sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Apresentação de "Mafalda de Saboia" de Diana de Cadaval. Dia 16 de Fevereiro, às 18h, no Palácio da Cidadela de Cascais


BOOKSMILE: O miúdo que faz stand up comedy ... sentado!

Foi com a coleção Escola: Os Piores Anos da Minha Vida, publicada em Portugal também pela Booksmile, que James Patterson se iniciou no fantástico mundo da escrita para o público infantojuvenil. O sucesso foi tal, com os dois títulos a escalarem até ao topo de vendas do New York Times, que o autor mais bem sucedido em todo o mundo adotou as crianças como o seu público preferido.

Eu Cómico (I Funny), lançado em dezembro de 2012 nos EUA, chega agora às livrarias portuguesas (14,39€) com o carimbo, claro, de bestseller, ou não fosse o seu autor o recordista de bestsellers do New York Times, com 64 títulos (19 dos quais consecutivos), tendo vendido mais de 250 milhões de livros em todo o mundo. Feitas as contas, os livros de James Patterson já renderam mais de 4 mil milhões de dólares. Um valor superior aos lucros de Avatar, um dos filmes mais lucrativos na história do cinema. Os impressionantes números de James Patterson não páram por aqui, mas já lá voltamos.

Isto porque a estrela desta vez é Jamie Grimm, protagonista de Eu Cómico. E é uma estrela o que Jamie quer ser, em cima de um palco, a fazer stand up comedy. Preso a uma cadeira de rodas, a viver com os tios e um primo armado em bully, a atual vida de Jamie não é feita de grandes gargalhadas. Mas ele consegue dar a volta por cima, agarrando-se ao sonho de ser um grande comediante. Jamie decidiu meter-se numa missão louca e quase impensável: vencer o concurso de «O Miúdo Mais Cómico do Mundo».

«E haverá melhor forma de ir treinando do que provocar gargalhadas nos outros? As cobaias são a minha família de totós (que não sabem o que é rir), o meu tio e os clientes do seu restaurante (eles são bué cómicos!), o bully da escola (que por acaso vive em minha casa…) e uma pessoa maravilhosa, a quem chamo «a Miúda Fixe».

Mas irão os juízes premiá-lo simplesmente por estar numa cadeira de rodas? E irá Jamie algum dia revelar o seu passado conturbado, ou irá continuar a esconder-se por detrás das suas piadas có-có-micas? Um livro imperdível!


Voltando a James Patterson...
James Patterson foi o autor mais bem sucedido em 2011/12, tendo amealhado 94 milhões de dólares, mais do dobro de Stephen King (Forbes). Os direitos dos seus livros já foram vendidos para 43 países, estão editados e a ser vendidos em mais de 100. Mais de 3,6 milhões de fãs seguem o autor no Facebook.

Para além das série infantojuvenis, James patterson é o autor da coleção juvenil Maximum Ride e dos policiais Alex Cross, os mais populares dos últimos 25 anos dentro do género, ambos publicados pela Topseller, uma chancela da 20I20 Editora que vai manter uma forte aposta em James Patterson, em 2013.

Críticas a Eu Cómico
«Referring to the fact that he requires a wheelchair, Jamie challenges readers: “So, can you deal with this? Some people can. Some can’t.” Frequently quoting his favorite comedians, Jamie reflects on life, using his forthright observations to hone his own comedic skills. Jamie relies on his quick wit and sometimes-audacious jokes to deflect inquiries about his circumstances. Recently adopted by his aunt, Jamie’s new family includes Stevie, a bully whose callous cruelties often take advantage of Jamie’s physical condition. Seeking refuge at his Uncle Frankie’s diner, Jamie regales the customers with his humor. Uncle Frankie’s suggestion that Jamie enter a local comedy competition tests Jamie’s determination to become a comedian. Patterson and Grabenstein balance Jamie’s humor with a poignant storyline. Through Jamie’s evolving relationship with the intriguing Suzie, aka Cool Girl, readers learn about his devastating loss and recovery from a tragic event. Park’s humorous spot illustrations complement the text.The affecting ending, which reveals a more vulnerable Jamie behind the guise of his humor, celebrates Jamie's resilient spirit.» Kirkus Review

«A brimming bucket of bada-bing!"
Booklist


quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Quetzal ligada às Correntes


TOPSELLER: Porque o amor merece um final feliz...

A história...
Molly Allen vive sozinha em Portland. Na memória guarda os momentos felizes que viveu na livraria A Ponte — a mais antiga livraria no centro histórico de Franklin, com um homem que deixou para trás cinco anos antes. O amor que os uniu era de uma espécie rara, arrebatadora, que ela não voltou a encontrar desde então.

Ryan Kelly é músico e vive em Nashville. Depois de um noivado falhado e de vários anos em digressão, também ele tem dificuldade em reencontrar a felicidade. Por vezes, quando se sente mais solitário, regressa à livraria e recorda as horas que partilhou secretamente com Molly.

Charlie e Donna Barton são os donos da livraria A ponte, e durante quatro décadas partilharam com os clientes o amor pela leitura. Mas quando a cidade é atingida pelas cheias, Charlie entra em desespero. Sente-se prestes a perder as duas paixões da sua vida: a livraria, que construiu e acarinhou ao longo dos anos, e a mulher, Donna, que não mais conseguirá sustentar. Quando a tragédia acontece, leva a um reencontro inesperado entre Molly e Ryan.

Dois Anos e Uma Eternidade é a primeira aposta na ficção romântica da Topseller, a chancela da 20I20 Editora que nasceu em novembro de 2012 e que se lançou com os policiais bestseller mundiais dos autores James Patterson (Alex Cross) e Janet Evanovich (Perseguição Escaldante).

A minha opinião:

Karen Kingsbury é igualmente uma das autoras mais queridas nos EUA e, acreditamos, irá conquistar igualmente as leitoras em Portugal. Bestseller do New York Times e do USA Today, Karen Kingsbury escreveu mais de 50 romances e já atingiu a marca de 20 milhões de exemplares vendidos em todo mundo. A sua escrita, caracterizada como comovente e inspiradora, vale-lhe regularmente convites das grandes estações de televisão americanas, aparecendo em programas como o Today Show, Fox News, USA Today, entre tantos outros. Enquanto oradora, Karen participa regularmente em eventos, falando com mais de 100 000 mulheres todos os anos.

Dois Anos e Uma Eternidade (15,49€) vai criar, sem dúvida, empatia com as leitoras. Trata-se de um romance reconfortante, recheado de histórias de amor, que nos faz acreditar em segundas oportunidades. Um romance que tem como pano de fundo uma livraria, onde todos os seus clientes partilham o amor pela leitura.

«Vários anos depois, aquele único beijo, aqueles momentos roubados no jardim da casa de Brentwood tinham sido os mais românticos da sua vida. De toda a sua vida. No abraço dele, ela sentiu-se a cair, a mudar, a encontrar as forças para enfrentar o pai. As suas palavras a Ryan Kelly naquela noite tinham sido verdadeiras. Ela precisava apenas de um motivo — e ele era o motivo dela. (...)»

 

No dia 11 de fevereiro, chega às livrarias A Lenda de Sapphique, de Catherine Fisher

Título: A Lenda de Sapphique
Autor:
Catherine Fisher
Tradutor: Mário Dias Correia
Págs: 360
PVP: 16,60 €

No dia 11 de fevereiro, chega às livrarias A Lenda de Sapphique, de
Catherine Fisher. Este é o segundo e último volume da saga iniciada
com Incarceron, publicado em 2012 pela Porto Editora e já traduzido
para 25 línguas.
Em A Lenda de Sapphique, Catherine Fisher apresenta-nos uma
aventura do género fantástico, repleta de ação e originalidade, que
tem surpreendido os admiradores de livros como O Braço Esquerdo
de Deus, de Paul Hoffman, ou Os Jogos da Fome, de Suzanne
Collins.
Catherine Fisher esteve na Feira do Livro de Lisboa de 2012, onde
apresentou pessoalmente esta saga aos leitores portugueses e à
Comunicação Social.


Sobre o livro:
Ele foi o único que escapou.
Agora tem o poder de os salvar… ou destruir.
Finn conseguiu fugir de Incarceron, a terrível prisão viva e o único lar de que tem memória, mas a liberdade está longe de ser o que imaginava…
Cláudia acredita que, se Finn reclamar o direito ao trono do Reino, será capaz de libertar Keiro da temível prisão; mas o Exterior não é o paraíso idílico com que Finn sonhava e o jovem vê-se subitamente prisioneiro de um obscuro jogo de intrigas e mentiras, que adia os seus planos.
Entretanto, na obscuridade de Incarceron, os prisioneiros falam de um homem lendário – Sapphique, o único que conhece os segredos e o único capaz de destruir a prisão. São inúmeras as histórias sobre as suas façanhas, mas haverá alguma verdade nelas? Será que ele existe mesmo?
Dentro e fora, todos aspiram à liberdade… como Sapphique.

Sobre a autora:
Catherine Fisher nasceu em Newport, no País de Gales. Licenciada em Literatura Inglesa pela Universidade de Gales foi professora e arqueóloga antes de se dedicar exclusivamente à escrita. Inúmeras vezes nomeada para prémios recebeu alguns dos mais importantes galardões, como, por exemplo, o The Times Children’s Book of the Year. A Porto editora publicou já Incarceron, o primeiro volume desta saga, traduzido para 25 países.
Página da autora em www.catherine-fisher.com
 

Imprensa:
Nesta brilhante e obscura sequela de Incarceron, mundos dentro de mundos colidem rumo à destruição – ou, talvez, à ressurreição… Uma obra-prima moderna. Kirkus Reviews
[Fisher] concilia realidade, ilusão e a busca pela liberdade sem nunca se afastar do extraordinário mundo que criou, mantendo sempre a autenticidade dos personagens. O desfecho agridoce é um toque de mestre… Booklist
Como um arquiteto que desenha com perícia um edifício monumental, Fisher edifica estratos e níveis de narrativa com exatidão cirúrgica […] o enredo vai em crescendo até terminar num clímax inevitável. The Horn Book Review

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Se os mortos não ressuscitam - Philip Kerr [Opinião]

Título: Se os mortos não ressuscitam
Autor:
Philip Kerr 
Tradutor: José Vieira de Lima
 Págs: 480 
PVP: 18,80 €

Sobre o livro:
Berlim, 1934. Os nazis garantiram a realização dos Jogos Olímpicos de 1936, mas enfrentam grande resistência estrangeira. Hitler e Avery Brundage, o presidente do Comité Olímpico dos Estados Unidos, tudo fazem para tentar encobrir o antissemitismo nazi e assim convencer a América a participar nos Jogos. Bernie Gunther, agora detetive num dos hotéis mais conceituados de Berlim, vê-se arrastado para este mundo de corrupção internacional, enredado entre as várias fações do aparelho nazi.
Havana, 1954. Fulgencio Batista, apoiado pela CIA, acabou de subir ao poder. Fidel Castro foi preso e a Máfia americana ganha poder sobre a indústria do jogo e da prostituição. Bernie, recentemente expulso de Buenos Aires, reemerge em Cuba com uma nova identidade, decidido a levar uma vida de relativa paz. No entanto, quando se depara com duas figuras do passado – um pérfido assassino dos tempos de Berlim, que pouco depois é misteriosamente assassinado, e uma antiga amante que, ao que tudo indica, poderá ser a responsável pelo crime –, percebe que não tem como lhe fugir.

A minha opinião:
Philip Kerr alia o policial à história e transporta-nos para a Alemanha de Hitler, em plena azáfama pela realização dos Jogos Olímpicos que serão realizados em 1936.

Na pele do protagonista, Bernie Gunther, vivenciamos o clima que antecede a Segunda Guerra Mundial, espelhando já nessa altura o ódio pelos judeus e por pessoas de “raça inferior”, ou seja, todas as raças que não sejam a ariana.

Gunther, também ele judeu em 4º ou 5º, despede-se como policia, por não se rever nas regras da polícia daquele tempo, e ocupa o seu tempo como detective de hotel, local onde conhece pessoas influentes e personagens principais em toda a trama.

Mantendo o seu gosto pela investigação, e sendo muito bom nisso, o detective cai de paraquedas na investigação dos interesses que estão por detrás da construção do estádio olímpico ao mesmo tempo que se relaciona amorosamente com uma misteriosa jornalista americana que se encontra em Berlim para fazer uma reportagem que despolete o boicote à Olimpíadas por parte dos americanos.

Na segunda parte do livro encontramos o protagonista em Cuba, numa altura em que a ditadura era chefiada por Fulgencio Batista, o opositor de Castro, que se encontra preso. Neste país, e sob uma identidade falsa, Gunther deseja viver quase como uma vida pacata, sem causar grandes atritos, até que encontra duas pessoas da sua vida passada que vão revolucionar toda a sua vida.

Não conhecia os livros de Philip Kerr, mas fiquei rendida. Apesar de até meio do livro não estar entusiasmada por aí além na história, com o evoluir da narrativa não consegui parar de ler até chegar ao seu final.

As duas épocas retratadas no livro, apesar de distintas, são bastante importantes para fazer deste livro brilhante. Por um lado o nazismo de Adolf Hitler e das atrocidades infligidas aos judeus antes mesmo de ter início a Segunda Guerra Mundial, e a Cuba de 1954, com polícias corruptos e onde os interesses dos hotéis e casinos eram em demasiado, com o presidente a ganhar 30% sob o valor do negócio.

Uma história excelente com um final de nos deixar de boca aberta.

O projecto Janus, que conta com o mesmo protagonista, já está na minha lista de próximas aquisições. 


Excertos:
"... antes dos nazis, falávamos livremente, mas não merecia a pena escutar aquilo que, livremente, toda a gente dizia."

"Um nazi é alguém que segue Hitler. Ser antinazi é escutar aquilo que ele diz."

"Está no destino de todas as raças. Todas se julgam as eleitas de Deus. Contudo, a estupidez de querer impor esse ponto de vista só acontece com algumas."

Bertrand: Novidades Editoriais - Dois thrillers e um romance histórico disponíveis a 8 de fevereiro

Título: Influência Externa
Autor:
Brad Thor

Género: Thriller
Tradutor: Ester Cortegano
Formato: 15x23,5cm
N.º de páginas: 400
Data de lançamento: 8 de fevereiro
PVP: 17,70€


«Brad Thor é tão atual como os cabeçalhos dos jornais de amanhã.» Dan Brown


Scot Harvath, antigo membro dos SEAL da Marinha dos Estados Unidos e agora agente secreto, é novamente chamado a uma missão num escaldante thriller político.
Dissimulada no orçamento das operações negras do Departamento da Defesa, foi criada uma nova agência de espionagem. A salvo da fiscalização de políticos e das suas próprias agendas, responde apenas a um painel secreto de membros internos. O seu trabalho consiste em identificar inimigos da América, tanto estrangeiros como domésticos, sob uma cartilha de três palavras: Descobrir, Dominar e Destruir.
Scot foi recrutado como agente de campo e acabou de regressar da sua primeira missão no estrangeiro quando um atentado em Roma mata um grupo de estudantes universitários americanos. Os indícios apontam para um perigoso colega do passado de Harvath e para a existência de um plano de mais ataques a uma escala inimaginável.
Harvath é encarregado de fazer sair esse conhecido do seu esconderijo e matá-lo de imediato. Mas uma dúvida persiste: e se ele tem o homem errado?
Simultaneamente, uma jovem mulher é vítima de um atropelamento e fuga por um táxi em Chicago. Com apenas duas testemunhas embriagadas e mais de cinco mil táxis na cidade, a polícia de Chicago desistiu da investigação. Mas, quando o advogado da família começa a investigar mais a fundo, descobre uma chocante ligação com o atentado em Roma e os planos dos perpetradores para a América.
À medida que a história avança para a sua conclusão, as tramas vão-se intersetando numa corrida para prevenir um dos mais audaciosos e impensáveis atos de terror na história da humanidade.


Sobre o autor:
Estudou Escrita Criativa na universidade da Califórnia do Sul e trabalhou no Programa Analítico Célula Vermelha, do Gabinete da Defesa Nacional. É o fundador da Thor Entertainment, uma empresa premiada e que exporta conteúdos para todo o mundo. Todos os seus livros são best-sellers do New York Times.
www.BradThor.com
«Um brutal mestre do suspense.» James Rollins
«O Brad Thor é sempre a abrir!» Tess Gerritsen
«O mestre dos thrillers» Bookreporter.com 


Título: O Elefante de Marfim
Autor:
Nerea Riesco

Género: Romance Histórico
Tradutor: F. J. Carvalho
Formato: 15x23,5cm
N.º de páginas: 488
Data de lançamento: 22 de fevereiro
PVP: 19.90€


Uma história de amor, aventura e intriga na Sevilha de finais do século XVIII que mostra que as grandes decisões são as que se tomam com o coração.
O terramoto de 1755 decidiu o destino de dona Julia, a jovem viúva e proprietária da mais célebre tipografia de Sevilha. Nesse dia 1 de novembro, encontra-se na catedral a honrar a memória dos mortos quando tudo em seu redor começa a tremer. O facto de sobreviver àquele desastre parece ter despertado nela os seus sonhos mais íntimos e, horas mais tarde, não hesita em entregar-se àquele que haveria de ser o grande amor da sua vida, León de Montenegro...
«Uma recriação magnífica da Sevilha do século XVIII» Ildefonso Falcones


Sobre a autora:
Basca de nascimento, vive atualmente em Sevilha. Jornalista de formação, é cronista no El País, dá aulas de Rádio na Faculdade de Comunicação de Sevilha, é professora de Escrita Criativa na Academia Arteaula e participa ainda na locução/produção de programas de rádio.
Publicou a sua primeira obra, Ladrona de almas, em 2002; dois anos mais tarde, o seu romance El País de Las Mariposas destacou-a entre as jovens promessas da literatura em língua castelhana, tendo ganho o IX Premio Ateneo Joven de Romance de Sevilha.
A Paixão Secreta do Inquisidor, o seu anterior romance, veio consolidar a sua carreira e encontra-se já editado em várias línguas.

 
Título: Em Parte Incerta
Autor:
Gillian Flynn

Género: Thriller
Tradutor: Fernanda Oliveira
Formato: 15x23,5cm
N.º de páginas: 520
Data de lançamento: 8 de fevereiro
PVP: 17,70€


O livro mais comentado no site Goodreads (22.383 recensões)
«Afiado como um picador de gelo.» New York Times


Sobre o livro:
O casamento pode dar cabo de uma pessoa…
Uma manhã de verão no Missouri. Nick e Amy celebram o quinto aniversário de casamento. Enquanto se fazem reservas e embrulham presentes, a bela Amy desaparece. E quando Nick começa a ler o diário da mulher, descobre coisas verdadeiramente inesperadas…
Com a pressão da polícia e dos media, Nick começa a desenrolar um rol de mentiras, falsidades e comportamentos pouco adequados. Mostra-se evasivo, é verdade, e amargo – mas será mesmo um assassino?
Entretanto, todos os casais da cidade se perguntam já se conhecem de facto a pessoa que amam. Nick, apoiado pela gémea Margo, assegura que é inocente. A questão é que, se não foi ele, onde está a sua mulher? E o que estaria dentro daquela caixa de prata escondida atrás do armário de Amy?
Com uma escrita incisiva e a sua habitual perspicácia psicológica, Gillian Flynn dá vida a um thriller rápido e muito negro que confirma o seu estatuto de uma das melhores escritoras do género.


Livro do ano de 2012 para:
Publishers Weekly
Amazon
Barnes&Nobel
Entertainment Weekly
O, The Oprah Magazine
Kirkus

O livro perdido de William S. Burroughs e Jack Kerouac

Título: E os Hipopótamos Cozeram nos Seus Tanques
Autores:
William S. Burroughs e Jack Kerouac
Género: Romance
Tradução: Telma Costa
N.º de páginas: 176
Data de lançamento: 22 de fevereiro
PVP: 15,50 €


E os Hipopótamos Cozeram nos Seus Tanques é o livro perdido de William S. Burroughs, o livro perdido de Kerouac, o livro que permaneceu inédito durante mais de 60 anos e se tornou uma lenda.
«Uma combinação de romance policial com um lamento existencialista como se Dashiell Hammett se cruzasse com Albert Camus. Um documento único da geração beat.» San Francisco Chronicle
«O assassínio que deu origem aos Beats» tornou-se uma história muitas vezes contada, mas não foi a morte de Kammerer que embalou o berço dos Beats; foi a força vital, intelectual e sexual do adolescente Lucien Carr, alimentado por Kammerer desde a puberdade numa dieta rica em excessos poéticos: o sopro divino de Baudelaire; os actes gratuits de Gide; e a ligação apaixonada entre Verlaine e Rimbaud. E depois Dave e Lucien caíram na loucura, representando esses papéis malditos nas suas próprias vidas.
Em Os Hipopótamos, Jack e Bill retrataram um caso trágico de uma relação mentor/discípulo que correu mal e a natural crueldade da juventude. No entanto, a dificuldade ficcional em Os Hipopótamos estava em que a morte de Kammerer não foi o termo de uma história, mas o começo de uma outra. Com Kammerer morto e Carr preso, restavam três: Burroughs, Kerouac, e Ginsberg... E embora nenhum deles tenha visto a sua obra publicada na década que se seguiu à morte de David, foram eles que o destino quis ver reconhecidos, literariamente e não só.»

Do posfácio de James W. Grauerholz

Novidades Presença para a 1.ª quinzena de Fevereiro

Título: As primeiras luzes da manhã
Autor: Fabio Volo
P.V.P.: 13,45 €
Coleção: Grandes Narrativas
Nº na Coleção: 540
Data 1ª Edição: 05/02/2013
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4990-1
Nº de Páginas: 228
Sinopse: Elena vive uma vida sem paixão. Mas agora, ao aproximar-se dos quarenta, a rotina fastidiosa que tomou conta dos seus dias e do seu casamento é cada vez mais difícil de ignorar. Deseja ardentemente uma mudança, mas o medo de arriscar é proporcional a esse desejo, e Elena continua à espera que seja a vida a tomar a iniciativa... Até ao momento em que ganha coragem e aceita o convite do colega de trabalho que há algum tempo se insinua junto dela. Este envolvimento intenso e inesperado inicia-a num erotismo pleno e sem tabus que a liberta e finalmente lhe abre caminho para a tão desejada intimidade com o seu próprio mundo afetivo.
As Primeiras Luzes da Manhã é um fenómeno literário, com mais de 5 milhões de livros vendidos só em Itália.
 
Título: Fica Comigo
Autor: Noelia Amarillo
P.V.P.: 13,45 €
Editora:
Data 1ª Edição: 05/02/2013
Nº de Edição:
ISBN: 978-989-84-7072-0
Nº de Páginas: 172
Sinopse: Fica Comigo é uma apaixonante história de amor que vai muito além dos padrões tradicionais. É um livro que se lê de um fôlego só, cujos protagonistas improváveis nos emocionam e nos fazem recordar valores importantes como o respeito pela diferença e a amizade.
Um homem e uma mulher que contra todas as hipóteses conseguem ficar juntos. Que nos mostra que por amor uma pessoa chega onde tiver que chegar. 

Título: Kama Sutra - As Regras do Amor
Autor: Vatsyayana
P.V.P.: 10,72 €
Editora:
Data 1ª Edição: 05/02/2013
Nº de Edição:
ISBN: 978-989-84-7075-1
Nº de Páginas: 168
Sinopse: O nome Kama Sutra tem origem na união dos termos kama, que significa desejo e amor, e sutra, um conjunto de ensinamentos vertidos sob a forma de aforismos.
Este livro faz parte integrante da literatura religiosa indiana, pois, embora os seus ensinamentos conduzam ao prazer carnal, visam em primeiro, e elevação espiritual do homem.
A obra original teve como principais destinatários os nobres da Índia que levavam então uma vida de luxo e se dedicavam, com a sua leitura, à aquisição das mais diversas habilidades sexuais.
 
