sexta-feira, 11 de julho de 2014

BOOKSMILE: "Juro Dizer a Verdade, Toda a Verdade e Nem Sempre a Verdade"

Ally Carter vive nos EUA, onde trabalha com entusiasmo na escrita para adultos e jovens. Os seus livros já foram publicados em mais de 20 países, e são bestsellers do New York Times, USA Today e The Wall Street Journal.

A coleção As Miúdas de Gallagher marcaram a sua estreia na literatura juvenil e têm o selo de qualidade da Disney. Depois do sucesso do 1.º volume, editado em Portugal no passado mês de março, já chegou às livrarias o segundo volume da coleção: As Miúdas de Gallagher 2: Juro Dizer a Verdade, Toda a Verdade e Nem Sempre a Verdade (Booksmile I 256 pp I 14,39€).

A originalidade da história despertou o interesse não só da Disney, mas também de uma produtora de televisão que já comprou os direitos de adaptação. Afinal, o enredo, destinado a raparigas adolescentes, é bem especial, como as personagens!

O Colégio Gallagher (para Raparigas Excecionais) parece à primeira vista uma escola típica, onde as adolescentes se preocupam em combinar a cor da mala com o top que vão usar, e suspiram quando um professor giro lhes sorri. Mas o que o comum dos mortais desconhece é que nas suas malas levam câmaras ocultas e o tal professor giro dá aulas de Preparação para Missões Secretas. O Colégio garante que forma os maiores génios do país… mas na realidade é a melhor e mais conceituada escola de espias e agentes secretas.

Cammie Morgan (ou Camaleão, como gostam de lhe chamar) é uma das miúdas de Gallagher. Ótima aluna, é fluente em catorze línguas e capaz de matar um inimigo de sete maneiras diferentes. No 1.º volume, Cammie teve de enfrentar a missão mais perigosa de sempre: apaixonar-se! Agora, Cammie vive um dilema.
«Eu não queria deixar o Josh, juro. Ainda sofro por ele, a sério. Neste período apenas queria ser uma aluna como as outras. E a verdade é que nada tive que ver com a falha de segurança que pôs a escola em perigo. Mas juro que, com a ajuda das minhas amigas, vou desvendar o mistério de Blackthorne e provar a minha inocência.
Na verdade, não vai ser fácil, e o meu coração, que ainda não recuperou, pode estar de novo em perigo. Mas prometo que vou fazer tudo para conseguir salvar o Colégio. E isto é toda a verdade! Juro! Não acreditas?»






Sem comentários: