segunda-feira, 24 de março de 2014

Apresentação do livro A Desumanização

O Dia Mundial da Poesia, no dia 21 de Março, deu o mote para que Valter Hugo Mãe se deslocasse à Biblioteca Municipal Poeta Joaquim Monteiro, em Marco de Canaveses, para apresentar o seu novo livro A Desumanização.
Aproveitei ainda para conhecer pessoalmente o escritor marcoense Carlos Magalhães Queirós, cujos livros já dei a opinião aqui no blogue.
Com uma conversa informal, respondendo a todas as perguntas feitas pelos leitores presentes, Valter Hugo Mãe mostrou-se uma pessoa acessível e com uma história de vida por vezes caricata.
Sobre os livros e escritores que proliferam disse "Um livro só se levanta do comezinho se nele houver poesia. Um texto sem poesia é um relato. E isso não é literatura."
"A literatura está na arte de se dizer"
Claro que não me podia ir embora sem tirar a fotografia da praxe e sem levar os meus livros assinados. Resta-me pegar no seu último livro, que não li, e esperar que seja tão bom como o primeiro que li dele.


1 comentário:

Tony Madureira disse...

Conversa excelente. Noite interessante e produtiva.