quinta-feira, 19 de junho de 2014

As Praias de Portugal - Guia do Banhista e do Viajante, de Ramalho Ortigão, a 20 de junho nas livrarias

Título: As Praias de Portugal – Guia do Banhista e do Viajante
Autor: Ramalho Ortigão
Género: Literatura / Literatura de Viagens
N.º de páginas: 208
Data de lançamento: 20 de junho
PVP: 14,40€

Este é um guia da costa portuguesa, em que Ramalho Ortigão explora as características naturais das praias e suas águas, e fornece preciosa informação social, cultural e histórica. A escrita é tão versátil e envolvente que num mesmo capítulo se fala de carapaus e d’Os Lusíadas, de pianos e mulheres gordas, da toilette e do pinhal, dos piqueniques, das tribos, das casas e dos hotéis.
Ainda que o universo balnear de hoje seja muito diferente do de então – feito de toldos brancos, véus enfunados e leques de senhoras (o livro tem a primeira publicação em 1876) –, este é um guia enriquecedor que nos proporciona tudo aquilo que faz umas férias retemperadoras: a frescura marítima, a observação da paisagem, o descanso e a deambulação, o contacto e conhecimento com os habitantes locais, a comida e a diversão mundana.

Sobre o autor:
Ramalho Ortigão foi escritor e jornalista. Nasceu no Porto, onde foi criado pela avó, e estudou Direito em Coimbra, não tendo, porém, acabado o curso. Foi professor de Eça de Queirós, com quem escreveu um dos primeiros livros policiais da literatura portuguesa. Com Eça também fundou mais tarde As Farpas. Com Antero de Quental bateu-se em duelo, à espada, por causa de uma contenda decorrente da Questão Coimbrã. Figura destacada do século XIX literário e intelectual português, e em particular da Geração de 70, foi um ilustre membro do grupo dos Vencidos da Vida.


Sem comentários: