terça-feira, 8 de abril de 2014

Novidades Assírio & Alvim - Fernando Pessoa e Jorge Sousa Braga

Título: Poemas Esotéricos
Autor:
Fernando Pessoa
Organização: Fernando Cabral Martins e Richard Zenith
N.º de Páginas: 168
PVP: 9,90 €

Cinco poemas inéditos alteram o nosso conhecimento sobre a poesia ortónima

No próximo dia 17 de abril, a Assírio & Alvim publica Mensagem e outros poemas sobre Portugal e Poemas Esotéricos, os próximos dois livros da Coleção Pessoa Breve, organizada por Fernando Cabral Martins e Richard Zenith.


Título: Mensagem e outros poemas sobre Portugal
Autor:
Fernando Pessoa
Organização: Fernando Cabral Martins e Richard Zenith
N.º de Páginas: 176
PVP: 9,90 €

O volume Mensagem e outros poemas sobre Portugal revela-nos agora cinco poemas inéditos que revolucionam o nosso conhecimento sobre Fernando Pessoa ortónimo. De acordo com Richard Zenith, pensava-se até agora que Fernando Pessoa, em adulto, só tinha começado a versejar em português em 1908 — os poemas inéditos incluídos neste volume, datáveis de 1906, colocam em causa essa teoria. Para além da Mensagem, e dos poemas inéditos, este livro inclui ainda poemas antimonárquicos, antissalazaristas e muitos outros relacionados com a história, a política e o destino de Portugal. Poemas Esotéricos apresenta-nos uma antologia rigorosa de um dos temas que mais fascinaram Fernando Pessoa, e que mais fascina os seus leitores. A temática do oculto está muito presente na obra de Fernando Pessoa, sobretudo na poesia que assina com o seu próprio nome. O mistério, Deus, o além, o símbolo, a iniciação são alguns dos seus elementos. Aqui se antologiam poemas ortónimos marcados pelo
esoterismo, que são também dos mais belos que escreveu.
 
Sobre o autor: 
Fernando Pessoa nasceu em Lisboa a 13 de junho de 1888. Em vida apenas publicou uma ínfima parte da sua vasta obra. O trabalho em redor da famosa arca pessoana continua, ainda hoje, a mostrar ao público novos inéditos, alguns deles a revelar em livros futuros desta coleção. É, a par de Camões, o maior ícone da literatura portuguesa, estando traduzido em dezenas de línguas, do espanhol ao inglês, do russo ao japonês. Faleceu a 30 de novembro de 1935 na mesma cidade que o viu nascer.

Título: O Poeta Nu
Autor:
Jorge Sousa Braga
N.º de Páginas: 384
PVP: 22,00 €
Coleção: Documenta Poética

A Assírio & Alvim publica, a 17 de abril, a nova edição de O Poeta Nu, um volume que reúne toda a poesia de Jorge Sousa Braga e inclui já o seu último livro, O Novíssimo Testamento e Outros Poemas.
«Nestas trezentas e tantas páginas desvenda-se uma visão do mundo que poetiza todas as coisas. […] O poeta, ao jeito dos grandes mestres asiáticos, enumera e combina estorninhos e nuvens, cisnes e macieiras, tentando que a transparência mas também a densidade misteriosa da natureza revelem a sua especial sabedoria. [...] É uma súmula da poesia de Jorge Sousa Braga, que vê sempre o lírio que há em todo o delírio.» Pedro Mexia, Público
«A poesia de Jorge Sousa Braga ganha muito em ser reunida: ganha a consistência de uma inventividade, também formal, que abre para uma utopia do literário, para uma libertação da palavra que tem muito mais o carácter de um método do que de uma fórmula. A poesia de Jorge Sousa Braga [...] nasce da mais primordial atitude poética: o amor pelas palavras, pelo ilimitado a que elas dão acesso.» António Guerreiro, Expresso

POEMA DE AMOR
Esta noite sonhei oferecer-te o anel de Saturno
E quase ia morrendo com o receio de que não
te coubesse no dedo

Sobre o autor:
Jorge Sousa Braga nasceu em 1957, em Cervães, e concluiu o curso de Medicina da Universidade do Porto em 1981 com a especialidade de Obstetrícia / Ginecologia. Autor de uma singular obra poética tem participado também em numerosas antologias de poesia, como organizador e tradutor, e tem-se dedicado à escrita de livros infantis. O seu Herbário foi distinguido com o Grande Prémio Gulbenkian de Literatura Infantil.



Sem comentários: