quarta-feira, 9 de abril de 2014

Porto Editora: Apresentação da nova coleção de Álvaro Magalhães

Títulos: Mexe esse rabo gordo, pá! | Parem a Terra que eu quero sair!
Autor:
Álvaro Magalhães
Coleção: Picasso & Van Gogh
Público-alvo: 6-10 anos
Págs.: 48
Capa: dura
PVP: 9,90 €
A Porto Editora acaba de publicar os primeiros dois livros de Picasso & Van Gogh, uma nova coleção para crianças, da autoria de Álvaro Magalhães, um dos mais prestigiados autores portugueses de literatura infantil. A apresentação acontece este sábado, 12 de abril, às 15:00, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto. As ilustrações de Mexe esse rabo gordo, pá! e de Parem a Terra que eu quero sair! são de Carlos J. Campos. Esta série de divertidas aventuras destina-se a crianças dos seis aos dez anos.
Álvaro Magalhães, autor de mais de oitenta livros para crianças, assinalou recentemente trinta anos de vida literária.

Sobre a coleção:
Picasso & Van Gogh, gato e cão, vivem em casa de uma pintora e nem se dão mal. Van Gogh é um cão ingénuo e generoso e Picasso um gato gordo e pachorrento, que sonha com uma vida (ainda mais) sossegada, sem ontem nem amanhã. Mas isso era se não houvesse no mundo tantos Duas Patas (nós, as pessoas). Mas há.

MEXE ESSE RABO GORDO, PÁ!
Picasso está muito ocupado a descansar, não quer investigar o misterioso desaparecimento do retrato do pai, e nem Van Gogh o consegue convencer. Mas quando ele descobre, no forro da almofada, o mapa de um tesouro escondido, arrisca sair de casa e viver uma aventura – a sua primeira aventura.

PAREM A TERRA QUE EU QUERO SAIR!
O que se passa? Não há comida nem aquecimento ligado? Para Picasso, a culpa é de uma tal Crise. Ou então é porque a Terra está a dar uma volta e nós estamos de cabeça para baixo. Mas o pior foi quando os levaram de casa, cão e gato, em duas gaiolas. Iriam abandoná-los?

Sobre o autor:
Álvaro Magalhães nasceu no Porto, em 1951. A sua obra para crianças e jovens, que integra poesia, conto, ficção e textos dramáticos, repartindo-se por cerca de 80 títulos, caracteriza-se pela originalidade e invenção, quer na escolha dos temas quer no seu tratamento. Foi várias vezes premiado pela Associação Portuguesa de Escritores e Ministério da Cultura. Em 2002, O limpa-palavras e outros poemas foi integrado na Honour List do Prémio Hans Cristian Anderson e, em 2004, Hipopóptimos – Uma história de amor foi distinguido com o Grande Prémio Calouste Gulbenkian.
Várias das suas publicações integram o Plano Nacional de Leitura e constam do corpus das Metas Curriculares de Português. Parte da sua obra (21 títulos) está publicada em Espanha, França, Brasil
e Coreia do Sul.


Sem comentários: