quinta-feira, 6 de março de 2014

Além da Literatura, de João Bigotte Chorão, nas livrarias a 21 de março

Título: Além da Literatura
Autor: João Bigotte Chorão
Género: Ensaio
N.º de páginas: 216
Data de lançamento: 21 de março
PVP: 15,50 €

A literatura que não seja apenas exercício linguístico ou texto sem contexto persegue um alto objectivo: é uma aventura espiritual que, sem descurar a importância da linguagem e a circunstância histórica, se preocupa sobretudo com o destino do homem e com o fim dos tempos.
O debate de ideias pressupõe cultura e senso cívico, e nós somos um povo de apaixonados e repentistas. Não conversamos: discutimos. Temos fé e temos rasgo, e a fé dispensa da procura e o rasgo dispensa do estudo.
João Bigotte Chorão pertence ao número de autores que privilegiam as «grandes famílias» de que falava Raïssa Maritain, em que se integram Almeida Garrett, Camilo, Malheiro Dias, João de Araújo Correia, Torga, Tomaz de Figueiredo, Eliade, Papini, Machado de Assis.

Sobre o autor:
João Bigotte Chorão, crítico e ensaísta, tem procurado dar à obra o que é da obra e ao autor o que é do autor. Crítico humanista ou ontológico, parte da obra para o homem, tantas vezes esquecido numa visão apenas formalista da literatura. Escritores sobre os quais tem escrito são como companheiros de viagem. Publicou vários estudos sobre Camilo Castelo Branco.
Estudioso da literatura autobiográfica, é autor de um Diário quase Completo, a que foi atribuído, em 2008, o Grande Prémio de Literatura Biográfica pela Associação Portuguesa de Escritores. Compilou o álbum Nossa Lisboa dos Outros, com testemunhos de autores estrangeiros sobre a capital portuguesa, entre eles Unamuno e Pla.
Director do Departamento de Enciclopédias da Editorial Verbo, coordenou a Enciclopédia do Século XXI, a Enciclopédia da Sociedade e do Estado, a Enciclopédia Luso-Brasileira de Filosofia Logos, a Enciclopédia das Literaturas de Língua Portuguesa Biblos.
Membro efectivo da Academia das Ciências de Lisboa (Classe de Letras) e do Instituto Luso-Brasileiro de Filosofia, foi Presidente do Círculo Eça de Queiroz e distinguido pelo Instituto Romeno de Cultura com o título de Amicus Romaniae. Pertence ao Conselho Científico da revista Estudos Italianos em Portugal.


Sem comentários: