sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Para levar um sorriso a crianças no IPO:: Bulhosa e Leitura lançam campanha de Natal solidária


As livrarias Bulhosa/Leitura, em parceria com a Mind Source e a Operação Nariz Vermelho, lançaram este mês a campanha solidária Este Natal ofereça um livro com a Bulhosa/Leitura Books & Living e a Mind Source. Na compra ou doação de um livro nas lojas Bulhosa e Leitura, de 14 de novembro e 14 de dezembro, ajude a que crianças internadas nas alas pediátricas do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa e do Porto e no Hospital de Santa Maria tenham um Natal com mais cor e alegria. A entrega dos livros será efetuada pelos Doutores Palhaços da Operação Nariz Vermelho na próxima segunda-feira, 5 dezembro, no Hospital de Santa Maria e no IPO Lisboa e na quinta-feira, 15 de dezembro, no IPO Porto. A campanha inclui ainda a comercialização de merchandising alusivo ao Natal e os característicos narizes vermelhos da ONV, disponíveis em todas as lojas Bulhosa/Leitura, cujas vendas revertem na totalidade para a instituição. Seja o protagonista de um conto de Natal com a Mind Source, a Bulhosa e a Operação Nariz Vermelho.

Lojas Bulhosa presentes na Campanha de Oferta de Livros:

 Bulhosa books & Living Entrecampos

 Bulhosa books & Living Amoreiras

 Bulhosa books & Living Campo de Ourique

 Bulhosa books & Living Twin Towers
 Bulhosa books & Living Linda-a-Velha

 Bulhosa books & Living Cascais Villa
 Leitura books & Living Rua de Ceuta
 Leitura Books & Living Shopping Cidade do Porto

 Leitura Books & Living Museu de Serralves

 Leitura Books & Living Edificio do Lago II

Apresentação de "História Económica de Portugal 1143-2010" de Leonor Freire Costa, Pedro Lains e Susana Münch Miranda.

Depois do romance «Diário dos Infiéis», João Morgado lança «Meio-Rico» (E outros contos)

««Meio-Rico» é uma colectânea de contos que nos transporta para uma aldeia nos anos sessenta, plena de gente simples e intemporal. Uma aldeia pequena, cheia de pequenos mundos interligados, em que todos se conhecem e partilham vidas: - o ti’Alonso que tinha ganho fortuna e filosofia; a Cinderela que escolheu continuar a lavar escadas; o ti’A’rnesto infeliz por não ter filhos; o Manuel e a sua mercearia mágica com o livro de apontes; o homem que vivia a pensar na morte; a ti’Augusta lavadeira, que era mais amiga das águas que das pessoas; o Berto que tinha um sorriso elegante e se perdeu num furacão; o Tomé que era uma sacristão tomado pelo espírito santo do vinho; o velho Arménio que julgou assistir ao fim do mundo; o Belmiro que emigrou para uma prisão depois de matar um homem; e uma velha que fazia rezas e conversava com o diabo. São contos de ficção sobre gente simples, mas porque as conversas à lareira nas noites de inverno alimentam muitas memórias, por certo que as semelhanças com algumas realidades nem sempre serão coincidência.»



Porto de Encontro com Rentes de Carvalho

Autor de Ernestina e Os Lindos Braços da Júlia da Farmácia é o convidado da próxima sessão do ciclo de conversa com escritores.
No próximo dia 10 de dezembro, sábado, pelas 18:00, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, realiza-se a segunda sessão do “Porto de Encontro”, uma iniciativa do jornalista Sérgio Almeida que é promovida pelo Grupo Porto Editora, terá como convidado José Rentes de Carvalho.
Há uma enorme curiosidade em torno deste escritor transmontano há décadas
radicado na Holanda, onde goza de enorme prestígio literário. Apesar dos seus joviais 81 anos e de uma extensa bibliografia, só desde há poucos anos, quando começou a ser publicado pela Quetzal, é que o seu talento começou a ser conhecido pelo público e elogiado pela crítica. Obras como Com os Holandeses, Ernestina, A Amante Holandesa e Os Lindos Braços da Júlia da Farmácia alcançaram assinalável sucesso e conquistaram milhares de leitores.
Após o grande sucesso da sessão inaugural do “Porto de Encontro”, que teve a presença de Gonçalo M. Tavares, Sérgio Almeida terá agora a oportunidade de conduzir a conversa entre Rentes de Carvalho e os leitores por outros caminhos, sempre num registo de proximidade, familiaridade e descontração.
O ciclo de conversas “Porto de Encontro” tem como objetivo aproximar escritores e leitores, falando-se sobre livros mas também procurando dar a conhecer o lado mais pessoal dos autores convidados. Tratando-se de uma ideia original do jornalista Sérgio Almeida, esta iniciativa é promovida pelo Grupo Porto Editora e conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto, do Plano Nacional de Leitura, da Porto Cálem, do Jornal de Notícias, da Rádio Nova e do Porto Canal.

Encontros com Tiago Rebelo

Aos fãs de Tiago Rebelo, o escritor vai estar no domingo, 11 de dezembro: Bulhosa Bom Sucesso, Porto, 17h e na quinta-feira, 22 de dezembro, Leya na Buchholz, Lisboa, 18h30. É um excelente oportunidade para conhecer o autor de Breve História de Amor, o seu último livro.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Apresentação de "O Livro do Protocolo" de José de Bouza Serrano. Dia 5 de Dezembro, 18h30, Palácio das Necessidades

Novidade Casa das Letras: Tu és o meu coração de Alan Lazar

Título: Tu és o meu coração
Autor: Alan Lazar
PVP: 15€
N.º de Páginas: 324


Um romance terno e viciante sobre a Família, o amor perdido, e um cão que tenta encontrar o caminho de regresso a casa.

Sobre o Livro:
O maior receio do dono de um cão, de certa forma ainda pior do que o da morte de um animal de estimação querido, é que ele se perca, que desapareça durante dias, depois semanas, talvez para sempre. Tu És o Meu Coração é a história de Nelson, um cão que se deixa levar pela sua curiosidade e se perde, separando-se assim da sua dona.


Esta comovente história segue Nelson na sua caminhada de oito anos longe de casa até ao dia em que, milagrosamente, se reúne com a sua família. Durante esta jornada, Nelson conserva o espírito otimista e o desejo de reencontrar o seu Grande Amor, a sua primeira dona, uma pianista de nome Katey. Nelson nunca deixa de suspirar por ela e, por sua vez, Katey nunca deixa de o procurar.

O talentoso retrato que Alan Lazar faz das capacidades e da vida emocional de Nelson enaltece os extraordinários poderes mágicos dos cães, mostrando o quanto este pequeno rafeiro desengonçado, com um coração corajoso, nos pode ensinar, a nós, humanos. Esta história enternecedora sobre a família, a condição humana e a saudade, vai tocar bem fundo no coração de cada leitor e recordar o poder cicatrizante da sobrevivência e do amor persistente.

Sobre o Autor:
Alan Lazar nasceu na África do Sul, onde era teclista e produtor dos multipremiados Mango Groove, banda que atuou na tomada de posse de Nelson Mandela. Também compôs African Dream, nomeada para Canção da Década. Viajou para os Estados Unidos como bolseiro Fulbright completando o seu MFA na USC Film School. Compôs a banda sonora de mais de trinta filmes e espetáculos televisivos, incluindo a de O Sexo e a Cidade e Um Crime Americano. Atualmente é diretor da Lalela Music, uma produtora musical para filmes e séries televisivas. Vive com a família e os seus três cães em Los Angeles, na Califórnia. Tu És o Meu Coração é o seu primeiro romance.

Porto Editora lança: Cinco títulos infantis do extraterrestre favorito dos mais pequenos

Este Natal, pais e filhos vão querer ver, certamente, livros do Alfa nas listas de presentes de Natal. E não nos referimos aos livros que as crianças conhecem da escola, mas sim a cinco títulos infantis – da ficção às atividades – protagonizados por uma das personagens mais queridas do momento.
Contos de Natal, Histórias de 5 Minutos para Adormecer, A História do Alfa (este da autoria de Luísa Ducla Soares), Anedotas e Adivinhas e O Meu Diário Secreto são os títulos que acabam de chegar às livrarias.
Para 2012, estão previstos mais doze novos livros.

