segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Os milagres acontecem devagar (a partir de 5 de novembro)

Margarida Rebelo Pinto, autora de bestsellers como Sei Lá, Não há Coincidências e O Dia em que te Esqueci regressa com um romance ousado e acutilante
O novo romance da escritora Margarida Rebelo Pinto, Os milagres acontecem devagar, é um livro sobre a esperança em segundas oportunidades. Mas é também um livro sobre reveses, fracassos e desilusões. Fala sobre o amor, o desamor e as limitações a que cada um acaba por ficar preso quando se envolve numa relação.
Como vivemos o amor depois dos 40 anos? O que é que ainda estamos dispostos a fazer, até que ponto queremos ou conseguimos ceder tempo e espaço para construir uma relação? O que é que ainda conseguimos mudar em nós e o que podemos esperar que o outro mude?, pergunta a autora nas primeiras páginas do novo romance.
Conta a história de uma mulher que ainda acredita na magia transformadora do amor e de um homem aprisionado na sua própria liberdade e incapaz de fazer concessões. Maria do Mar, tem mais de 40 anos, dois filhos, e está separada. Henrique é um sedutor compulsivo que carrega o fardo de dois casamentos falhados e uma lista de vícios de solteirão. Ambos consultam o mesmo psicólogo sem o saber e cada um irá trazer os seus medos e fantasma para a vida a dois. Ambos vivem num labirinto, mas apenas um conseguirá sair. Citando a protagonista, precisamos de matar as coisas antes que elas nos matem.

Margarida Rebelo Pinto dispensa apresentações. Publicou o seu primeiro livro em 1999 e desde então tem construído uma sólida carreira como escritora, além de manter presença regular na imprensa e na televisão. É a escritora portuguesa que mais livros vende em Portugal fazendo por isso parte do exclusivo “clube do 1 milhão”. Os milagres acontecem devagar é o seu 11º romance e 20º livro.
«O fenómeno editorial português mais notável dos últimos anos.» Woman (Espanha)



Sem comentários: