domingo, 11 de março de 2012

Branco - Rosie Thomas [Opinião]


Título: Branco
Autor: Rosie Thomas

Sinopse:
Um livro que nos mostra os limites do sacrifício humano,a auto-confiança, e o poder da compaixão.

Dois homens que enfrentam os seus demónios e uma mulher que persegue o seu próprio sonho.
Para Sam MacGrath um encontro fugaz com uma jovem num voo turbulento, é o suficiente para lhe mudar a vida. Loucamente atraído por ela, cede ao seu impulso e decide segui-la até ao Nepal. A jovem Finch Buchanan ingressa numa expedição aos Himalaias como médica, mas quando chega, reencontra um homem que nunca conseguiu esquecer. Al Hood fez uma promessa à filha: se conquistar o pico desta montanha,deixará a escalada para sempre.
O Evereste eleva-se sobre o grupo, lindo e silencioso. Contra as ameaças do clima e da altitude, ergue-se a paixão e a força de vontade. As relações intensas entre Finch, Al e Sam, começam a desenrolar-se...
Perante tamanho desafio, as consequências podem ser trágicas.

A minha opinião:
Livros sobre escaladas não fazem definitivamente parte dos meus favoritos, no entanto, Branco de Rosie Thomas fala muito mais do que o desejo de atingir o cume, o Evereste.
Fala sobretudo de relações de amizade profunda entre duas amigas, de um amor marcante, mas sem futuro e de uma visão daquilo que poderá ser o nosso verdadeiro amor.
Através da personagem principal, a médica Finch Buchanan, somos levados a fazer parte de um grupo restrito de pessoas que deseja atingir o Evereste. Juntamente com ela partem Sam, um rapaz que conheceu no aeroporto aquando do casamento da sua melhor amiga; e o seu grande amor, Al Hood.
Durante esta expedição vamos conhecendo os segredos que guardam estas personagens. O desejo do filho em fazer a vontade do pai, que é vê-lo como alpinista assim como ele foi um dia; a promessa de ser a última escalada que faz; e o desejo de ficar com o homem que ama, apesar de sentir que não o conhece verdadeiramente.
Uma agradável leitura.

Sem comentários: