terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Guimarães recebe Valter Hugo Mãe. D. Jorge Ortiga e Adolfo Luxúria Canibal participam na apresentação de A Desumanização

No dia 27 de fevereiro, quinta-feira, às 21:00, Valter Hugo Mãe vai estar em Guimarães, para apresentar o mais recente romance, A Desumanização. A sessão consiste numa conversa com D. Jorge Ortiga, Arcebispo de Braga, e decorre no São Mamede – Centro de Artes e Espetáculos. Adolfo Luxúria Canibal vai ler excertos do livro. A organização, que conta com o apoio da Porto Editora, é da livraria bracarense Centésima Página e a entrada é livre. «Uma declaração esquisita», mas, também, «a mais sincera declaração de amor aos fiordes do oeste islandês» – assim define Valter Hugo Mãe A Desumanização. A crítica não tem poupado elogios ao livro, já na 4.ª edição: «provavelmente, o melhor romance de Valter Hugo Mãe», escreveu o Público; «poderosa história», afirmou a Visão; e «milagre literário», sentenciou o Jornal de Letras.
Durante três anos, o escritor viajou para a Islândia, para criar aquele que é o seu texto mais visível – um livro de ver. Uma feliz fusão entre a palavra e a capacidade de fazer ver e sentir.
Depois de mais de dez livros de poesia e de seis romances, depois de ter sido distinguido com o Prémio José Saramago, o Grande Prémio PT para melhor livro do ano e o Prémio PT para melhor romance, Valter Hugo Mãe está, pode dizer-se, numa fase de maturidade literária.

Sem comentários: