quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Novidade «A Porta para a Liberdade» de Pedro Prostes da Fonseca

Título: A Porta para a Liberdade
Autor: Pedro Prostes da Fonseca
Género: História
N.º de páginas: 232+16 (248)
PVP: € 16,00

Peniche, 1960
Álvaro Cunhal fugiu da prisão.
Um guarda, Jorge Alves, permitiu a sua fuga.
Uma história de coragem e tragédia que marcou o destino de Portugal.

Sobre o livro:
A 3 de Janeiro de 1960 dez homens, entre eles Álvaro Cunhal, evadiram-se do Forte de Peniche. A fuga, uma das mais importantes e espectaculares do Portugal salazarista, só foi possível graças a um homem, Jorge Alves. Soldado da GNR, Jorge Alves era um homem simples, sem filiação política, mas cansado de um Portugal amordaçado e revoltado com a hierarquia militar à qual pertencia. Em A Porta para a Liberdade, o jornalista Pedro Prostes da Fonseca conta-nos a história do soldado cujo acto mudou a história do Partido Comunista Português (PCP) e, por arrasto, da luta antifascista.
O livro revela ainda FACTOS INÉDITOS sobre a evasão do Forte de Peniche.
Prefácio de IRENE FLUNSER PIMENTEL

Sobre o autor:
Pedro Prostes da Fonseca, jornalista, colaborou com o Expresso e as revistas Sábado, Superjovem, Pais & Filhos. Foi coordenador no semanário SOL, conhecendo a fundo a realidade das cadeias portuguesas como responsável pela rubrica “Conversas na Prisão”.


Sem comentários: