quinta-feira, 28 de agosto de 2014 | By: Maria Manuel Magalhaes

Novidades Planeta para setembro

Título: Um Rumor Muito Incoveniente
Autor: Emma Wildes
N.º de Páginas: 288
PVP: 17,76 €
Disponível a partir de 3 de Setembro

Chega agora o segundo livro da nova série Whisper of Scandal, da premiadíssima autora, que conta com uma legião de fãs em Portugal.
Emma Wildes é já uma referência no romance histórico feminino, e seduziu irremediavelmente os leitores portugueses com os nove livros anteriores, já publicados pela Planeta.
Neste segundo livro, o mistério é mais acentuado e a dose de intriga e suspense na história, torna-o num verdadeiro ‘passar a página’ para saber o desfecho.
«Dona de uma escrita envolvente, que combina na dose certa sensualidade e erotismo, Emma Wildes apimenta esta história de época com muito sexo e paixões avassaladoras até à última página. Emma Wildes mostrou mais uma vez a sua capacidade para apresentar novas variações do romance em todas as suas infinitas formas. Esteja preparado para sentir crescer as suas paixões, ao ler as cenas de amor maravilhosamente escritas.» Just Erotic Romance Reviews
«Soberbamente sensual…deliciosamente erótico.» Publishers Weekly

«Perversamente deliciosa e ousada, a narrativa de Emma Wildes cativa com uma fantasia erótica que é ao mesmo tempo um romance da época da Regência habilmente trabalhado. A autora apresenta uma obra irresistível que capta a época, os costumes e o comportamento escandaloso que se esconde abaixo da superfície.» Romantic Times

Como reagirá a alta sociedade quando distintas personagens são apanhadas em sucessivas situações comprometedoras?
Será que as jovens senhoras sobrevivem à temporada com a reputação intacta... ou os rumores escandalosos que as cercam as arruínam?
No ton, Lady Angelina DeBrooke não é só conhecida pela sua rara beleza, mas pelos seus casamentos. Com a alcunha Anjo Negro, apaixonou-se pela primeira vez e deseja casar, mas teme ficar viúva pela terceira vez. Com dois maridos envenenados e uma nuvem de suspeita a pairar sobre a cabeça, ela procura o único homem em Inglaterra que poderá ajudá-la...
Benjamin Wallace, Lorde Heathton, não está interessado em fazer de novo o papel de detective, mas quando Lady DeBrooke o aborda para uma missão que envolve limpar-lhe o nome, ele considera o desafio irresistível. O segundo marido era um velho amigo, e quando começa a investigar, sente o odor de um inimigo que já perseguiu e sabe que esta é oportunidade de prender a esquiva personagem...
 
«Os fãs de Emma Wildes vibrarão com esta história soberbamente sensual. Equilibrando encontros deliciosamente eróticos com uma cativante tensão romântica, e povoando um cenário histórico convincente de um forte elenco de personagens bem desenvolvidas, a prolífica romancista concebe um enredo espectacular e tratado com uma habilidade muito superior ao romance histórico comum.» Publisher Weekly

Sobre a autora:
Emma Wildes estudou na Universidade de Illinois é e licenciada em Geologia. Vive em Indiana com o marido e três filhos. Foi a autora n.º 1 do Fictionwise, WisRWA Reader’s Choice ward, vencedora na categoria de Romance Histórico em 2006, do Lories Best Published, e em 2007 vencedora do Eppie para o melhor romance erótico.
Livros publicados pela Planeta: Uma Aposta Perversa, Lições de Sedução, Um Homem Imoral, Um Erro Inconfessável, Pecados Escondidos, Sussurros Ousados, Traída pelo Destino, Paixão Escandalosa e Um Amor ao Luar.
Descubra mais sobre a autora no seu sítio na internet: www.emawildes.com

Título: Sete Coisas que eu Cá Sei
Destravalínguas e adivinhas para suar as estopinhas
Autor: Vergílio Alberto Vieira
Ilustrações: Maria João Lopes
N.º de Páginas: 64
PVP: 15,50€
Disponível a partir de 3 de Setembro


Um livro cheio de adivinhas, histórias e lendas que vai fazer rir e puxar pela imaginação dos mais novos e que promete muita diversão entre pais e filhos.

Um faz de conta que sabe,
Outro, que anda esquecido,
Que na ignorância tudo cabe,
Quer achado, quer perdido.
Vamos lá adivinhar o que isto é… é só
puxar pela cabeça e pela imaginação.

Do riso ao siso, eis aqui, jovens leitores, um novo e precioso livro de um dos mais queridos escritores portugueses, ilustrado e feito com humor e amor para vos proporcionar muitas horas de leitura e muitas ideias a saltar da cabeça para o mundo.
Este livro, em capa dura, é constituído por dois grupos distintos de poemas: os Destravalínguas, que primam pelo sentido de humor e pelo nonsense, e as adivinhas em verso (com soluções no final). Sete Coisas que Eu Cá Sei é um livro que miúdos e graúdos vão querer ler, ao mesmo que se divertem a aprender e a ver as fantásticas ilustrações que acompanham os poemas.

Sobre o autor:
Poeta, ficcionista e crítico literário, Vergílio Alberto Vieira (1950, Amares, Braga) cursou Letras na Universidade do Porto, fixando-se em Lisboa, a partir de 1993, onde passa a exercer actividades docentes, nomeadamente na Escola Passos Manuel, até finais de 2009. Com a sua participação na guerra colonial, de que regressa a 25 de Outubro de 1975, integrado na última Companhia de Polícia Militar estacionada em Luanda, durante o período de descolonização, pertence à geração de escritores cuja obra virá a tornar-se não apenas um dos capítulos recentes da literatura portuguesa do século XX, como também das literaturas emergentes nos países africanos de expressão oficial portuguesa.
Entre 1975 e 2000, escreve sobre livros no Diário de Luanda, Diário de Lisboa, revista África, Suplemento Literário de Minas Gerais (Belo Horizonte, Brasil), Jornal de Notícias e semanário Expresso. Foi membro de júri dos seguintes prémios literários: poesia, romance e novela, vida literária e literatura biográfica, da Associação Portuguesa de Escritores; prémio de narrativa Eixo-Atlântico (Portugal-Galiza); prémios de poesia e narrativa do Pen Clube Português; prémio do conto Camilo Castelo Branco; prémios Correntes d'Escritas, Cidade de Almada, DST-Braga, Teixeira de Pascoaes, Florbela Espanca, Manuel da Fonseca, Sebastião da Gama, Natércia Freire, Maria Rosa Colaço, António Cabral, entre outros.
Nas últimas décadas, integrou direcções da Associação Portuguesa de Escritores, Pen Clube Português, IBBY (secção portuguesa de literatura para a infância e juventude) e Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto.