quinta-feira, 18 de setembro de 2014

«O Triunfo do Ocidente» chega às livrarias no dia 24


Título: O Triunfo do Ocidente 
Autor: Rodney Stark
Tradução: Rui Santana Brito
N.º de Páginas: 464
PVP: 27 €
Género: Não Ficção/História/Filosofia
Nas livrarias a 24 de Setembro
Guerra e Paz Editores

Sinopse
E se o triunfo do Ocidente, afinal, se devesse à força das ideias, à força do conhecimento?
Esta é uma história que muitos querem silenciar. Do legado grego aos Des­cobrimentos portugueses, da demanda do conhecimento e da invenção da universidade à importância do cristianismo e ao desenvolvimento do capitalismo, da indústria e da ciência, este livro mostra como a civilização ocidental criou a modernidade e como a modernidade ocidental continua a ser, hoje, a melhor alternativa civilizacional de que o mundo dispõe.
A queda de Roma foi o evento singular mais benéfico na ascensão da civilização ocidental;
Nunca houve nenhuma «Idade das Trevas»;
As Cruzadas nada tiveram que ver com saque, ganância ou ataque não provocado ao mundo islâmico;
Não houve nenhuma «revolução científica» no século XVII, houve ape­nas o culminar de um progresso científico iniciado no século XII;
A cultura grega não foi roubada ao Egipto;
Os Descobrimentos europeus não foram copiados dos chineses ou dos árabes;
A riqueza da Europa não resultou da pilhagem ao mundo não oci­dental, pelo contrário as colónias sugaram o dinheiro da Europa;
A ascensão do Ocidente não se deve a razões climatéricas favoráveis, a recursos naturais, armas, ferro ou carvão.
Os portugueses têm uma razão suplementar para ler este livro que realça o papel dos Descobrimentos na História da humanidade.

Sobre o autor:
Licenciado em Berkeley, foi profes­sor na Universidade de Washington e é, desde 2004, professor de Ciências Sociais na Universidade de Baylor, onde é também co-director do Institu­to para o Estudo das Religiões. Autor de 32 livros, está traduzido em 13 lín­guas, do chinês ao alemão, do francês ao japonês. O Triunfo do Ocidente é o seu primeiro livro a ser publicado em Portugal.

Sem comentários: