quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

A Segunda Vinda de Cristo à Terra é o novo livro de João Cerqueira

A Segunda Vinda de Cristo à Terra é o novo livro de João Cerqueira

O livro é publicado em Portugal pela editora Estação Imaginária e será publicado em Espanha pela editora Funambulista. Já recebeu duas propostas para publicação nos Estados Unidos.


“O filme Jesus de Montreal de Denys Arcand inspirou-me a tentativa de criar um romance onde um Jesus contemporâneo revive os episódios mais importantes da sua anterior vida.
A leitura da Bíblia tornou claro que o caminho teria de ser outro.
Acontecimentos sociais e políticos recentes iluminaram a via a seguir.
No final, não será ele a ser posto na cruz.”


Dotado de um sentido de humor único, rico nas metáforas, refrescante e imaginativo, João Cerqueira continua a receber as melhores críticas nacionais e internacionais ao seu trabalho.
Nunca a sua sátira foi tão mordaz.
Para a sua segunda vinda à Terra, Cristo, não podia ter escolhido um lugar melhor: Portugal.
Depois de conhecer a ativista Madalena – que luta por um mundo melhor – Cristo vê-se envolvido em situações de con flito.
Vai conhecer um padre que o obriga a confessar-se, um autarca corrupto, empreiteiros sem escrúpulos, um comandante da GNR forçado a fazer de Pilatos, habitantes de bairros degradados, um bruxo e uma história de amor entre dois gangues rivais. Com ironia e sarcasmo, a Segunda Vinda de Cristo à Terra aborda fenómenos de conflitualidade social e política que ocorrem no nosso país. De forma crua e inteligente, o autor leva-nos a um enredo extremamente bem construído no qual… no m… é Portugal que acaba posto na cruz.

Sobre o autor:
João Cerqueira é doutorado em História da Arte pela Universidade do Porto. É autor de sete livros. A culpa é destas liberdades, A Tragédia de Fidel Castro (publicado nos EUA com o título The Tragedy of Fidel Castro), As reflexões do Diabo, Arte e literatura na guerra civil de Espanha, Maria Pia: rainha e mulher, José de Guimarães (publicado na China pelo Today Art Museum), José de Guimarães: Arte Pública.

The Tragedy of Fidel Castro venceu USA Best Book Awards 2013, o Beverly Hills Book Awards 2014, o Global Ebook Awards 2014, foi finalista do Montaigne Medal 2014 (Eric Offer Awards), e foi considerado pela revista ForewordReviews a terceira melhor tradução publicada nos EUA em 2012. Em 2015 será publicado em Espanha pela Funambulista, na Itália pela Leone Editore e no Reino Unido pela Freight Books.

Os seus textos estão publicados na Toad Suck Review, Foliate Oak Literary, Hypertext Magazine, Cleaver Magazine, Danse Macabre, Contemporary Literary Review India, Open Pen Magazine, The Liberator Magazine, BoldType Magazine, All Right Magazine, South Asia Mail, Linguistic Erosion, Calamites Press, Sundayat6mag, Literary Lunes.


 

Sem comentários: