sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Na próxima semana a Livros d'Hoje lança, em Portugal, O Último Espião, de Alan Cowell

Título: O Último Espião
Autor: Alan Cowell
Editora: Livros d’Hoje
N.º Páginas: 460
Preço: 17,95€
1ª Edição: Outubro de 2010

Sinopse:
A 1 de Novembro de 2006, Alexander Litvinenko, um ex-agente russo do KGB, bebia uma chávena de chá no prestigiado hotel Millennium Mayfair, perto da Embaixada Americana em Londres — mas ao chá tinha sido acrescentado um raro isótopo radioactivo chamado Polonium 210. Vinte e dois dias mais tarde, ele estava morto. O mistério por detrás do seu assassinato revelar-se-á ainda mais perturbador e confuso do que qualquer enredo de John le Carré. Litvinenko procurou asilo em Londres e a partir daí tornou-se num crítico fervoroso do governo de Vladimir Putin. O perfil dele é o que chama mais a atenção num rol de mortes misteriosas de dissidentes russos, que anuncia uma nova era ao estilo do KGB: autoritária e aterrorizadora. Rapidamente ficou conhecido como um dos crimes mais misteriosos e audaciosos da era pós-Guerra Fria, além de desencadear uma investigação internacional liderada por oficiais antiterroristas de Londres. Misturando o compasso de um thriller com reportagens e pesquisas originais, O Último Espião documenta a vida e a morte de Litvinenko, e a subsequente investigação policial, a reacção de Vladimir Putin e outros em Moscovo, os emigrantes russos que se estabeleceram em Londres, e as implicações deste caso na proliferação nuclear e terrorismo internacional no futuro. É uma acusação chocante direccionada para o desprezo de certos governos pelo cumprimento da lei e uma arrepiante recordação de poder — em todos os aspectos — da Nova Rússia.

Sobre o autor:
Alan Cowell é jornalista no The New York Times. Ganhou o George Polk Award pela cobertura jornalística do regime de segregação racial na África do Sul que levou à sua expulsão desse país. Também foi nomeado para um prémio Pulitzer pelas reportagens no estrangeiro e foi galardoado com o prémio Nathaniel Nash. Vive em Paris com a sua mulher e as três filhas.

Caderno: Como o Estado gasta o nosso dinheiro, de Carlos Moreno, nas livrarias a 12 de Outubro

Titulo: COMO O ESTADO GASTA O NOSSO DINHEIRO
Autor: Carlos Moreno
Colecção: Cadernos de Investigação
Editora: Caderno
Páginas: 192
PVP: 15,90 €

O juiz Carlos Moreno fez mais de 100 auditorias no Tribunal de Contas. Ao longo de duas décadas alertou sucessivos governos para o despesismo público. Agora apresenta todas as contas, todos os números. E as conclusões que tirou. É o nosso dinheiro. São os nossos impostos.
Saiba como o Estado os tem vindo a gastar. Todos os dias entregamos ao Estado uma parte substancial dos nossos rendimentos sob a forma de impostos. E acreditamos que o Estado vai gerir esse dinheiro de forma conscienciosa, em obediência aos critérios da boa gestão financeira. Não é, porém, o que acontece. Mais vezes do que seria aceitável, o capital que tanto nos custou amealhar é usado em negócios ruinosos com o sector privado; ou desbaratado em obras públicas que economicamente não fazem qualquer sentido.
Não só pagamos os impostos, como a factura da sua má gestão. Ao gastar alegremente mais do que tem, o Estado acumula uma dívida. E quem tem de a assumir somos nós, os contribuintes, que pagamos o descontrolo das finanças estatais com novos impostos, e ainda mais sacrifícios.
É um ciclo vicioso chocante, consequência de um festim de maus gastos públicos sem fim à vista. E uma realidade que Carlos Moreno acompanhou de perto enquanto Juiz Conselheiro do Tribunal de Contas. Ao longo de 15 anos assinou mais de 100 relatórios de auditoria, passou a pente fino os gastos com a Expo 98, com as famigeradas SCUT, os Estádios do Euro 2004, a Casa da Música, o Túnel do Rossio, o terminal de contentores de Alcântara.
Mas o autor reserva para o fim uma nota de esperança: tanto nós como os nossos governantes temos o poder de fazer mais e melhor para pôr as finanças públicas na ordem.

