sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Novos livros com a Sábado

A partir de 2 de Setembro a revista Sábado vai possibilitar a compra de cinco obras-primas da literatura de viagens. Esta colecção é seleccionada por Carlos Vaz Marques, jornalista da TSF e crítica literário. Os livros custarão 5,95€, menos de metade do valor habitual nas livrarias, portanto vale bem a pena.


Título: Uma ideia da Índia
Autor: Alberto Moravia
Data de publicação: 2 de Setembro
«Quando Alberto Moravia percorre a Índia, em 1961, é um escritor famoso. Os romances que lhe dariam um lugar cimeiro entre os intelectuais italianos do século XX - "Os Indiferentes", "A Romana", "O Desprezo", "A Ciociara" e "O Tédio" - já tinham sido publicados. (...)
Em muitos aspectos, a Índia dos nossos dias já não será a Índia que Alberto Moravia visitou no princípio dos anos 60 do século passado. O escritor soube, no entanto, procurar nela os traços de uma identidade ancestral. Quase meio século depois de ter sido publicado (...), o que mantém este livro actual - para lá da prosa elegante de Moravia - é o mérito de escapar à pequena anedota circunstancial, que talvez lhe acrescentasse em colorido aquilo que lhe subtrairia em capacidade de ler os sinais profundos de uma cultura milenar.» - Carlos Vaz Marques

Título: Morte na Pérsia
Autor: Annemarie Schwarzenbach
Data de publicação: 9 de Setembro
«"Morte na Pérsia", livro escrito na primeira metade dos anos 30 mas que se manteria inédito até 1995, é um relato de viagens como nenhum outro. Annemarie parte para tentar escapar à ascensão alarmante do nazismo na Europa mas também à família, à infelicidade amorosa e à sua própria depressão. Empreende assim uma viagem em que se depara com a impossibilidade radical de fugir de si mesma. As paisagens persas adquirem as tonalidades da melancolia e da angústia da escritora. É esta viagem, simultaneamente por estrada e pelos atalhos mais recônditos da alma humana, que faz de "Morte na Pérsia" um livro comovente.» - Carlos Vaz Marques

Título: Paris
Autor: Julien Green
Data de publicação: 16 de Setembro
«Ficará para os exegetas da obra de Julien Green decifrar até que ponto terá sido relevante, para a relação do escritor com a cidade onde nasceu, o facto de ele ter querido manter-se estrangeiro nela até ao fim da vida. Estrangeiro, aqui, não é uma força de expressão, nem um recurso estilístico. Trata-se da descrição prosaica e factual do estatuto de cidadão norte-americano de que nunca abdicou.
(...)
Mais do que um texto atravessado por uma melancolia que tem qualquer coisa já de despedida, «Paris» será, acima de tudo uma declaração de amor, um álbum de memórias e um guia poético e pessoalíssimo sobre uma cidade transformada em personagem central não só deste livro como da própria vida do seu autor.» - Carlos Vaz Marques


Título: O Japão é um lugar estranho
Autor: Peter Carey
Data de publicação: 23 de Setembro
«Escrito com a destreza narrativa de um romancista de créditos firmados (vencedor do Booker Prize por duas vezes), este livro traz em si, também, a urgência da reportagem e a capacidade de observação do melhor jornalismo. Revela-nos aquilo a que muita gente ainda não terá dado a atenção necessária: que há uma nova geração de adolescentes ocidentais a crescer, nesta primeira década do século XXI, sob a influência da cultura popular japonesa. Peter Carey conduz o filho e é conduzido (levando-nos a nós também nessa viagem) pelos labirintos de uma cultura cheia de códigos mais ou menos impenetráveis para um estrangeiro. Uma cultura bem mais transparente para um adolescente familiarizado com os universos da manga e do anime do que para um adulto à procura de uma chave que se revela quase sempre "lost in translation".» - Carlos Vaz Marques

Título: Nova Iorque
Autor: Brendan Behan
Data de publicação: 30 de Setembro
«Excepcional e engenhoso monólogo, o livro de Brendan Behan é um solilóquio tão emotivo quanto humorístico sobre a cidade de Nova Iorque, que o autor considera (eu também) o lugar mais fascinante do mundo.
Nada – diz Behan – pode comparar-se a essa cidade eléctrica, que é o centro do universo. O resto é silêncio, flagrante obscuridade. "Depois de ter estado em Nova Iorque", diz Behan, "qualquer pessoa que regresse a casa dar-se-á conta de que o seu lugar de origem é bastante escuro."
A mim acontece-me sempre isto quando deixo Nova Iorque e regresso à minha cidade, e este livro de Behan é em parte culpado de isso me acontecer, porque o livro deixou em mim uma estranha "saudade" de bares onde nunca entrei.» - Enrique Vila-Matas, «Prefácio»

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Novidades Presença para a 2.ª quinzena de Agosto

Título: Às minhas filhas
Autor: Elizabeth Noble
P.V.P.: 19,50 €
Colecção: Grandes Narrativas
Nº na Colecção: 476
Data 1ª Edição: 17/08/2010
Nº de Edição:
Nº de Páginas: 400
Sinopse: Quando lhe é diagnosticado um cancro, Barbara Forbes sabe que não lhe resta muito mais tempo de vida. Com quatro filhas ainda muito dependentes do seu apoio, tem pela frente a difícil missão de as preparar para a grande perda que sabe que a sua morte significará para elas. Mas o seu legado revela também um segredo que guardou durante anos e que virá tumultuar toda a família. Com uma compreensão instintiva da relação mãe-filha, uma grande intensidade emocional e uma escrita soberba, este romance celebra a família, a amizade… e as infinitas possibilidades da vida.