Título: As 1001 Fantasias Mais Eróticas e Selvagens da História
Autor: Roser Amills
P.V.P.: 16,64 €
Coleção: Diversos
Nº na Coleção: 23
Data 1ª Edição: 05/02/2013
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4991-8
Nº de Páginas: 352
Sinopse: Nesta obra fascinante encontramos uma coleção das mais selvagens fantasias eróticas de mil personagens célebres de várias nacionalidades e épocas históricas – Oscar Wilde, Marilyn Monroe, Casanova, Freud, Dali, Maria Antonieta, Madonna, Napoleão, entre muitos outros. São explorados, com um inteligente sentido de humor, os pontos mais altos que a imaginação pode alcançar em termos de sexualidade, sendo abordados aspetos como a linguagem e os sons sexuais, a fogosidade descontrolada, as práticas incestuosas ou o fetichismo.
A autora, ao revelar as fantasias de personalidades conhecidas espera ajudar as pessoas comuns a lidarem com maior naturalidade com os seus próprios devaneios eróticos e a viverem o prazer sem preconceitos ou convenções.  

Título: Vamo-nos Mascarar! Caras Divertidas
Autor: Jannie Ho
P.V.P.: 5,35 €
Coleção: Diversos
Nº na Coleção: 171
Data 1ª Edição: 05/02/2013
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4870-6
Nº de Páginas: 10
Sinopse: Faz de conta que és um robô, uma bruxa ou um pirata e deixa voar a tua imaginação com este fantástico livro de máscaras pop-up! Um livro divertido e interativo.
Série composta por quatro livros, cada um com várias máscaras para as crianças brincaram ao faz-de-conta. Recomendado para crianças a partir dos 3 anos.
 

Título: O Irmão de Joana
Autor: Maria Tereza Maia Gonzalez
P.V.P.: 8,09 €
Nº na Coleção: 15
Data 1ª Edição: 05/02/2013
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-5000-6
Nº de Páginas: 128
Sinopse: Por trás do sorriso encantador de Domingos, existe uma história de vida que deixou marcas profundas. Aos quatro anos ficou órfão devido à violência da guerra em Angola. Agora aos 16 anos, é um adolescente que tem tudo para ser feliz: um pai e uma mãe adotivos que o adoram e ainda uma irmã, a Joana, de quem se sente muito próximo. Mas apesar disso sente um mal-estar que vai traduzir-se numa grande crise de identidade, sobretudo porque não consegue integrar-se numa sociedade onde os outros lidam mal com a diferença.  

Título: O Veleiro fantasma
Autor: Tea Stilton
P.V.P.: 8,06 €
Nº na Coleção: 13
Data 1ª Edição: 05/02/2013
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4993-2
Nº de Páginas: 144
Sinopse: O “Coração de Jasmina”, um diamante preciosíssimo oculto nos destroços do Queen Mousy, um veleiro naufragado junto à Ilha das Baleias, espera há centenas de anos voltar a brilhar à luz do sol. Mergulhem à sua procura, juntamente com as Tea Sisters, nesta nova e arriscada aventura.  

Título: Na Selva - Caras divertidas
Autor: Jannie Ho
P.V.P.: 5,35 €
Coleção: Diversos
Nº na Coleção: 172
Data 1ª Edição: 05/02/2013
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4868-3
Nº de Páginas: 10
Sinopse: Ruge como um leão ou palra como um papagaio e deixa voar a tua imaginação com este fantástico livro de máscaras POP-UP! Um livro divertido e interativo.
Série composta por quatro livros, cada um com várias máscaras para as crianças brincaram ao faz-de-conta. Recomendado para crianças a partir dos 3 anos.
 

Novidade Oficina do Livro: O Livro dos Escuteiros, Marta Reis (nas livrarias a 9 Fev)

Título: O Livro dos Escuteiros
Autor:
Marta Reis
N.º de páginas: 312
PVP: 15,90€

A Associação de Escoteiros de Portugal, a mais antiga organização juvenil portuguesa, alcança um século de existência em 2013; o Corpo Nacional de Escutas, de inspiração católica, atinge os noventa.

Sobre o livro:
O primeiro acampamento de escuteiros aconteceu em 1907, numa ilha de Inglaterra. Pouco tempo depois a chama chegou a Portugal, onde se mantém bem viva até hoje.

A Associação de Escoteiros de Portugal, a mais antiga organização juvenil portuguesa, alcança um século de existência em 2013; o Corpo Nacional de Escutas, de inspiração católica, atinge os noventa. Nesta época de celebrações, estão de parabéns todos os membros portugueses do movimento fundado pelo visionário Baden-Powell.

Esta é uma homenagem ao espírito de fraternidade, aventura e superação individual que é seguido activamente por cerca de oitenta mil pessoas em Portugal - e perto de 30 milhões no mundo inteiro.

Representantes de diferentes gerações do CNE e da AEP partilham memórias, experiências, aprendizagens e reflexões numa obra que, atravessando a História e registando curiosidades ligadas a este fenómeno universal, capta os valores essenciais de um movimento que é, acima de tudo, um modo de vida.

Um livro indispensável para escuteiros e escoteiros. E para todos aqueles que queiram juntar-se a esta grande família.

Sobre a autora
Marta Reis nasceu em 1986, é jornalista e também escuteira. Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa, iniciou-se no jornalismo em 2007. Fundadora do diário i, onde trabalha, é especializada em saúde e ciência.

Troca com prazer o ócio dos tempos livres pela lama e pelo cansaço dos raides e dos acampamentos de escuteiros. Desde os seis anos que faz parte do Agrupamento 541 Pio XII, em Entrecampos.Este é o seu primeiro livro.

Pela primeira vez em 400 anos, será publicada toda a obra de Padre António Vieira, uma edição do Círculo de Leitores

Na véspera do 405.º aniversário do nascimento de Padre António Vieira, temos o prazer de anunciar que o Círculo de Leitores publicará a obra completa de Padre António Vieira. Composta por trinta volumes, inclui cartas, sermões, profecias, política, teatro, sendo muitos destes textos ainda inéditos.
A série, cujos três primeiros volumes estarão disponíveis no Círculo de Leitores em abril –, é dirigida por José Eduardo Franco e Pedro Calafate e envolveu o trabalho de uma vasta equipa de investigadores de Portugal e do Brasil. A Santa Casa da Misericórdia apoia o trabalho de investigação que sustenta esta edição, através de um protocolo celebrado com a Universidade de Lisboa que será assinado amanhã, no Instituto de São Pedro de Alcântara.
Esta obra reflete um trabalho rigoroso e aturado, um regresso às fontes manuscritas e impressas, com recurso a diversos arquivos pelo mundo em busca de documentos nunca publicados – como é o caso de A Chave dos Profetas.


«É de facto o maior prosador – direi mais, é o maior artista – da língua portuguesa.» Fernando Pessoa

Sobre os coordenadores da obra:
Pedro Calafate, historiador e professor catedrático da Universidade de Lisboa, especialista no estudo do barroco e do racionalismo iluminista do século XVIII. Foi distinguido com o Prémio Aboim Sande Lemos da Universidade Católica Portuguesa pela obra «A Ideia de Natureza no século XVIII em Portugal». Professor convidado nas Universidades de Viena e Copenhaga.
José Eduardo Franco, historiador, ensaísta e poeta. Especialista na temática dos Jesuítas em Portugal, completou o seu doutoramento pela École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris. Faz parte do Centro de Literaturas de Expressão Portuguesa das Universidades de Lisboa, estando envolvido em vários projetos de investigação sobre os grandes mitos portugueses.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Apresentação de livro: O Credor Toca Sempre Duas Vezes de Nuno da Silva Vieira


Selo

Recebi este Selo da Cláudia do blogue O Desafio da leitura, a quem agradeço.

As regras deste selinho são:
- Indicar, no mínimo, dois livros que gostaste de ler em 2012 (sem limite máximo).
- Indicar pelo menos três livros que desejas ler em 2013 (sem limite máximo).
- Oferecer o selo a mais 10 pessoas para dar sequência a este projecto.

Livros que gostei de ler em 2012:
- Os Monstros também Amam - Clara Sánchez

- O Inverno do Mundo - Ken Follett
- O Jardim dos Segredos, As Horas Distantes e O Segredo da Casa de Riverton de Kate Morton
- Não contes a ninguém e Morte no Bosque de Harlan Coben 
- Irmã de Rosamund Lupton

Livros que desejo ler em 2013:
 

 - Depois de Rosamund Lupton
 - O Estilete Assassino de Ken Follett
 - Na cama dos reis de Juliette Benzoni
E muitos, muitos mais... 

Prefiro não nomear blogues para dar este selinho, optando por presentear a todos os que me vão seguindo. 

Brecht no Gato Vadio, próximo sábado, 9 de Fevereiro

Manuel Jorge Marmelo e Rui Manuel Amaral lêem as “Histórias do Senhor Keuner”, de Bertolt Brecht.
Próximo sábado, 9 de Fevereiro, pelas 17h00, no Gato Vadio (rua do Rosário, 281, Porto).

Para Walter Benjamin, o senhor Keuner tem traços chineses, é astuto, reservado, gentil e capaz de se adaptar a novas situações. Para outros, trata-se de um alter ego ou pseudónimo do próprio Brecht. Alguns leitores aproximam-no do enigmático personagem K., de Franz Kafka; outros ainda do Monsieur Teste, de Paul Valéry.
Brecht nunca publicou um livro intitulado “Histórias do Senhor Keuner”. No entanto, escreveu histórias com este personagem – misto de filósofo e homem de acção – ao longo de trinta anos, entre 1926 e 1956, construindo assim uma das figuras mais intrigantes de toda a literatura.

A partir de 11 de fevereiro, fica disponível em Portugal o livro Cozinha Sem Limites, de Gordon Ramsay, chef com 12 estrelas Michelin e vedeta internacional

Título: Cozinha Sem Limites
Autor:
Gordon Ramsay
Tradução: Isabel Sá Reis e Rui Azeredo
Págs.: 320 

Capa: dura
PVP: 24,90 €

A partir de 11 de fevereiro, fica disponível em Portugal o livro Cozinha Sem Limites, de Gordon Ramsay, chef com 12 estrelas Michelin e vedeta internacional. Esta obra propõe mais de 120 receitas modernas, simples e acessíveis e, segundo o autor, tem como objetivo ensinar qualquer pessoa «a cozinhar boa comida em casa».
Este objeto extraordinário, livro de referência em qualquer cozinha dos nossos dias, dá aos cozinheiros lá de casa o desejo, a confiança e a inspiração para lançarem mãos à obra. O autor salienta que, eliminando «todo o trabalho árduo e toda a complexidade, qualquer pessoa pode produzir receitas de fazer crescer água na boca». E assegura, na introdução, não deixando margem para dúvidas: «vou ajudá-lo a tornar-se um cozinheiro melhor».
Em mais de 300 páginas, Ramsay ensina receitas clássicas com um toque especial, pratos de peixe e de carne, receitas de pão, bolos e pizas, sugere ementas low cost e comida rápida, ensina a cozinhar para grupos ou apenas para uma ou duas pessoas e, claro, explica as técnicas básicas.
Cozinha Sem Limites, a primeira obra de Gordon Ramsay publicada pela Porto Editora, chega às livrarias e supermercados no mesmo mês em que a SIC Radical começa a emitir o programa de TV correspondente (e que tem o mesmo título). Passa às terças, às 23:45, às sextas, às 03:15, e aos sábados, às 16:30, a partir de 5 de fevereiro.


