sexta-feira, 7 de junho de 2013

Guerra & Paz: Pedro Bidarra estreia-se no romance

Título: Rolando Teixo
Autor: Pedro Bidarra
N.º de Páginas: 152 páginas
PVP: 9,00 €
Nas livrarias a 12 de Junho
Editora: Guerra e Paz Editores

Rolando Teixo é um romance sobre rotinas, segredos e jardins.
Com um final, estranhamente, feliz.

Sinopse:
Rolando é um homem normal que vive uma anormalidade sem explicação. Rolando é gestor de carreira, casado, com duas filhas, casa própria e um Audi. É um homem de rotinas, hábitos e normalidades.
É um homem do seu tempo, só que o tempo está a mudar e Rolando, inesperadamente, a mudar com ele.
Rolando Teixo é um romance sobre a natureza de cada um, a natureza que se esconde, se nega e se olha como doença mas que às vezes se abraça – em qualquer caso, sempre com um preço.

Sobre o autor:
Pedro Bidarra
Nasceu em Lisboa. Estudou Psicologia Social na Universidade Clássica de Lisboa e Composição e História da Música no Instituto Gregoriano de Lisboa. Trabalhou como psicólogo, pianista, professor de composição, produtor de discos e radialista, antes de começar uma carreira de sucesso como redactor e criativo publicitário que durou duas décadas. Como criativo trabalhou em Lisboa, Paris, Hamburgo, Madrid, Nova Iorque, Londres e Moscovo, tendo oportunidade de verificar que, no fundo, isto é tudo igual.


Novidades Chá das Cinco para Junho

Título: Jogos Perversos
Autor: Shayla Black

Ela não sabia o que queria até ao momento em que ele a fez implorar...
Morgan O’Malley já assistiu a muitas coisas perversas como apresentadora de um talk-show sobre sexo. Mas nunca tinha conhecido um homem como Jack Cole, um alfa dominante impossível de resistir, e alguém que Morgan quer ter ao seu lado quando um sociopata começa a persegui-la.
Embora Jack seja um guarda-costas, Morgan está longe de se sentir segura na sua presença. De modo lento e sedutor, ele começa a revelar as suas fantasias mais íntimas. E quando finalmente quebra a vontade de Morgan, ela fica chocada por descobrir o quanto está a apreciar o seu toque de mestre. Rapidamente se torna uma presa nos jogos perversos de Jack, mas mesmo sabendo que os seus motivos não são inocentes, nem ela faz ideia do que a espera… 

Novidades Saída de Emergência para Junho

Título: O Falsificador de DaVinci 
Autor: Thomas Swan

Há décadas que um rumor faz estremecer o mundo das grandes colecções de arte: Leonardo Da Vinci terá deixado um conjunto de manuscritos com os seus mais importantes desenhos, incluindo os esboços iniciais de Mona Lisa.
Chamam-lhes...Os Manuscritos Perdidos de Da Vinci, e o valor de tal obra é simplesmente incalculável.
Jonas Kalem, um misterioso comerciante de arte, prepara o golpe do século: forjar Os Manuscritos Perdidos de Da Vinci e tornar-se num dos homens mais ricos e prestigiados do seu tempo. Para isso precisa dos melhores profissionais: Curtis Stiehl, o único falsificador capaz de reproduzir a alma de um Da Vinci, mas que para isso terá de ser chantageado; Eleonor Shepard, uma física inteligente e sexy que erradamente pensa ter sido contratada para pesquisar arte em Florença; Giorgio Burri, um professor de Estudos Renascentistas que acaba de sobrestimar a própria inteligência; e Anthony Waters, um criminoso tão violento quanto atraente, cujas fúrias impulsivas podem transformar um esquema brilhante num campo de batalha. Mais do que explorar o crime no mundo da arte, Thomas Swan explora a arte do crime. De Londres e Nova Iorque a Itália, este é um thriller soberbo que amontoa identidades falsas, traições, assassinatos, chantagens eum clímax de cortar a respiração.


Título: Ponte de Sonhos
Autor: Anne Bishop

REGRESSE A EFÉMERA, DA AUTORA BESTSELLER DO NEW YORK TIMES, ANNE BISHOP. É UM MUNDO DE PAISAGENS ESTRANHAS E MÁGICAS, LIGADAS APENAS POR PONTES — PONTES QUE PODERÃO LEVÁ-LO PARA ONDE REALMENTE PERTENCE, E NÃO PARA ONDE DESEJA IR.

