segunda-feira, 19 de janeiro de 2015 | By: Maria Manuel Magalhaes

Fraturado - Karin Slaughter [Opinião]

Título: Fraturado
Autor: Karin Slaughter
Edição/reimpressão: 2014
N.º de Páginas: 416
Editor: TopSeller

Coleção: Will Trent
PVP: 18,79€
Sinopse:
Abigail Campano chega a casa e entra num cenário de pesadelo. Uma janela partida, uma pegada de sangue na escada e, a visão mais devastadora de todas, a sua filha adolescente morta no chão. Sobre ela está um homem com uma faca ensanguentada na mão. A luta que se segue vai mudar a vida de Abigail para sempre.
Quando a polícia local comete um erro que não só ameaça a investigação mas também coloca em perigo a vida de uma jovem, o caso é entregue ao agente especial Will Trent do Georgia Bureau of Investigation. Will terá como parceira a detetive Faith Mitchell, do Departamento de Polícia de Atlanta, que logo no primeiro encontro lhe mostra que não é a sua maior fã.
Sob o calor implacável do verão de Atlanta, Will e Faith percebem que só trabalhando juntos conseguirão travar o homicida brutal que tem como alvo uma das comunidades mais ricas e privilegiadas da cidade. Antes que seja tarde demais.
A minha opinião: 
Desde que li Tríptico, nem Novembro do ano passado, que estava ansiosa pela saída de um novo livro de Karin Slaughter, escritora que conheci com esta primeira leitura. As expectativas eram altas já que elegi essa minha estreia com a escritora como um dos melhores policiais, e até mesmo livros que li nesse ano. Felizmente, não me desiludi com este segundo livro, editado novamente pela Topseller, demonstrando que foi uma excelente aposta na editora em publicar a série de Will Trent desde o seu início.

Neste segundo livro a autora dá-nos a conhecer mais sobre o passado do detective do GIB, e protagonista da série, Will Trent, um homem com fantasmas do passado, um polícia que não sabe ler, cujo problema da dislexia o assombra, mas que não o impede de prosseguir na carreira. A somar a isso, a investigação do caso presente vai levá-lo a reencontrar um antigo colega do orfanato onde viveu, e o reencontro vai ser tudo menos pacífico...

Por outro lado, Will vai ter como parceira de investigação Faith Mitchell, que não mostra grande simpatia por ele, o que faz com que a relação entre ambos não seja também a melhor.

À medida que a história e o caso vão avançando vamos conhecendo mais sobre estas duas personagens que, calculo, se vão cruzar em histórias futuras. Assim espero.


Quando é chamado para investigar o caso do assassinato de uma jovem numa localidade rica, Will Trent não imaginava o cenário de terror que iria enfrentar. Além da vítima, Will dá de caras com Abigail Campano, a suposta mãe da vítima, que apanha o assassino da filha em flagrante e, em legítima defesa e pura raiva, acaba por fazer justiça pelas próprias mãos. Mas nem tudo, numa investigação, parece é, e leva Will a procurar por um assassino, mas não só...

O que me leva a gostar dos livros da autora é que não conseguimos descortinar o assassino ao longo da narrativa, até porque a fronteira entre o bom e o mau poderá ser muito ténue.

Três dias de investigação se passam, divididos por três capítulos, numa leitura a um ritmo alucinante.

Mais uma vez recomendo.

Opinião de Tríptico aqui
 

1 marcadores:

Denise disse...

Tenho curiosidade em ler. Já há muito que li sobre estes livros mas ainda não me decidi...
Para anotar!

Boas leituras!