, paulahawkinsbooks.com.

Sinopse:
Rachel apanha o mesmo comboio todas as manhãs. Todos os dias balança ao longo da linha, vislumbra uma extensão de casas suburbanas acolhedoras, e para no sinal que diariamente lhe permite observar o mesmo casal a tomar o pequeno-almoço no seu alpendre. Chega a ter a sensação de conhecê-los. “Jess e Jason”, é como lhes chama. A vida deles — aos seus olhos — é perfeita. Não muito diferente da vida que perdeu recentemente.
É então que vê algo perturbador. Apenas durante um minuto até o comboio voltar a andar, mas o suficiente. Já nada está como antes. Incapaz de guardar para si, Rachel vai à polícia contar o que sabe, e torna-se parte indissociável do que acontece a seguir e das vidas de todos os envolvidos. Terá ela feito mais mal do que bem?
De leitura compulsiva, A Rapariga no Comboio é uma estreia eletrizante e emocionalmente imersa num thriller Hitchcockiano.





2 marcadores:

Denise disse...

Parece interessante.
O que estás a achar do livro da Lisa Genova?
Acabei de ler e gostei muito.

Boas leituras!

Maria Manuel Magalhaes disse...

Olá Denise,

Também fiquei de olho nele.

O da Lisa Genova já o li. Adorei. Falta-me apenas fazer a opinião que estará em breve no blogue ;)

Boas leituras