Quando os magos ameaçam Belladonna e o seu trabalho para manter Efémera
em equilíbrio, o seu irmão Lee sacrifica-se para a salvar — e acaba por ser internado num Asilo na cidade de Visão, longe de tudo o que conhece.
Ao mesmo tempo, umas estranhas trevas parecem estar a espalhar-se — uma escuridão que esconde a natureza dos Xamãs que cuidam da cidade e da sua população. Danyal, um dos Xamãs, é o responsável pelo Asilo. Mas talvez por estar a tentar descobrir os seus próprios sonhos, Danyal sente-se intrigado
pelos aparentes delírios de Lee. Com a ajuda de Zhahar, uma mulher com os seus próprios segredos tenebrosos, a mente e o corpo de Lee melhoram, e as suas palavras começam a fazer sentido. Em breve, Danyal e Zhahar começam a vislumbrar o mundo como nunca haviam imaginado.
Quando Danyal, Lee e Zhahar se unem para descobrir o que ameaça a cidade, serão obrigados a olhar para além de si mesmos — e para dentro de si mesmos — para descobrir quem são… e até que ponto podem ser demasiado perigosos.


Título: Depois da Terra  
Autor: Will Smith

Aventure-se no universo de Depois da Terra através de uma adaptação literária nunca antes vista: uma saga de mil anos com conteúdos originais de Peter David, um veterano escritor de ficção científica que ajudou a desenvolver este universo criado com imensa imaginação. É a história completa e inédita da extraordinária família que cruzou a galáxia e regressou – desde os últimos dias da humanidade na Terra até aos acontecimentos retratados no filme épico!

RAIGE FAZ JUS À TRADIÇÃO FAMILIAR
O general Cypher Raige, do Corpo Unificado de Patrulheiros, é apenas o último de uma longa linhagem de heróis. Durante mil anos, desde que o apocalipse ambiental dominou a Terra, os Raige foram um instrumento fundamental para a sobrevivência da humanidade. Lideraram o caminho quando os sobreviventes foram forçados a abandonar a Terra, instalaram-se num planeta inóspito ao qual chamaram Nova Prime, enfrentaram a chacina por parte de uma misteriosa força alienígena e estabeleceram um novo lar na ponta mais longínqua da galáxia. Cypher acabou de regressar para junto da família após uma prolongada missão no exterior. Para o seu filho de treze anos, Kitai, acompanhar o lendário pai é a aventura de uma vida – e uma oportunidade para salvar a relação deles.
Mas, quando um asteroide colide com a nave deles, despenham-se e Cypher fica seriamente ferido, correndo risco de vida.
Kitai Raige sempre quis provar que estava à altura de conviver com um apelido tão ilustre. E agora, talvez cedo de mais, terá a sua oportunidade. Com a vida do pai em risco, Kitai tem de se aventurar em terreno desconhecido e hostil num novo mundoque parece estranhamente familiar: a Terra.


Título: O Navio do Destino
Autor: Rosine de Dijn

Em 1942, as tragédias da Segunda Guerra Mundial encontraram eco nas viagens do navio Serpa Pinto. Ao longo da rota Rio de Janeiro – Lisboa, os passageiros eram na sua maioria alemães que tinham emigrado para o Brasil e que desejavam regressar à Alemanha para lutar por Hitler. Mas quando o navio atravessava o Oceano Atlântico na direção oposta, Serpa Pinto representava a última esperança para centenas de refugiados que temiam pelas vidas e abandonavam a Europa através de Lisboa. Se por um lado, o navio era testemunha do fanatismo do Nacional-socialismo que abalou o continente europeu e inspirou centenas de alemães a abandonarem a segurança das suas casas no Brasil para partirem para a guerra, por outro lado, tornou-se o refúgio de pessoas que tinham perdido irremediavelmente os seus lares, arrancadas de forma violenta das raízes, para se tornarem refugiados. Venha conhecer a história do navio que se tornou o microcosmos dos dramas da guerra e mudou os destinos dos seus passageiros para sempre.

Título: Deuses e Legiões
Autor: Michael Curtis Ford

ELE LUTOU PARA SER UM GUERREIRO. ELE ARRISCOU TUDO PARA SE TORNAR IMPERADOR. ELE VIVEU PARA SER O HOMEM MAIS PODEROSO DO MUNDO ANTIGO.

No ano de 354 d.C., Julião, um jovem estudante em Atenas, é o último sobrevivente de uma sangrenta purga política que mata toda a sua família. Convocado inesperadamente à corte do imperador Constantino, o jovem teme o pior... mas acaba por ser nomeado general e enviado para a Gália, num esforço para recuperar terras ocupadas por bárbaros germânicos.
Depois de vencer sangrentas batalhas e a desconfiança das legiões romanas, Julião demonstra ser um génio militar e esmaga as tribos que ameaçavam Roma há várias gerações. Confiante, vai mais longe e consegue o que ninguém julgava possível: desafiar o próprio imperador e apoderar-se do Império. Com apenas 30 anos, Julião torna-se no homem mais poderoso do mundo. Agora, o lado negro da sua ambição vem ao de cima. Renegando o Cristianismo da juventude, concentra a sua atenção na maior conquista de todas: a do império Persa. No entanto, quando os seus novos deuses e a sua sanidade o abandonam...o curso da História poderá ser alterado para sempre.

Livros Horizonte: Em contagem decrescente para o fim da Feira do Livro


MEC vai à Feira: Quase 30 anos depois, o escritor vai estar com os leitores na Feira do Livro de Lisboa

Depois do lançamento no Porto, que reuniu cerca 500 pessoas, e da sessão de apresentação em Lisboa, nos Pastéis de Belém, Miguel Esteves Cardoso volta, este fim de semana, ao contacto com os leitores. A última – e única – presença do escritor na Feira do Livro de Lisboa data de 1987, há quase trinta anos. MEC vai estar no espaço do Grupo Porto Editora, para sessões de autógrafos, este sábado e domingo, a partir das 15:00.
A Porto Editora publicou, no final de abril, um novo livro deste autor, intitulado Como é linda a puta da vida, e ainda quatro novas edições: A causa das coisas, O amor é fodido, Os meus problemas e Explicações de Português explicadas outra vez.

Miguel Esteves Cardoso
Em 1955 nasceu em Lisboa. Em janeiro de 1981 nascem em Manchester as duas filhas, Sara e Tristana. Em 2000 casou-se com a Maria João Lopes Pinheiro, amor da vida dele. A partir desse ano, dedica-se tanto ao casamento como ao trabalho. Desde 2009 escreve diariamente no Público e, em 2013, passa a ser autor da Porto Editora, a quem confia a obra inteira. É feliz da vida e vive com a Maria João em Colares.

Para a minha irmã - Jodi Picoult [Opinião]


Título: Para a minha Irmã
Autor: Jodi Picoult
Edição/reimpressão: 2006
N.º de Páginas: 408
Editor: Livraria Civilização Editora
PVP: 20,10€

Sinopse:
Os Fitzgerald são uma família como tantas outras e têm dois filhos, Jesse e Kate. Quando Kate chega aos dois anos de idade é-lhe diagnosticada uma forma grave de leucemia. Os pais resolvem então ter outro bebé, Anna, geneticamente seleccionada para ser uma dadora perfeitamente compatível para a irmã. Desde o nascimento até à adolescência, Anna tem de sofrer inúmeros tratamentos médicos, invasivos e perigosos, para fornecer sangue, medula óssea e outros tecidos para salvar a vida da irmã mais velha. Toda a família sofre com a doença de Kate. Agora, ela precisa de um rim e Anna resolve instaurar um processo legal para requerer a emancipação médica – ela quer ter direito a tomar decisões sobre o seu próprio corpo. Sara, a mãe, é advogada e resolve representar a filha mais velha neste julgamento.
Em "Para a Minha Irmã" muitas questões complexas são levantadas: Anna tem obrigação de arriscar a própria vida para salvar a irmã? Os pais têm o direito de tomar decisões quanto ao papel de dadora de Anna? Conseguimos distinguir a ténue fronteira entre o que é legal e o que é ético nesta situação?
A narrativa muda de personagem para personagem de modo que o leitor pode escutar as vozes dos diferentes membros da família, assim como do advogado e da tutora ad litem, destacada pelo tribunal para representar Anna. 

A minha opinião:

Anna tem treze anos quando decide tomar a decisão mais difícil da sua vida: requerer emancipação médica. Em treze anos de vida, a jovem sente que foi apenas concebida para ajudar a sua irmão mais velha, Kate na "cura" de leucemia promielocítica aguda, um cancro raro e a maior parte das vezes mortal. "Nasci porque um cientista conseguiu ligar os óvulos da minha mãe e os espermatozóides do meu pai para criar uma combinação específica de material genético precioso." Em todos os seus anos de vida Anna ajudou a irmã das mais diversas formas, começou com as células estaminais do cordão umbilical, passando com a doação de glóbulos brancos, da medula, até que Kate precisou de um rim...

Com a ajuda do irmão, Jesse, decide consultar um advogado no intuito de ser livre de escolher o que doar, ser livre no seu próprio corpo.

Ao longo do livro passaram-me uma série de sentimentos contraditórios. Não tenho irmãos, mas tenho uma filha e faria tudo o que fosse preciso para a salvar. Mas depois vem a parte moral: se tivesse uma outra filha será que a sacrificaria a toda essa dor para salvar uma outra? Sem perguntar se ela também queria o mesmo? Será que para cuidar da filha doente descuraria os dois outros filhos?

Apesar de compreender Sara, cheguei a detestá-la várias vezes ao longo da minha leitura. Achei-a uma mulher extremamente fria, focada apenas na filha doente, sem querer saber de mais nada, sem querer saber do restante agregado familiar que também precisava de ajuda... e de muita atenção. Jesse é disso exemplo, um filho completamente posto de parte que faz diversas "patifarias" unicamente como chamada de atenção.

No entanto, também tenho de elogiar o facto de Sara ser uma mãe incansável, que deixou uma carreira que poderia ter sido de sucesso como advogada para se dedicar inteiramente a Kate. Uma mulher forte e determinada.

Também me questionei sobre a atitude de Anna, que poderia levar a que a sua irmã morresse... mas fui simpatizando tanto com ela que não fui capaz de odiá-la. E ao longo da leitura a personagem só me deu provas para gostar ainda mais dela.

Gostei particularmente de Brian, um pai mais ponderado, que soube ver perfeitamente ambos os lados da questão e apoiou a filha no seu intento.

Mais uma vez fiquei rendida ao estilo de escrita de Jodi Picoult e, sobretudo, à abordagem, como já vem sendo habitual nos seus livros, de temas controversos e que nos deixam sempre com um nó no estômago.
Além disso, a história contada através de todos os elementos da família e até pelo próprio advogado, veio enriquecer ainda mais toda a narrativa.

No fim da leitura não resisti a ver o filme que apesar de não ter abordado temas bastante importantes do livro também foi muito bom. 

Excertos:
"Eles não me dão verdadeiramente atenção, excepto quando precisam o meu sangue ou algo do género. Se a Kate não estivesse doente, eu nem sequer estaria viva."

"Kate Fitzgerald é um fantasma que está apenas à espera de o ser."

"...Brian? Achas que fomos bons pais? - estou a pensar no Jesse, de quem desisti há tanto tempo. Na Kate, que eu não consegui curar. Na Anna."

"Não amamos uma pessoa por ela ser perfeita. Amamo-la apesar de ela não o ser."

"Apercebo-me de que nunca temos filhos só os recebemos. E que às vezes não é por tanto tempo quanto queríamos ou esperávamos. Mas é de longe melhor do que nunca chegar a ter esses filhos."
 


Depois de Quem Paga o Estado Social em Portugal? um novo livro coordenado por Raquel Varela para desfazer alguns dos mitos da crise

Título: A Segurança Social é Sustentável
Raquel Varela (Coordenadora)
Autores: Alain Stoleroff, Ana Elizabete Mota, Ana Rajado, Cleusa Santos, Eugénio Rosa, Manuel Carlos Silva, Maria João Berhan, Miguel Madeira, Raquel Varela, Renato Guedes, Ricardo Antunes, Rui Viana Pereira, Sara Granemann, Valério Arcary
Género: Ensaio
N.º de páginas: 440
Data de lançamento: 21 de junho
PVP: 16,60€

«Sob a coordenação de Raquel Varela, os autores deste volume conseguiram cumprir três tarefas principais. Em primeiro lugar, estudam aprofundadamente as variedades da precarização, do empobrecimento e da exclusão social que ameaçam devastar a sociedade portuguesa. Em segundo lugar, refutam completamente os muitos mitos propagados pelo establishment académico e político. E em terceiro lugar, discutem a necessidade e as dificuldades de uma resistência massiva.»

Marcel van der Linden, diretor de investigação do Instituto Internacional de História Social (Amesterdão)

Raquel Varela é historiadora, investigadora do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa, onde coordena o Grupo de Estudos do Trabalho e dos Conflitos Sociais, e do Instituto Internacional de História Social, onde coordena o projeto internacional In the Same Boat? Shipbuilding and ship repair workers around the World (1950-2010).
É coordenadora do projeto História das Relações Laborais no Mundo Lusófono. É doutora em História Política e Institucional (ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa). É, neste momento, presidente da International Association Strikes and Social Conflicts. É vice-coordenadora da Rede de Estudos do Trabalho, do Movimento Operário e dos Movimentos Sociais em Portugal.

Miguel Almeida na Feira do Livro de Lisboa

No dia 8 de Junho, a partir das 17 horas, Miguel Almeida vai estar na Feira do Livro de Lisboa, para autografar os seus livros.

Podem consultar o essencial acerca de todos os livros do autor assim como fichas editoriais, resumos, críticas, entrevistas, etc., no Facebook, aqui:

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.175549152497928.49676.100001285343098&type=3

Nesse mesmo dia, vai estar também na Livraria Bulhosa de Entre Campos/Lisboa, para mais uma Sessão de Apresentação e Autógrafos de SobreViver, o seu último livro de poesia. A sessão tem início marcado para as 14 horas e nele vai também apresentar O Beijo das Palavras, o último livro de poemas da poetisa Paula Lourenço.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

A Criada Malcriada, Fenómeno do ano no Facebook, já é livro

Título: A Criada Malcriada
Autor:
Anónimo
Selo: Objectiva
Páginas: 256
PVP: 9,90€

A Criada Malcriada, o fenómeno do ano no Facebook, está finalmente em livro. As aventuras cheias de humor da senhora e da sua criada da casa mais louca de sempre. Salte o muro, tenha cuidado com o cão, esconda-se atrás do arbusto e, sem fazer barulho, espreite discretamente pela janela da casa mais louca de sempre. Entre o fumo dos cigarros e do pó do espanador, assista em directo ao dia-a-dia, às idas e vindas desta senhora e da sua criada.

A responsabilidade é toda sua. O que lá se passa é obra de alucinada ficção e qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. Ou não.

Tudo começou aqui em www.facebook.com/acriadamalcriada O autor é anónimo porque acredita que esta dupla deve ter todo o protagonismo nestas aventuras e desventuras.

Sobre o Autor (anónimo):
O autor nasceu não se sabe onde e em data desconhecida. Passou a infância numa cidade qualquer, supostamente com os pais e talvez com irmãos.

Estudou uma coisa qualquer e deve, pelo menos, ter aprendido a ler. Percebe-se que não terá sido nada sequer vagamente parecido com Belas Artes, Pintura, Arquitectura e essas coisas onde se aprende a fazer, ao menos, uma linha direita. E, das duas uma, ou tem um emprego muito bom, para poder passar o dia todo no Facebook, ou está desempregado e vive do rendimento social de reinserção.

Viveu em várias cidades europeias, como por exemplo. Não tem muito mau ar, mas como só o vimos uma vez, quando veio entregar os desenhos, pode ser que o tenhamos apanhado num dia bom. Também é possível que seja uma mulher. Nesse caso, não é verdade o que vai escrito na frase acima e tem muito, muito mau ar.

Esta é a sua primeira obra editada, apesar de ter escrito vários livros, todos sob pseudónimos diferentes – sempre nomes de princesas russas – que também nos mostrou mas não conseguimos passar da terceira página do primeiro manuscrito. Os seus interesses são variados e reveladores e incluem, mas não se limitam, a biografias de serial killers na Wikipedia, banda desenhada japonesa, trivia de cinema mudo, fotos de estofos de carros com buracos feitos por cigarros, música barroca, relógios Swatch e é sempre a descer a partir daí. As suas conquistas mais notáveis são as variadíssimas vitórias nos muitos desportos que pratica, daqueles aquáticos, com bolas e com cavalos, e tudo isto já depois do acidente. Vive actualmente num país com cinco línguas oficiais, nenhuma das quais domina, sequer ao de leve. Habituou-se assim a comunicar por desenhos, de onde lhe nasceu esta paixão que, espera, lhe trará imensa fama mundial, rios de dinheiro e «um telefone daqueles que dá para abrir as fotografias com os dedos».

quarta-feira, 5 de junho de 2013

A 15 de junho, dois anos depois da publicação do premiado Corações sem dono, chega às livrarias o novo romance de Lucy Dillon: Segredos para um final feliz

Título: Segredos para um final feliz
Autor:
Lucy Dillon
Tradução: Cláudia Ramos
Págs: 464
Capa: mole com badanas
PVP: 16,60 €

A 15 de junho – dois anos depois da publicação, também pela Porto Editora, do premiado Corações sem dono – chega às livrarias portuguesas um novo romance de Lucy Dillon, intitulado Segredos para um final feliz.
Corações sem dono foi distinguido com o Romantic Novel of the Year 2010, atribuído pela americana Romantic Novelists’ Association, instituição que já premiou, entre outros autores, Jojo Moyes (também editada pela Porto Editora). Esta nova obra de Lucy Dillon volta a abordar, de forma descomprometida e verdadeira, as relações familiares, o amor e a amizade, os sonhos e os recomeços.

Sinopse:
Quando Michelle convida Anna para gerir e fazer renascer a moribunda livraria de Longhampton, é como se um sonho se tornasse realidade: para além de conquistar, finalmente, alguns momentos de paz longe das enteadas problemáticas e do dálmata hiperativo, Anna é uma sonhadora completamente apaixonada por livros.
Serão as histórias de amor, aventuras, jardins secretos, cães perdidos, bruxas malvadas e pêssegos gigantes a trazer nova vida à negligenciada loja. Anna e os seus clientes/leitores vão deixar-se levar pela magia. E nem a melhor amiga de Anna – a organizada e empreendedora Michelle, que diz categoricamente não acreditar no amor verdadeiro nem em príncipes encantados – ficará imune ao espirito love is in the air.
Mas quando alguns segredos da infância de Michelle voltam para a atormentar e o fracasso familiar paira sobre Anna, poderá a sabedoria das histórias de encantar ajudar as duas amigas – e aqueles que elas amam – a encontrar os seus próprios finais felizes?

Sobre a autora:
Lucy Dillon (1974) é uma escritora de origem escocesa que atualmente reside em Londres.
O seu sonho de criança era ser bailarina, facto ao qual não será alheio o tema do seu primeiro romance: The Ballroom Class (2008). Sempre na onda do romance sentimental, em 2009 publicou Corações Sem Dono (Porto Editora) com o qual confirma o próprio publico, predominantemente feminino, e conquista o reconhecimento de Romantic Novel of The Year.

Matéria-Prima: Feira do Livro de Lisboa (Sugestões para o fim de semana e o feriado)

Sábado, 8 Junho
Proposta para os mais pequenos:

Sábado, 8 Junho


Domingo, 9 Junho  2ª feira, 10 Junho

A Vida no Céu, o novo romance de José Eduardo Agualusa, a 7 de junho nas livrarias

Título: A Vida no Céu
Autor:
José Eduardo Agualusa
Género: Romance
N.º de páginas: 192
Data de lançamento: 7 de junho
PVP: 16,60 €

Misto de história de aventuras e de alegoria ecológica, o novo romance de José Eduardo Agualusa é uma visitação à humanidade entre as nuvens – em pleno céu, onde uma nova vida pode ser possível.
«Depois que o mundo acabou fomos para o céu.» Assim começa este romance. Na sequência de um desastre de proporções bíblicas – o Dilúvio –, os ricos das grandes cidades constroem enormes dirigíveis e vão viver para o céu. Os pobres improvisam balões, que prendem uns aos outros, ligados a redes, formando imensas aldeias flutuantes. Carlos Tucano nasce numa destas aldeias. Carlos deixa a aldeia onde nasceu e parte à procura do pai, desaparecido numa tempestade. Ao longo desta peregrinação, vai-nos dando a ver a vida no céu, com os seus prodígios, os seus mistérios, e também os seus desacertos, ao mesmo tempo que estabelece ligações com toda uma galeria de personagens extraordinários – uma curandeira e sonhadora profissional sul-africana, um pirata indonésio arrependido, um navegador solitário cego, além de uma adolescente rebelde, Aimée, que conhece no mais belo dirigível do mundo – o Paris. Segundo o Dicionário dos Nefelibatas, incluído no livro, as nuvens (água em estado onírico) são o alfabeto do céu. Este romance ajuda-nos a decifrá-las.

Sobre o autor:
José Eduardo Agualusa nasceu na cidade do Huambo, em Angola, a 13 de dezembro de 1960. Estudou Agronomia e Silvicultura em Lisboa. É jornalista. Viveu em Lisboa, Luanda, Rio de Janeiro e Berlim. É autor dos livros A Conjura (romance, 1988), Prémio Revelação Sonangol; A Feira dos Assombrados (contos, 1992); Estação das Chuvas (romance, 1996); Nação Crioula (romance, 1998), Grande Prémio de Literatura RTP; Fronteiras Perdidas (contos, 1999), Grande Prémio de Conto da APE; A Substância do Amor e Outras Crónicas (crónica, 2000); Estranhões e Bizarrocos, com Henrique Cayatte, (infantil, 2000), Prémio Nacional de Ilustração e Grande Prémio de Literatura para Crianças da Fundação Calouste Gulbenkian; Um Estranho em Goa (romance, 2000); O Ano Que Zumbi Tomou o Rio (romance, 2002); O Homem Que Parecia Um Domingo (contos, 2002); Catálogo de Sombras (contos, 2003; O Vendedor de Passados (romance, 2004),The Independent Foreign Fiction Prize; Manual Prático de Levitação (contos, 2005); A Girafa que Comia Estrelas (novela, 2005); Passageiros em Trânsito (contos, 2006); O Filho do Vento (novela, 2006); As Mulheres do Meu Pai (romance, 2007); Na Rota das Especiarias (guia, 2008); Barroco Tropical (romance, 2009); Teoria Geral do Esquecimento (romance, 2012).

terça-feira, 4 de junho de 2013

Feira do livro de Lisboa 2013 - Leitura do livro «As Aventuras do Dragãozinho Azul : A Belinha de Berlim» de Paulo Sousa Costa por Inês Castel-Branco


Europa-América publica novo livro de Robin Cook: Transplante

Título: Transplante
Autor:
Robin Cook
Colecção: Obras de Robin Cook
Preço: 22.50 €
Pp: 384

Novo livro do criador do thriller médico

Pia Grazdani é uma excepcional estudante de Medicina, embora um pouco altiva. Ela tem a honra de trabalhar em estreita colaboração com um cientista do Centro Médico da Universidade de Columbia, cuja pesquisa inovadora poderá revolucionar a prestação de cuidados de saúde, ao conseguir criar órgãos de substituição para os pacientes em estado crítico.
Ao colaborar com um brilhante geneticista molecular, o Dr. Tobias Rothman, Pia sabe que terá a oportunidade de realizar a sua maior ambição, a de poder participar em descobertas médicas que poderão ajudar milhões de pessoas. Ao mesmo tempo, espera conseguir encontrar alguma paz de espírito e, de uma vez por todas, afastar as memórias da sua infância difícil e dos abusos que sofreu.
Mas quando a tragédia se abate sobre o laboratório, Pia, com a ajuda do seu enamorado colega George Wilson, terá de investigar uma calamidade nunca antes vista no laboratório de biossegurança do hospital… supostamente seguro.
Entretanto, dois jovens génios com experiência em Wall Street acreditam ter descoberto mais um foco de atracção na indústria multimilionária dos seguros de saúde da nação. Eles tentam, a todo o custo, encontrar formas de controlar os dados actuariais e creditar as apólices dos idosos e dos doentes, preparando-se assim para matar…
À medida que George e Pia investigam os acontecimentos no laboratório, uma questão permanece sem resposta: estará alguém a tentar manipular informação privada dos seguros para que os investidores beneficiem com a morte de inocentes?

Sobre o autor:
O Dr. Robin Cook é um prestigiado médico norte-americano, especializado em Oftalmologia, doutorado em Harvard. É reconhecido como o fundador do género literário «thriller médico» e há trinta anos que se mantém como o autor de maior sucesso deste género a nível mundial.

Transplante, será livro do dia na Feira do Livro de Lisboa no próximo sábado, dia 8 de Junho, e terá 20% de desconto.

Porto Editora: Um Abraço especial com "21 Cartas de Amor"



Amanhã, às 17:30, na FNAC Chiado, realiza-se a apresentação do livro 21 Cartas de Amor, com que a Abraço – Associação de Apoio a Pessoas Infetadas e Afetadas pelo VIH/SIDA assinala o 21.º Aniversário.

Um livro especial, da responsabilidade da Abraço, que a Porto Editora se orgulha de apoiar. Um livro que conta com a participação de (textos) Afonso Cruz, Ana Bacalhau, Ana Zanatti, António Mega Ferreira, Ethel Feldman, Fernando Leal da Costa, Filipa Leal, Isabel Zambujal, Lídia Jorge, Maria da Conceição Caleiro, Maria Manuel Viana, Miguel Vale de Almeida, Patrícia Portela, Patrícia Reis, Pedro Abrunhosa, Pilar del Rio, Ricardo Adolfo, Ricardo Baptista Leite, Richard Zimler, Rui Zink, São José Almeida; e (ilustrações) Agostinho Santos, Ana Vidigal, António Jorge Gonçalves, Ceci e Flávia Lombardi, Danuta Wojciechowska, Fernanda Fragateiro, Isa Duarte Ribeiro, Julio Dolbeth, Luzia Lage, Manuela Bacelar, Mário Vitória, Mariana a Miserável, Marlene Dias e Joana Rosa, Pascal Ferreira, Patrícia Portela, Pedro Vieira, Rita Roquette de Vasconcellos, Rita Sá, Ricardo Campos, Rodrigo Prazeres Saias, Tiago Albuquerque.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Prémio literário da Blogosfera: os vencedores

Os vencedores do Prémio literário da Blogosfera já foram apurados. 


«Como júris da categoria Romance Histórico/Época, decidimos que o livro vencedor de 2012 é: As Horas Distantes de Kate Morton. 
 
Kate Morton é uma autora que não desilude os leitores, mantendo a sua estrutura base em todas as suas obras. N' As Horas Distantes encontramos épocas alternadas contadas, relembradas e vividas por personagens cujos laços fortes são praticamente palpáveis pelo leitor.

 
Com uma escrita fluída e convidativa, Kate Morton, ao contrario de alguns escritores que escolhem esta estrutura, consegue reunir passado e presente no mesmo parágrafo sem qualquer confusão para quem lê. 

O leitor, através das suas descrições, consegue perfeitamente "viajar no tempo", visualizar e até viver cada época, cada século.»
 
Os restantes vencedores podem ser encontrados aqui: http://premioliterarioblogosfera.blogspot.pt/

Peripécias do Coração - Julia Quinn [Opinião]

Título: Peripécias do Coração Série Bridgerton - Volume II
Autor: Julia Quinn
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 384
Editor: Edições Asa

Sinopse:
A sensata Kate Sheffield está decidida a encontrar para a sua meia-irmã Edwina um marido de reputação impecável. Mal ela sabe que o visconde Anthony Bridgerton já traçou um plano... que inclui a belíssima jovem! E ele não está habituado a ser contrariado...

Embora Anthony seja o solteirão mais cobiçado da temporada, a sua reputação de mulherengo perturba Kate. Ela terá de agir rapidamente, pois Edwina vê com muito bons olhos os avanços do visconde. Mas Edwina fez uma promessa que não está disposta a quebrar: nunca casará sem a bênção de Kate. Cabe, pois, a Anthony convencer aquela que (espera) será a sua futura cunhada. Ele é um homem determinado e seguro de si... e não contava encontrar uma adversária à sua altura. Frente a frente, Kate e Anthony apercebem-se de que têm mais em comum do que imaginaram. Mas o que os une ameaça separá-los para sempre.

A minha opinião:


Para quem não leu, como eu, o primeiro volume da Série Bridgerton,Crónicas de Paixões e Caprichos, facilmente consegue entrar na história das famílias Sheffield e Bridgerton.

Confesso que, depois de ter lido diversas opiniões favoráveis acerca deste livro, as expectativas na sua leitura eram demasiado elevadas. Ainda para mais estando ele nomeado para vencedor na categoria de Romance Histórico/Época no 1.º Prémio literário da blogosfera (Plb).

Peripécias do Coração, apesar de ser um agradável romance de época, não me prendeu por aí além. Não achei muito diferente daqueles romances de época que tenho lido ultimamente. Confesso que gosto bem mais de um romance histórico, com referência a épocas que existiram verdadeiramente, do que apenas a referência a uma época apenas, utilizando os usos e costumes de então.

Julia Quinn começa por nos contar a infância e juventude de Anthony Bridgerton um rapaz com boa indole e que vê no pai um exemplo a seguir. Oriundo de uma família aristocrata, Anthony vive no seio de uma família inteiramente feliz, rodeado de amor, e com uns pais que se amam verdadeiramente. Mas nem tudo é felicidade e, aos 38 anos o pai de Anthony morre, picado por uma abelha. Esse episódio vai afectar-lhe as relações amorosas e o jovem Anthony promete a si mesmo que a mulher com quem se casar terá de ser apenas por conveniência e não por amor, até porque acha que vai morrer jovem como o pai.

Só que o destino prega-lhe uma partida... e apaixona-se por quem nunca calcularia apaixonar-se.

A narrativa ronda à volta das relações de Anthony e das irmãs Sheffield, mas acho que lhe faltou conteúdo. Achei que o livro não passou disso. Da corte que fez a uma das irmãs, de algumas, pequenas, intrigas normais na época, e pouco mais.

Ficou um pouco aquém das expectativas.

Publicação do Segredo dos Imortais Passado

Passado, é o primeiro livro da saga O Segredo dos Imortais de Alexandra Torres.

Trata-se de uma edição de autor publicada através da plataforma de autopublicação da Escrytos – LeYa, que está a ser comercializada nas livrarias: LeYaOnline, Fnac, Bertrand, Wook, Livraria Cultura, Amazon, Submarino Digital Club, Iba, iBooks, Kobo, Gato Sabido, Saraiva e Barnes & Noble.

A história enquadra-se dentro do género do romance paranormal e/ ou fantástico e está em formato ebook.


Podem conhecer mais a obra através dos seguintes endereços:

Booksmile: 500 deliciosas receitas que vão apaixonar miúdos e graúdos



Recheados de belíssimas fotografias a cores, 500 Receitas: Marmitas e Refeições Prontas, 500 Receitas: Pratos de Peixe e Marisco e 500 Receitas para Bebés e Crianças sugerem receitas de fazer crescer água na boca a miúdos e graúdos. Pratos saborosos, fáceis de preparar e perfeitos para todas as ocasiões.

Estas três novidades (12,99€) são o 10.º, 11.º e 12.º livros, respetivamente, da coleção 500 Receitas, composta por livros práticos de usar e fáceis de arrumar (157 x 156 x 24 mm), que vêm dar uma ajuda preciosa a quem precisa de elaborar de forma rápida e com qualidade refeições simples e saborosas. Livros aconselhados pelo Chefe silva, um dos mais respeitados cozinheiros portugueses, e que vão fazer brilhar qualquer anfitrião ou mesa.

Os livros 500 Receitas foram também imaginados para aqueles que têm menos prática na cozinha, pois nestes livros encontram-se as técnicas essenciais, os melhores ingredientes e os utensílios indispensáveis. Com estes pratos vai deixar os seus amigos roídos de inveja. A partir de agora, cozinhar vai passar a ser bem mais divertido!

500 Receitas é uma coleção atualmente composta por 26 títulos, que já venderam mais de 7 milhões de exemplares em todo o mundo.


José Luís Peixoto | Encontro com os leitores do Porto, dia 5 de junho, 18h30


O escritor José Luís Peixoto manifestou, recentemente, o seu desagrado face à não realização da Feira do Livro do Porto, na sua página de facebook. Para não privar os leitores daquela cidade da habitual sessão de autógrafos nesta altura do ano, José Luís Peixoto agendou um encontro no espaço Maus Hábitos, no próximo dia 5, pelas 18h30. Haverá uma conversa sobre os livros do autor, seguida de uma sessão de autógrafos.

Divina Comédia: Apresentação de Espelho Fraterno de Isabel Corrêa da Silva

Amanhã, terça-feira, 4 de Junho, às 18h30, nas instalações da Divina Comédia Editores (Rua da Conceição da Glória, 75, Lisboa), será apresentado o livro Espelho Fraterno de Isabel Corrêa da Silva.

A apresentação da obra estará a cargo de Rui Ramos, que, também, prefaciou a obra.

O livro aborda o republicanismo português e as ligações ao Brasil na transição para o século XX. Este lançamento insere-se nas comemorações do Ano de Portugal no Brasil.