Sobre o autor:

Carlos Moreno licenciou-se em Direito pela Universidade de Coimbra em 1964. Desempenhou os cargos de auditor Jurídico da Inspecção Geral de Crédito e Seguros, Inspector Superior da Direcção Geral do Tesouro, Director Geral do Tribunal de Contas e Inspector-geral de Finanças. Em 1986 tornou-se o primeiro juiz português do Tribunal de Contas Europeu, onde se manteve até 1994. No ano seguinte, e por concurso público, foi nomeado Juiz Conselheiro do Tribunal de Contas de Portugal, profissão que exerceu com paixão durante 15 anos. Paralelamente, e ao longo de 25 anos, foi docente Universitário no ISEG e na UAL, e publicou dezenas de livros.

Sextante Editora publica Mercado de ilusões, o mais recente romance de Felipe Benítez vencedor do Prémio Nadal

Título: Mercado de Ilusões
Autor: Felipe Benítez Reyes
Tradutor: Marcelo Correia Ribeiro
N.º de Págs.: 352
Capa: mole
PVP: 16.50 €

A Sextante Editora vai publicar, a 14 de Outubro, Mercado de ilusões, o mais recente romance do conceituado poeta, romancista e ensaísta espanhol Felipe Benítez Reyes.
Este romance, que recebeu em 2007 o prémio Nadal, é uma paródia aos thrillers místicos contemporâneos e conta-nos a história de dois ladrões de obras de arte que têm como mais recente missão roubar as supostas relíquias dos Reis Magos, conservadas na Catedral de Colónia, que servirão para construir um prisma que permitirá contemplar o rosto de Deus.
Através de uma prosa envolvente e de uma inventividade deslumbrante, o autor conduz-nos até um território de fascinações e aparências, povoado por personagens insólitas e ritmado por situações inesperadas que irão agarrar os leitores.

O enredo
Corina e Jacob sempre viveram da organização de roubos de obras de arte. Depois de decidirem retirar-se da profissão por causa da idade e da falta de oferta, recebem um encargo imprevisto de um mexicano libertino e com tendências místicas, que sonha construir um prisma para contemplar o rosto de Deus. O trabalho consiste em roubar as supostas relíquias dos Reis Magos, conservadas na Catedral de Colónia.
Através de uma prosa envolvente e de uma inventividade deslumbrante, o autor conduz-nos até um território de fascinações e aparências, povoado por personagens insólitas e ritmado por situações inesperadas.

Sobre o autor:
Felipe Benítez Reyes nasceu na cidade de Rota, em Espanha, em 1960. É autor de uma obra literária que abarca quase todos os géneros, galardoada com vários prémios como os prestigiosos Prémio da Crítica ou o Prémio Nacional de Literatura. Podemos destacar os romances Humo (Prémio Ateneo de Sevilla, em 1995), La propriedad del paraíso, El novio del mundo e El pensamiento de los monstruos. A sua poesia está reunida num volume intitulado Trama de niebla. Escreve artigos para o semanário Dominical. O seus livros estão traduzidos e publicados em França, em Itália, na Rússia e nos Estados Unidos.

Críticas:
Paródia subtil, hilariante e demolidora da literatura de intriga esotérica. Antonio Astorga, ABC Um romance cheio de humor, pejado de múltiplas e incessantes histórias divertidas, parentesdirectas do romance picaresco. Blanca Berasátegui, El Mundo
Entre todos os escritores espanhóis da sua geração, Felipe Benítez Reyes é certamente o mais brilhante, o mais original, o mais invejado. Almudena Grandes
Mercado de ilusões é uma paródia hilariante e devastadora dos romances esotéricos, da suatruculência e das suas estranhezas. El País
Um diagnóstico genial da fragilidade do pensamento, das armadilhas da imaginação. La Vanguardia

Apresentação do livro Como o Estado gasta o nosso dinheiro - 13 Outubro às 18h30 na Livraria Leya na Barata

Ideias de Ler - Gestão e Negócios - O exemplo de Gary Vaynerchuk

Título: VENCER na vida fazendo o que mais gosta
Autor: Gary Vaynerchuk
Tradução: Fernando Dias Antunes
N.º de Págs.: 144
Capa: mole
PVP: 14,90 €

A Ideias de Ler publica, no dia 15 de Outubro, o livro VENCER na vida fazendo o que mais gosta, de Gary Vaynerchuk, jovem empreendedor que
transformou a pequena loja de vinhos da família numa empresa líder nos Estados Unidos. Nesta obra, o autor partilha as estratégias que o levaram ao sucesso e fornece as bases para que o mesmo possa acontecer ao leitor.
Tornar um negócio de tostões num negócio de milhões é o sonho de qualquer pequeno empresário. Vaynerchuk conseguiu fazê-lo: em apenas oito anos aumentou a facturação de quatro para cinquenta milhões de dólares. Com esse enorme sucesso surgiu o mediatismo – idas frequentes às televisões, entrevistas a jornais de todo o mundo – e com ele as distinções: a revista Business Week considerou-o um dos vinte empreendedores a seguir e a Forbes um dos vinte e cinco nomes mais influentes da Internet.

A obra:
Gary Vaynerchuk transformou o negócio da sua família, uma pequena loja de vinhos, numa empresa líder nos EUA. Como o conseguiu? Um dia, consciente das potencialidades da Internet, criou um vídeo para promover a sua loja e colocou-o online. Este foi o primeiro passo de uma estratégia de marketing que o tornou conhecido nos EUA e permitiu multiplicar a facturação do seu negócio.
Neste livro, Vaynerchuk explica de que forma conseguiu ter sucesso e demonstra como usar de modo eficaz o poder da Internet para criar um negócio bem-sucedido e desenvolver uma marca a partir daquilo que mais gostamos de fazer.
Este é um livro imprescindível para quem quer ser bem-sucedido no moderno mundo dos negócios, recheado de dicas de empreendedorismo e conselhos sobre marketing online.

Sobre o autor:
Gary Vaynerchuk nasceu em 1975 na Bielorrússia e emigrou com os seus pais para os EUA ainda criança.
Desde cedo evidenciou ter um grande espírito empreendedor, mas foi aos 23 anos que se afirmou definitivamente, quando começou a trabalhar a tempo inteiro na loja de vinhos do seu pai. Rapidamente se tornou num especialista no ramo e transformou o o pequeno negócio de família numa empresa líder em todo o país: em apenas oito anos aumentou a facturação de 4 para 50 milhões de dólares. Tal sucesso fez de Gary uma referência do empreendedorismo nos EUA.
Em Fevereiro de 2006 lançou a Wine Library TV, o vídeoblogue sobre vinhos que o tornou uma das personalidades mais influentes da Internet.
A par do sucesso profissional, o seu carisma e a postura informal e pouco convencional na análise dos vinhos deram-lhe um enorme mediatismo, catapultando-o para os principais programas televisivos dos EUA.
Gary foi considerado pela Business Week um dos 20 empreendedores a seguir e eleito pela Forbes um dos 25 nomes mais influentes da Internet.
VENCER na vida fazendo o que mais gosta é o seu primeiro livro.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Vogais & Companhia: Da coleção de «Os Diários de Greg» chega agora algo completamente diferente e… Muito divertido

Da colecção «Os Diários de Greg» chega agora algo completamente
diferente e… MUITO DIVERTIDO!


Título: O Diário de um Banana... e o Meu
Autor: Jeff Kinney
Colecção: Os Diários de Greg
N.º de Páginas: 224. Inclui 16 páginas a cores.
Tipo de Encadernação: Capa mole
Formato: 14 x 21 cm
PVP: 10,90€

Figurando no top das listas de best-sellers do LA Times, Wall Street Jounal e USA Today, este inovador diário interativo, baseado no próprio «diário» de Greg Heffl ey, permite aos jovens expressarem-se de uma nova forma divertida. Em O Diário de um Banana… e o Meu, pergunta-se: Qual o pior pesadelo que já tiveste? Quais as tuas melhores ideias para invenções? Quais os maiores erros que cometeste até agora? Repleto de ilustrações originais e material inédito, este «diário» contém páginas pautadas e balões de diálogo vazios para os jovens poderem criar as suas próprias histórias e bandas desenhadas, fazer o registo das coisas preferidas e menos preferidas e escreverem as suas memórias.

Novidades Presença para a 1.ª quinzena de Outubro

Título: Obrigada pelas recordações
Autor: Cecelia Ahern
P.V.P.: 17,50 €
Nº na Colecção: 42
Data 1ª Edição: 06/10/2010
ISBN: 978-972-23-4456-2
Nº de Páginas: 344

Sinopse: Quando Joyce Conway acorda no hospital depois de uma queda grave, sabe que a sua vida nunca mais será a mesma. Não só perdeu o filho que carregava no ventre, como se apercebe que o seu casamento chegou a um beco sem saída. Mas estas não são as únicas consequências. Joyce simplesmente já não é a mesma pessoa. De repente disserta sobre arte e arquitectura europeias, tem hábitos alimentares completamente diferentes, fala sobre ruas parisienses onde nunca esteve… e cruza-se amiúde com um homem a quem sente que está estranhamente ligada…

Título: O Espírito do Amor
Autor: Ben Sherwood
P.V.P.: 14,90 €
Relançamento
Colecção: Grandes Narrativas
Nº na Colecção: 318
Data 1ª Edição: 29/04/2006
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-3553-9
Nº de Páginas: 248

Sinopse: A leitura deste romance de Ben Sherwood deixa-nos impressa na alma uma certeza luminosa – a de que, por vezes, o amor vence a morte. Charlie St. Cloud veio a sabê-lo de duas formas distintas mas igualmente prodigiosas. Primeiro com Sam, o irmão mais novo, depois, com Tess, o seu grande amor. Quando um violento acidente de viação leva Sam, com apenas doze anos, para o outro lado da vida, Charlie promete-lhe que nunca o abandonará. O laço inquebrantável que une os dois jovens irmãos torna fictícia a fronteira entre a vida e a morte, e possível o seu encontro diário ao longo de treze anos. Tudo poderia ter continuado assim, naquela espécie de limbo, se Tess nunca tivesse aparecido. Mas ela veio, e isso mudou tudo… Charlie deixou-se apaixonar por aquela mulher fascinante, deixou que ela lhe mostrasse o carácter ilusório do paraíso em que vivia, que lhe desse a conhecer, com maior nitidez, a ponte que atravessa.

Título: Um Amor sem Tempo
Autor: Carlos Machado
P.V.P.: 15,90 €
Colecção: Grandes Narrativas
Nº na Colecção: 480
Data 1ª Edição: 06/10/2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4443-2
Nº de Páginas: 264

Sinopse: Após seis anos de ausência, Eduardo regressa à aldeia onde nasceu para vender a propriedade da família, votada ao abandono desde a morte do avô. «Ia ficar pouco tempo», pensava encostado a uma árvore do carvalhal que bordejava a aldeia. Mas, subitamente, uma sucessão seca de tiros fez reverberar o ar sólido do estio e acabou com a paz daquele dia. Os famosos pombos-correio de Severino Sarmento, o homem mais poderoso da terra, tinham sido traiçoeiramente abatidos. E é, então, que se dá o reencontro de Eduardo com o seu passado e com todos aqueles que o marcaram de forma indelével. Sobretudo Mariana, a bela filha de Severino e seu grande amor. Carlos Machado, num romance apaixonante, conduz-nos através de uma trama que tem lugar nos tempos agitados do pós-25 de Abril e que nos coloca, sem moralismos, perante fraquezas e grandezas da natureza humana.

Título: Os Jogos da Fome - Em chamas - Livro II
Autor: Susanne Collins
P.V.P.: 14,90 €
Colecção: Via Láctea
Nº na Colecção: 90
Data 1ª Edição: 06/10/2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4442-5
Nº de Páginas: 268

Sinopse: Pela primeira vez na história dos Jogos da Fome dois tributos conseguiram sair da arena com vida. Mas o que para Katniss e Peeta não passou de uma estratégia desesperada para não terem de escolher entre matar ou morrer, para os espectadores de todos os distritos foi um acto de desafio ao poder opressivo do Capitólio. Agora, Katniss e Peeta tornaram-se os rostos de uma rebelião que nunca esteve nos seus planos. E o Capitólio não olhará a meios para se vingar…

Título: As Grandes Figuras da Bíblia
Autor: Joaquim Carreira das Neves
P.V.P.: 17,90 €
Nº na Colecção: 31
Data 1ª Edição: 06/10/2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4438-8
Nº de Páginas: 344

Sinopse: Esta obra apresenta-nos as grandes figuras da Bíblia de uma forma acessível a todos os leitores, sem se embrenhar em excessivos pormenores filológicos, históricos e culturais e deixando de lado as argúcias exegéticas dos grandes comentadores da Bíblia. Interessa aqui, sobretudo, compreender a Bíblia à luz das suas personagens principais - algumas históricas, outras metafóricas, simbólicas, míticas - com grande clareza e máximo rigor histórico.

Título: A Arte e o Modo de Abordar o seu Chefe de Serviço para lhe pedir um Aumento
Autor: Georges Perec
P.V.P.: 9,90 €
Colecção: Lado B
Nº na Colecção: 11
Data 1ª Edição: 06/10/2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4433-3
Nº de Páginas: 64

Sinopse: Neste texto que só agora foi objecto de publicação em livro, Georges Perec explora os jogos e os limites da linguagem partindo de um curioso organigrama, contando numa única frase sem pontuação a história de um insignificante funcionário de uma grande empresa, que tenta chegar à fala com o seu chefe no momento mais propício a obter aquilo que pretende. O discurso narrativo cobre todas as opções, até à exaustão, nunca sendo exactamente o mesmo graças a ínfimas variações. Entretanto, a descrição vai destilando uma insidiosa ironia, em que o lúdico e o absurdo se combinam de forma genial.

Título: A Viagem
Autor: Kathryn Lasky
P.V.P.: 11,90 €
Nº na Colecção: 2
Data 1ª Edição: 06/10/2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4431-9
Nº de Páginas: 276

Sinopse: Tudo começou com um sonho, o sonho de encontrar a Grande Árvore Ga’Hoole, um lugar mítico onde uma ordem de corujas se ergue nos céus todas as noites para realizar feitos nobres. É aí que Soren, Gylfie, Crepúsculo e Digger esperam encontrar inspiração para lutar contra o mal que se instalou no universo das corujas. A viagem, porém, é longa e recheada de perigos inesperados. E, quando Soren e os amigos alcançam enfim o seu destino, esperam-nos desafios que jamais haviam imaginado…


Título: Bum!
Autor: Mark Haddon
P.V.P.: 9,90 €
Colecção: Estrela do Mar
Nº na Colecção: 133
Data 1ª Edição: 06/10/2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4435-7
Nº de Páginas: 176

Sinopse: Quando Jim e o seu melhor amigo, Charlie, ouvem a Professora Pearce e o Professor Kidd a falar numa língua secreta, sabem que isso só pode significar uma coisa: estão prestes a embarcar numa aventura! Talvez Kidd e Pearce sejam assaltantes de bancos a falar em código. Talvez sejam espiões. Ou quem sabe extraterrestres. Uma coisa é certa: os seus professores têm um segredo e Jim e Charlie estão determinados a descobri-lo. Por isso apertem os cintos e embarquem com eles nesta missão que promete muitas gargalhadas e emoções fortes.

Título: O Abutre
Autor: Franz Kafka
P.V.P.: 12,90 €
Nº na Colecção: 15
Data 1ª Edição: 06/10/2010
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4430-2
Nº de Páginas: 108

Sinopse: «A mais indiscutível virtude de Kafka é a invenção de situações intoleráveis. Para a impressão perdurável bastam-lhe uns breves apontamentos. A elaboração, em Kafka, é menos admirável que a invenção. Homens, há apenas um em toda a sua obra: o homo domesticus - tão judeu e tão alemão -, desejoso de encontrar um lugar, nem que seja o mais humilde, numa qualquer ordem; no universo, num ministério, num asilo de lunáticos, na prisão. O argumento e o ambiente são o essencial; não as evoluções da fábula nem a penetração psicológica. Daí a primazia dos seus contos sobre os seus romances; daí o direito de afirmar que esta compilação de narrativas nos dá integralmente a medida de um tão singular escritor.»
Jorge Luis Borges

Campanha de lançamento do novo livro de Cecelia Ahern

Obrigada pelas recordações é o novo livro de Cecelia Ahern e, para os fãs da escritora, a Editorial Presença está a fazer uma campanha de lançamento em que na compra do novo livro da autora o leitor pode adquirir os outros livros de Cecelia com 40% de desconto, até ao dia 13 de Outubro no site da Editora.

A Porto Editora publica, a 14 de Outubro, o primeiro volume de uma trilogia carregada de suspense: O fogo de Istambul

Título: O Fogo de Istambul
Autor: Jason Goodwin
Tradução: José Vieira de Lima
N.º de Págs.: 336
Capa: mole
PVP: 16,50 €

Considerado pelo New York Times «o thriller histórico perfeito», O Fogo de Istambul tem como protagonista Yashim Togalu, um detective eunuco da corte do Império Otomano que procura encontrar os responsáveis por uma vaga de crimes que têm vindo a ameaçar o poder na corte em Istambul.
O autor, Jason Goodwin, consegue recriar uma atmosfera de sensualidade e decadência na Istambul do século XIX, com os seus dois milhões de habitantes vivendo num dédalo de ruas e ruelas submersas na bruma, e ao mesmo tempo o esplendor e a magnificência do Império Otomano.
O Fogo de Istambul é o primeiro volume de uma triologia que alcançou um enorme sucesso internacional e cujos direitos de tradução foram vendidos para 38 idiomas.

O enredo

Estamos em 1836. A Europa modernizou-se e o Império Otomano tem de lhe seguir os passos. No entanto, poucos dias antes de o sultão Mahmud II proclamar um édito reformista, uma vaga de crimes macabros ameaça romper o frágil equilíbrio do poder na corte. Quem estará por detrás destas mortes?
Todos os indícios apontam para os janízaros, a antiga elite do exército otomano. Apenas um homem da inteira confiança do sultão poderá descobrir o enigma: esse homem é Yashim Togalu. Investigador insólito, amante de culinária e de romances franceses, possui a extraordinária capacidade de passar despercebido e ter acesso a todas as zonas do palácio, incluindo o harém do sultão. Conseguirá ele travar a conspiração que ameaça destruir o império?

O autor:
Jason Goodwin apaixonou-se por Istambul quando estudou História Bizantina na Universidade de Cambridge. Depois do sucesso do seu primeiro livro, decidiu fazer uma peregrinação a pé da Polónia até Istambul, e o relato dessa viagem, On Foot to the Golden Horn, valeu-lhe o Mail on Sunday Prize, que lhe foi atribuido em 1993. Intrigado com a influência do Império Otomano na Europa de Leste, e depois de uma investigação exaustiva, publicou o livro de referência Lord of the Horizons: a History of the Ottoman Empire. O Fogo de Istambul, primeiro livro de uma trilogia de romances protagonizados pelo detective Yashim Togalu, alcançou o reconhecimento da crítica e do público internacional, foi galardoado com o Edgar Award for Best Novel e traduzido para trinta e oito idiomas.

Críticas:
«Goodwin criou uma personagem inolvidável.» The Independent
«Ao lermos este romance histórico de Jason Goodwin, somos transportados num tapete mágico até ao local mais exótico da Terra.» New York Times Book Review
«A Istambul de 1830 renasce em pormenores emocionantes.» Sunday Telegraph
«Este romance arrebatador dá vida à Istambul do século XIX, e as descrições de Goodwin sobre a cidade são um deleite contínuo.» The Sunday Times

Guerra & Paz edita romance vencedor do Desmond Elliot Prize 2010: A Rapariga dos Pés de Vidro

Título: A Rapariga dos Pés de Vidro
Autor: Ali Shaw
Tradução: Ana Figueiredo
Nº de páginas: 312
Género: Ficção/ Romance/ Fantástico
Preço: 17,50€
Saída: 11 de Outubro

O romance de estreia de Ali Shaw, A Rapariga dos Pés de Vidro, vencedor do Desmond Elliott
Prize 2010, estará nas livrarias a partir de 11 de Outubro, com a chancela Guerra & Paz. Um livro
sobre dois jovens que se apaixonam mas também sobre o próprio amor: o seu poder, os seus limites e as suas consequências.

Ida Maclaird sofre de um mal misterioso e, ao mesmo tempo, assustador – o seu corpo está,
lentamente, a transformar-se em vidro, começando pelos pés. Ida regressa à Terra de Santo Hauda, onde acredita que tudo teve início, na esperança de encontrar o único homem que poderá ser capaz de curá-la. Esse homem é Midas Crook, um jovem solitário, que viveu toda a vida naquelas ilhas. Poderá o amor entre eles impedir que Ida se transforme totalmente em vidro?

«Um trabalho de grande talento e imaginação.» - THE WASHINGTON TIMES

Sobre a autora:
Ali Shaw nasceu em 1982 e cresceu na pequena cidade de Dorset. Formado em Literatura Inglesa e Escrita Criativa na Universidade de Lancaster, é livreiro e colabora na Biblioteca de Bodleian, em Oxford. Está actualmente a terminar o seu segundo livro.

CHERUB parte VII: Novo livro da colecção, depois da vinda do autor a Portugal, durante a Feira do Livro de Lisboa

Título: A Queda
Autor: Robert Muchamore
Tradução: Miguel Marques da Silva
N.º de Págs.: 368
Capa: mole
PVP: 12,90 €

Depois de, com a vinda de Robert Muchamore à Feira do Livro de Lisboa para o lançamento de Olho por Olho, a colecção CHERUB ter ganho ainda mais adeptos e maior visibilidade, a Porto Editora vai publicar, a 14 de Outubro, o sétimo livro da série, intitulado A Queda.
Durante a Feira, o Jornal de Notícias considerou-o «o escritor infanto-juvenil do momento». E não é para menos: são milhões de livros vendidos em todo o mundo e um mérito indesmentível – os títulos da colecção CHERUB põem, efectivamente, os jovens a ler. Dizem-no pais, professores e, principalmente, os próprios leitores, que escrevem regularmente para o sítio oficial português da CHERUB na Internet (www.mundocherub.com). Para a Porto Editora não podia, portanto, haver motivo de satisfação maior do que este.
À semelhança de todos os anteriores, o novo livro da CHERUB é ansiado pelos milhares de fãs da colecção. Só os registados no site oficial português são mais de sete mil e quinhentos.

A Queda
Quando uma missão organizada pelo MI5 corre de forma desastrosa, James Adams é obrigado a usar de todas as suas capacidades para escapar da Rússia com vida.
Entretanto, a sua irmã Lauren segue na sua primeira missão a solo para tentar desmascarar uma monstruosa operação de tráfico humano.
E quando James chega finalmente a casa, descobre que o seu pesadelo está apenas a começar.

A CHERUB
É o braço juvenil dos serviços secretos britânicos (MI5). O grupo foi criado a partir do pressuposto de que nenhum criminoso desconfiaria de que crianças perfeitamente normais pudessem ser espiões. Porém, os membros da CHERUB, embora o pareçam, não são jovens normais, mas sim profissionais treinados com rigor – todos eles órfãos –, enviados para missões de espionagem contra terroristas e traficantes de droga temidos internacionalmente.

Sobre o autor:
Robert Muchamore nasceu a 26 de Dezembro de 1972, em Islington, Inglaterra. Trabalhou durante treze anos como detective privado, mas abandonou a profissão para se dedicar à escrita a tempo inteiro.

Costuma levar quatro a cinco meses a escrever um livro, sendo que dedica o primeiro à pesquisa e o segundo à planificação da história. Só depois escreve. Segundo o próprio, tentar escrever aquilo que gostaria de ter lido aos 13 anos de idade foi a principal razão para a criação da colecção CHERUB.

BOOKSMILE: Colecções "Uma História Mesmo Bestial" e João Pastel com novas aventuras perigosas e hilariantes

Ulf, o pequeno lobisomem, está de regresso com uma nova aventura: O Caçador Contra-ataca. Depois do sucesso dos dois primeiros títulos lançados em Agosto (já em 2.ª edição), os quais receberam excelentes críticas por parte da imprensa, a colecção Uma História Mesmo Bestial continua a cumprir a sua missão: estimular a imaginação das crianças.
Convidar o jovem leitor a imaginar-se membro da Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade para com as Bestas (SRPCB), uma organização que tem como missão tentar salvar criaturas fantásticas, é então o mote para mais uma fascinante e perigosa aventura.
Coragem para enfrentar o perigo que espreita nesta nova missão, é condição obrigatória para viver intensamente a acção que se avizinha.
Uma História Mesmo Bestial tem como personagem principal Ulf, o pequeno lobisomem, que lidera uma equipa composta pelo gigante Orson, pela fada Tiana e pela Dra. Fielding, a veterinária da SRPCB.
O Caçador Contra-ataca é o terceiro título editado em Portugal pela BOOKSMILE e estará à venda a partir de 7 de Outubro. Trata-se de uma colecção de sucesso internacional já com cinco livros publicados. Lobisomem contra Dragão foi considerado, pelo jornal britânico The Times, um dos livros do ano para crianças.
Os autores, David Sinden, Guy Macdonald e Matthew Morgan, são amigos desde a infância e têm escrito várias colecções de sucesso em Inglaterra. Este livro tem tradução de Jorge Palinhos e revisão de Sara Belo Luís.

«A fantasia é a mãe da satisfação, do humor, da arte de viver. Apenas floresce alicerçada num íntimo entendimento entre o ser humano e aquilo que objectivamente o rodeia. Esse ambiente envolvente não tem de ser belo, singular ou sequer encantador. Basta que tenhamos tempo para a ele nos habituarmos, e é sobretudo isso que hoje em dia nos falta». Hermann Hesse

O mundo da fantasia e da imaginação em que vive o João Pastel não é o mais belo ou encantandor, pois é povoado por monstros, lobisomens, fantasmas, dragões ou trolls, mas é um mundo divertido, recheado de peripécias e que tão bem cumpre a sua função: contribuir para um crescimento saudável. Depois de João Pastel: A Professora Lobisomem e João Pastel: A Cozinheira Robô, a BOOKSMILE edita agora o n.º 3 da colecção (à venda a partir de dia 7 de Outubro: João Pastel: O Dragão da Escola. Trata-se de uma colecção de sucesso internacional, com seis livros publicados, e destinada a crianças a partir dos 7 anos. O autor, Michael Broad, foi várias vezes nomeado para prémios de literatura infantil, e João Pastel: A Professora Lobisomem foi um dos finalistas do Waterstone’s Children’s Book Prize. Esta é a colecção ideal para as crianças que estão a dar os primeiros passos na literatura infantil. Com tradução de Raquel Mouta e revisão de Sara Belo Luís.

«Querido leitor, fui eu, João Pastel, que fiz este livro todo. Fui eu que escrevi as histórias e fiz os desenhos todos, e demorei muito tempo. Falo aqui de todas as coisas estranhas que acabam sempre por me meter em sarihos. São coisas estranhas, TÃO ESTRANHAS, que as pessoas NUNCA acreditam em mim. Quando tento contar aos crescidos o que REALMENTE aconteceu, eles põem-se a abanar a cabeça e dizem: - NÃO TE PONHAS A INVENTAR HISTÓRIAS, QUE O TEU NARIZ AINDA COMEÇA A CRESCER! Mas eu não estou a inventar histórias. Tudo o que te vou contar agora é verdade. ACONTECEU MESMO.» Assinado João Pastel

Cada livro é composto por três histórias diferentes, acompanhadas por divertidas ilustrações e comentários hilariantes (PVP: 6,99 €).


Eu sou o João Pastel e estas são as minhas aventuras. É tudo verdade, mas aposto que não vais acreditar em mim. Afinal de contas, há algum dragão na cave da tua escola? Alguma vez descobriste um troll debaixo da tua cama? Ou já conheceste um fantasma todo matreiro? Acontecem-me cenas inacreditáveis! Três incríveis histórias vividas por João Pastel e nas quais ninguém acredita... nem mesmo os seus pais. Mas o João Pastel jura que tudo o que lhe acontece é verdade, e à medida que vai vivendo as suas aventuras desenha o que lhe vai na cabeça e vai fazendo divertidos comentários no seu inseparável bloco de notas. adconé a sua primeira história inacreditável Embora jure que são todas verdadeiras, os adultos nunca acreditam nele - mas o João Pastel não se importa, porque tem sempre outra aventura pelo caminho.