Título: Chocky O Amigo Invisível
Autor: John Wyndham
P.V.P.: 12,90 €
Colecção: Lado B
Nº na Colecção: 10
Data 1ª Edição: 17/08/2010
Nº de Edição:
Nº de Páginas: 156
Sinopse: A família Grove já se tinha confrontado com a amiga imaginária da pequena Polly, a filha mais nova. Tinha sido um período atribulado mas, assim como viera, fora esquecido. Porém, quando já não seria de esperar, é Mathew que aos onze anos começa a ter estranhos diálogos com um personagem aparentemente imaginário. A princípio, os pais tentam não se preocupar, mas torna-se evidente que, longe de ser imaginário, aquele «amigo» possui características claramente alienígenas. A situação acaba por se descontrolar e Mathew fica exposto à atenção dos meios de comunicação e, mesmo, dos sombrios lobbies governamentais.

Título: Os Rostos do Mal
Autor: Ruth Newman
P.V.P.: 16,90 €
Colecção: O Fio da Navalha
Nº na Colecção: 108
Data 1ª Edição: 17/08/2010
Nº de Edição:
Nº de Páginas: 296
Sinopse: Um violento surto de homicídios em série está a tumultuar o prestigiado Ariel College, em Cambridge. Os alunos vivem num clima de suspeição e terror desde que foi encontrado o corpo da primeira colega assassinada. Nenhum aluno está a salvo, e Mathew Denison, o psiquiatra forense que colabora com a polícia na tentativa de desmascarar o assassino, sabe-o melhor que ninguém. Para chegar à verdade, Denison explora o subconsciente de Olivia Corscadden, a aluna que guarda na sua mente a identidade do homicida. Um thriller psicológico magnético, onde o realismo e o suspense da investigação criminal atingem proporções quase insustentáveis.

Título: A Resposta do Amor
Autor: Eva M. Selhub e Divina Infusino
P.V.P.: 16,50 €
Colecção: Orientações
Nº na Colecção: 56
Data 1ª Edição: 17/08/2010
Nº de Edição:
Nº de Páginas: 288
Sinopse: Embora o stress seja uma reacção natural e por vezes benéfica do nosso organismo, quando se manifesta intensamente, pode ter consequências devastadoras a longo prazo. Não estamos, porém, reféns destes efeitos destrutivos, uma vez que o nosso corpo também é capaz de produzir o antídoto que os permite inverter. Eva M. Selhub chamou a esse antídoto «a resposta do amor», uma série de reacções bioquímicas que, quando activadas, reduzem a pressão arterial, os batimentos cardíacos, o ritmo da respiração e os níveis de adrenalina. A autora explica neste livro como é possível alcançar o equilíbrio e o bem-estar através de exercícios que contribuirão para reprogramar as respostas do organismo às ameaças exteriores.

Título: 100 Regras para Enriquecer
Autor: Richard Templar
P.V.P.: 13,50 €
Colecção: 100 REGRAS
Nº na Colecção: 1
Data 1ª Edição: 17/08/2010
Nº de Edição:
Nº de Páginas: 188
Sinopse: Todos temos a secreta convicção de que o dinheiro nos pode trazer a felicidade. Mas poucos de nós conhecem a fórmula secreta que gere a dinâmica do enriquecimento. Richard Templar conhece-a a fundo e partilha-a connosco nesta obra, sob a forma de 100 regras de ouro, analisando os comportamentos, os estilos de vida e o know-how financeiro subjacentes ao processo que conduz à prosperidade. São orientações simples e sensatas que nos ajudam a gerar riqueza e a fazê-la crescer.


Título: Kenny e o Dragão
Autor: Tony DiTerlizzi
P.V.P.: 8,60 €
Colecção: Diversos
Nº na Colecção: 96
Data 1ª Edição: 17/08/2010
Nº de Edição:
Nº de Páginas: 168
Sinopse: O que fazer quando o nosso novo amigo foi considerado como um flagelo pela comunidade a que pertencemos e marcado como um alvo a abater? Perguntem ao Kenny, o jovem coelho. Foi o que aconteceu quando, na pequena aldeia de Roundbrook, se começou a ouvir falar de um dragão à solta pelos campos. O próprio Rei convoca um exterminador de dragões para tratar do assunto com a maior urgência.

Título: O pequeno livro do bom comportamento
Autor: Christine Coirault
P.V.P.: 7,50 €
Colecção: Diversos
Nº na Colecção: 95
Data 1ª Edição: 17/08/2010
Nº de Edição:
Nº de Páginas: 40
Sinopse: Foste convidado para a festa de aniversário? Vais brincar com um amigo? Ou vais ficar em casa com a tua família?
Então o que deves fazer?

Qualquer que seja a ocasião, as personagens bem-comportadas que aparecem neste livro vão mostrar-te o que deves e o que não deves fazer!

Saída de Emergência publica "As Serviçais" de Kathryn Stockett em Setembro

Título: As Serviçais
Autor: Kathryn Stockett
Género: Literatura Contempôranea
Palavras-Chave: Segregação racial, Movimento dos Direitos Civis, amizade, ódio, esperança.
Tradutor: Fernanda Semedo
Formato: 16 x 23 cm
Páginas: 464
Tiragem: 10000
PVP: 18,85€
Data de lançamento: 10 de Setembro de 2010

Um romance que vai fazer de si uma pessoa diferente.
Skeeter tem vinte e dois anos e acabou de regressar da universidade a Jackson, Mississippi. Mas estamos em 1962, e a sua mãe só irá descansar quando a filha tiver uma aliança no dedo.
Aibileen é uma criada negra, uma mulher sábia que viu crescer dezassete crianças. Quando o seu próprio filho morre num acidente, algo se quebra dentro dela. Minny, a melhor amiga de Aibileen, é provavelmente a mulher com a língua mais afiada do Mississippi. Cozinha divinamente, mas tem sérias dificuldades em manter o emprego… até ao momento em que encontra uma senhora nova na cidade.
Estas três personagens extraordinárias irão cruzar-se e iniciar um projecto que mudará a sua cidade e as vidas de todas as mulheres, criadas e senhoras, que habitam Jackson. São as suas vozes que nos contam esta história inesquecível cheia de humor, esperança e tristeza.
Uma história que conquistou a América e está a conquistar o mundo.

Sobre a autora:
O nome de Kathryn Stockett foi catapultado para a fama com o seu romance de estreia, As Serviçais, sobre a segregação racial na América sulista, na década de sessenta, e já é considerada a obra que maior sucesso conquistou nos últimos anos nos EUA. Natural do Mississippi, a autora
formou-se na Universidade do Alabama e vive atualmente em Atlanta, após ter trabalhado durante alguns anos em Nova Iorque, em edição de revistas.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Viver o Sonho - Josephine Cox [Opinião]

-->
Título: Viver o Sonho
Autora: Josephine Cox
Colecção: Contemporânea
Preço: 24.73€
Pp.: 304

Bonito, rico e carismático, Luke Hammond teria o mundo a seus pés. Porém, uma dupla tragédia arruinou a sua vida e perturbou a tranquila cidade de Blackburn. O único consolo na vida de Hammond, dono da fábrica Hammonds, é o precioso tempo em que se refugia em Ribble Valley e se dedica à pintura. A natureza solitária de Luke intriga Amy Atkinson, uma mulher gentil e prática, que, desconhecendo a identidade de Luke e os desgostos do seu passado, se sente atraída pelo homem de poucas palavras que todas as terças-feiras visita o café da sua maior amiga.
A amizade cresce entre os dois e tornam-se íntimos. Mas Amy está dividida entre a razão e o sentimento. Será Amy capaz de voltar a amar?

A minha opinião:
Em “Viver o Sonho” Josephine Cox brinca-nos com duas personagens singulares e divertidíssimas.
Por um lado temos Amy, uma rapariga bem formada, com uma família estável e exemplar, por outro temos Daisy, uma rapariga incrível, mas que vive com uns pais que não param de discutir, e que lhe causam bastante desgosto.
E é numa pacata localidade dos anos 30 que se desenrola “Viver o Sonho”. Um sonho compartilhado por estas jovens amigas de encontrar um homem certo, que lhes dê estabilidade e as faça feliz.
Amy tem uma relação estranha com os homens já que foi abandonada pelo ex-namorado pouco antes de casar e Daisy desespera para sair de casa.
No café onde Daisy trabalha aparece, todas as terças-feiras, um homem misterioso que as põe curiosas e é motivo das suas conversas. Quem será ele? Não fala com ninguém e quando sai deixa o dinheiro da despesa na mesa para não estabelecer qualquer contacto. No seu íntimo, Amy sonha com ele e, sem que o saiba, é também correspondida, mas essa relação está condenada ao fracasso.
O homem misterioso é Luke Hammond, um industrial rico, patrão do pai de Amy, casado com uma mulher completamente louca. As terças-feiras para Luke são o seu refúgio, servem para descansar e pensar em Amy.
Um estranho amor impossível, com um inesperado fim por parte da protagonista, que me agradou bastante, uma vez que foge ao estereótipo “e foram felizes para sempre”.