Vídeo de Apresentação




Sobre o autor:
Gordon Ramsay nasceu na Escócia, em 1966, mas passou a juventude em Inglaterra. Após uma grave lesão que o obrigou a abandonar uma promissora carreira de futebolista, resolveu investir num curso de gestão hoteleira. O talento natural para a arte da culinária levou-o a aprender com os mais influentes chefs mundiais, como Albert Roux e Marco Pierre White, em Inglaterra, e Guy Savoy e Joël Robuchon, em França. Em 1993, tornou-se chef do Aubergine, em Londres, restaurante que depressa conquistou 2 estrelas Michelin. Em 1998, com 31 anos, abriu um restaurante próprio, dando-lhe o seu nome. A crítica rapidamente o galardoou com o mais prestigiado prémio no mundo da cozinha de autor – as 3 estrelas Michelin. Atualmente, o seu Restaurant Gordon Ramsay continua a ser o restaurante que detém o prémio há mais tempo e Gordon é um dos 4 chefs ingleses que mantêm as 3 estrelas. Em 2006, foi condecorado com a Order of the British Empire, atribuída pela Rainha Elizabete II, pelo serviço prestado à indústria culinária. Atualmente, para além de ter diversos restaurantes espalhados pelo mundo, Gordon Ramsay é protagonista de diversos programas televisivos, entre eles alguns reality shows, nos quais se notabilizou pela severidade com que trata os participantes. É também autor de inúmeros livros, muitos deles bestsellers.


Imprensa:
Uma inesperada lufada de ar fresco... [Gordon Ramsay] deixou de lado o grande aparato e regressou aos princípios básicos. O livro está escrito num estilo simples e sem paternalismos, mas os seus anos de conhecimento surgem em cada página. Cobre tudo, desde o kit de utensílios fundamentais e como tornar antiaderente uma panela até dicas que mesmo os cozinheiros mais experimentados podem desconhecer... The Daily Mail

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Vencedor do Orange Prize 2012 chega às livrarias a 22 de fevereiro

Título: O Canto de Aquiles
Autor:
Madeline Miller

Género: Romance
Tradutora: Ana Falcão Bastos
Formato: 15x23,5cm
N.º de páginas: 344
Data de lançamento: 22 de fevereiro
PVP: 17,70€
 

Aquiles, «o melhor dos gregos», filho da cruel Tétis e do lendário rei Peleu, é forte, veloz e belo – irresistível para todos aqueles que o conhecem. Pátroclo é um jovem príncipe inábil, exilado na sequência de um ato de grande violência. Criados juntos por uma questão de circunstâncias, constroem uma ligação inseparável, mas arriscam a ira divina. São treinados pelo centauro Quíron nas artes da guerra e da medicina, mas, quando chegam os rumores de que Helena de Esparta foi raptada, todos os heróis da Grécia são convocados para cercarem a cidade de Troia. Seduzido pela promessa de um destino glorioso, Aquiles junta-se à causa e Pátroclo, dividido entre o medo e o amor pelo seu amigo, segue-o. Mal sabem eles o que as cruéis Moiras lhes reservam…
O livro de Madeline Miller, que conquistou o prestigiado Orange Prize 2012, é uma releitura fascinante da lenda do guerreiro Aquiles.
«Maravilhosamente escrito.» - Washington Post
«Uma versão marcante da história de Aquiles.» - The Guardian
«Uma história de amor intemporal.» - O Magazine


Sobre a autora
Madeline Miller cresceu em Filadélfia e fez Estudos Clássicos na Universidade de Brown. Há nove anos que ensina Latim e Grego Antigo. Vive em Cambridge, no Massachusetts. Este é o seu romance de estreia.

Novidades Chá das Cinco para fevereiro

Título: Ritual de Amor
Autor:
Nora Roberts

Para Fox, Caleb e Gage o número sete representa tragédia. Há muitos anos, um ritual inocente entre eles libertou um mal antigo na sua terra natal.
Como resultado, sete dias de loucura repetem-se a cada sete anos. Agora, já homens, sentem esse mal a regressar.
Visões de morte e destruição atormentam-nos. Mas este ano, três mulheres juntaram-se à batalha: Layla, Quinn e Cybil. Será que também elas estão ligadas a essa maldição?
Desde criança que Fox tem a capacidade de ler outras mentes, um talento que partilha com Layla. E para combater a escuridão que ameaça a cidade, Fox precisa de ganhar a confiança de Layla. Infelizmente ela não consegue aceitar esse misterioso talento e a nova intimidade com Fox apavora-a. É que Layla sabe que quando abrir a sua mente não terá qualquer defesa peranteo desejo que ameaça consumi-los a ambos…

Título: Beijo
Autor:
Jill Mansell

Izzy um dia vai ser famosa. A indústria da música é que ainda não a descobriu. A irrepreensível Izzy tem um talento fascinante, dois namorados perfeitos e uma filha para lhe organizar a vida. Basicamente, uma vida de sonho.
Já a vida de Gina não podia ser mais infernal. O cretino do marido acaba de fugir com a amante grávida. E ela sente-se destroçada quando derruba acidentalmente Izzy da sua moto. Porém, não é propriamente o fim do mundo, pois não? Apenas uma perna partida.
Mas o mundo de Gina, como ela o conhece, está prestes a ficar de pernas para o ar. Izzy e a filha Kat foram catapultadas para dentro da sua vida, antes tão metódica. Pior, Izzy está de olho no melhor amigo de Gina, Sam, que é lindo de morrer. Como acabará tudo? Numa torrentede lágrimas ou num beijo inesquecível?

Novidades Saída de Emergência para fevereiro

Título: Este é o Reino de Portugal
Autor:
José Brandão

Do melhor…
«O povo português, além da bondade de coração, da brandura de costumes, da alegria, da lealdade e bom humor, possui ainda duas outras qualidades: a docilidade e a paciência. Não é possível que exista gente mais tranquila, mais dócil, mais resignada.»

Ao pior...
«Se os portugueses apenas tivessem os vícios de serem impostores e vaidosos seria agradável vê-los e conviver com eles […] Mas são também extraordinariamente altivos, orgulhosos, arrogantes, velhacos, traiçoeiros e desonestos. Poucos há que tenham escrúpulo de matar um inimigo à traição.»

Este é o Reino de Portugal resulta de uma profunda investigação aos mais importantes relatos de estrangeiros que viajaram por Portugal. Focando-se principalmente nos últimos três séculos, oferece-nos um colorido únicos desse período, retratando as várias camadas sociais que compunham a nossa sociedade, do povo aos governantes, e admirando ou criticando copiosamente os seus hábitos, tradições, mentalidades e comportamentos.
Com testemunhos de quase três dezenas de personalidades tão extraordinárias ou malévolas como William Beckford, Carl Israel Ruders, Giuseppe Baretti, Arthur William Costigan, José Pecchio, Hans Christian Andersen, Maria Rattazzi ou Miguel Unamuno, Este é o Reino de Portugal é uma oportunidade única para descobrir o que mudou no nosso país nos últimos três séculos. Ou talvez surpreender-se com o que,
afinal, continua exatamente na mesma…

Título: Highlander - O Domar do Guerreiro
Autor:
Karen Marie Moning

O TOQUE TERNO DE UMA MULHER
Ele nascera num clã de guerreiros de força sobrenatural, mas Gavrael McIllioch abandonara o seu nome e o seu castelo nas Highlands, determinado a escapar ao sombrio destino dos seus antepassados. Ocultando a sua identidade do implacável clã rival que o perseguia, adotou o nome de Grimm para proteger as pessoas de quem gostava, jurando jamais admitir o seu amor pela arrebatadora Jillian St. Clair. Contudo, mesmo de longe, ele velava por ela, e quando o seu pai o intimou com urgência, “Vem por Jillian”, ele correu para o seu lado — a competir pela sua mão em casamento.

O CORAÇÃO DE AÇO DE UM GUERREIRO
Porque fugira ele dela há tantos anos? E para quê retornar agora para a ver oferecida como prémio no jogo manipulador de seu pai? Furiosa, Jillian jurou jamais se casar. Mas Grimm era o homem que ela amava, aquele mesmo que a incitava a desposar outro. Ele procurava simular indiferença enquanto ela o tentava, mas não pôde negar os ferozes desejos que o impeliram a arrebatá-la à força do altar. Ela era a única mulher capaz de domar a besta enraivecida dentro dele — ainda que inimigos mortais maquinassem enquanto isso para os destruir a ambos…

Título: O Codex Maia
Autor:
Douglas Preston
CO-AUTOR DE THRILLERS TÃO EMOCIONANTES COMO RELÍQUIA, DOUGLAS PRESTON CONTA AGORA UMA HISTÓRIA INESQUECÍVEL DE GANÂNCIA, AVENTURA E TRAIÇÃO.

“Saudações do mundo dos mortos”, declara Maxwell Broadbent na cassete de vídeo que deixou para trás depois do seu misterioso desaparecimento. Notório caçador de tesouros e ladrão de túmulos, Broadbent acumulou muitos milhões de dólares em arte, jóias e artefactos antes de desaparecer — juntamente com toda a sua colecção — da sua imensa mansão. No início, suspeitou-se de assalto, mas a verdade provou ser bastante mais estranha: como desafio final para os seus três filhos, Broadbent enterrou-se a si e ao seu tesouro algures no mundo, escondido como um faraó egípcio da Antiguidade. Se os filhos quiserem reivindicar a sua fabulosa herança, terão de encontrar o túmulo cuidadosamente ocultado pelo pai.
Os dados estão lançados, mas os três irmãos não são os únicos a competir pelo tesouro. Com tantos milhões de dólares em jogo, bem como um antigo codex maia que pode conter a cura para o cancro, em breve outras pessoas se juntam à caçada... e nada fará parar algumas delas para conseguirem o que está na sepultura.

Título: Beijo das Sombras
Autor:
Laurel K. Hamilton

Entre num mundo emocionante, voluptuoso, e tão ameaçador quanto belo. Onde dominam paixões ardentes de seres imortais, outrora adorados como deuses ou demónios.
Os mais supremos seres sobrenaturais são fadas Sidhe, uma raça tão bela e poderosa que foi em tempos adorada como os deuses. Não só são luxuriosos, como incrivelmente bons amantes. Quando têm sangue real... são literalmente viciantes. Fadas de sangue puro não toleram as cidades e raramente vivem entre os humanos. Mas Meredith Gentry não é de puro-sangue. Ela tem sangue humano e por isso é mortal. Talvez também
por isso, sinta que não pertence a lugar nenhum.
Meredith Gentry, princesa da corte real das Fadas, faz-se passar por humana em Los Angeles, onde trabalha como detective privada. Mas, agora, o carrasco da rainha foi enviado para a levar de volta para casa – quer ela queira quer não. Subitamente, Meredith vê-se como um mero peão encurralado nos terríveis planos da sua tia. A tarefa que a aguarda: desfrutar da companhia constante dos homens imortais mais bonitos do mundo. A recompensa: a coroa – e a oportunidade de salvar a sua vida.
O castigo por fracassar: a morte.

Título: Dragões de um Crepúsculo de Outono
Autor:
M. Weis e T. Hickman

Prepare-se para conhecer o clássico da fantasia Dragonlance que influenciou gerações de leitores com um novo mundo cheio de paixão e aventura.
Anos após terem optado por seguir caminhos diferentes, um grupo de companheiros reencontra-se na sua terra natal apenas para descobrir que o mundo de Krynn mudou. Rumores de guerra e sombras dominam as conversas de estalagem e monstros e criaturas míticas que só existiam em lendas voltaram a ser avistados. E nenhum companheiro se atreve a confidenciar os segredos que oculta no coração
e que descobriu em viagens cheias de perigo.
Até ao dia em que um encontro ocasional com uma bela mulher, que detém em seu poder um bastão de cristal, arrasta os companheiros para o caos e muda as suas vidas para sempre. Ninguém esperava
que se revelassem heróis. Muito menos eles. Mas conseguirão arranjar a força, honra e coragem para enfrentar os Deuses da Luz e Trevas no momento em que a Guerra da Lança está prestes a começar?