O PERCURSO DO ALFA
O Alfa é o protagonista de um projeto inovador que a Porto Editora decidiu criar, em 2009, para o 1.º Ciclo do Ensino Básico, e que marca uma rutura com o que até então se fazia. A simpática personagem amarela é um extraterrestre, nascido no planeta Maquineta, que chegou à Terra para aprender, ajudar a aprender e fazer amigos. Hoje, dá cara a manuais escolares e livros de apoio da Porto Editora para o 1.º Ciclo. No ano letivo 2011/2012, cerca de cento e cinquenta mil crianças trabalham com o Alfa. Os professores reconhecem a qualidade pedagógica do projeto e destacam frequentemente a importância do respetivo cariz lúdico. As atividades e passatempos educativos levados a cabo nas escolas tiveram impacto imediato e o sucesso começou a sentir-se também noutros contextos. Exemplo é a página do Alfa no Facebook, que rapidamente atingiu perto de quarenta mil seguidores.
Depois do êxito em contexto escolar, o projeto despertou o interesse de outras áreas. Em abril de 2011, surgiu o CD do Alfa, com músicas que ajudam na aprendizagem dos números e das formas geométricas. Resultado? Entrada para o Top 30 dos discos mais vendidos no país e o lançamento de um DVD com os videoclips. Agora aparecem livros do Alfa, em diferentes âmbitos: o lúdico, o da ficção e o das atividades.

O Natal é lindo! Enfeitam-se as casas e os pinheiros, trocam-se presentes e, lá no Polo Norte, o Pai Natal prepara-se para a grande noite.
As pessoas juntam-se para celebrar o nascimento de uma criança há muitos e muitos anos atrás… Para o Alfa, que veio de um planeta onde o Natal não existe, é um pouco difícil perceber as tradições desta época. Mas, este ano, os seus amigos prepararam-lhe uma surpresa maravilhosa!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Lançamento da «Colecção Clássicos em Modernos » hoje no Museu Jardim Escola João de Deus

Uma colecção criada para homenagear os grandes autores portugueses.

Nunca é demais lembrar aos jovens leitores que os bons escritores são intemporais e as grandes histórias nunca serão ultrapassadas pelo tempo. Num reino a ocidente da Europa, na Idade Média, viveu Jordi, o Príncipe Perfeito.
Belo, inteligente, valente, exímio nas artes da guerra e da cavalaria, apaixona-se perdidamente por Isabel de Leão, tão formosa como não há memória de outra igual.
Parece um conto de fadas com um final sem surpresa. Parece, mas não é. Luísa Beltrão descreve o terrível pesadelo que irrompe no cenário glorioso da corte da Portucalícia. Conta-nos a aventura em que se aprende a espinhosa lição de ser humano. Revisitando a obra de José Régio, O Príncipe de Orelhas de Burro, a autora oferece-nos o mistério, a magia e a descoberta da natureza humana. Porque ainda é a ler estas histórias que se aprende muito sobre nós.
«Enquanto José Régio cria uma novela onde o tempo da história parece ausente, talvez esperando que seja uma história de todos os tempos, a autora, sem nunca desvirtuar o espírito do escritor, transporta-nos à Idade Média para vermos, como se fosse num espelho, a sociedade que ainda hoje temos».
Maria da Conceição Coutinho Bueso Professora e advogada


Nunca é demais lembrar aos jovens leitores que os bons escritores são intemporais e as grandes histórias nunca serão ultrapassadas pelo tempo. Será que nos dias de hoje ainda há fidalgos, alcoviteiras e judeus com o mesmo comportamento das personagens de Gil Vicente no seu Auto da Barca do Inferno? Isabel Zambujal descobriu-os em pleno séc. XXI e seguiu-lhes os passos até ao Cais. Cinco séculos depois, os defeitos e virtudes dos passageiros mantiveram-se. Relendo a genialidade de Gil Vicente, a autora não resistiu a abusar do humor e da imaginação. Porque ainda é a rir que se castigam os costumes.

«Inspirada em Gil Vicente, cujo pensamento interpretou magistralmente, Isabel Zambujal mostra-nos de uma forma divertida e quase lúdica o país que somos e em que sociedade nos movimentamos. Vamos descobrir com que olhar, ao mesmo tempo acutilante e subtil, a autora vê este nosso mundo do início do século XXI»
Maria da Conceição Coutinho Bueso, Professora e advogada

Sobre a autora:
Nasceu em Lisboa, em 1965. Sente-se no céu a brincar com as palavras e por isso sempre trabalhou como copywriter em agências de publicidade. Em 2001, decidiu juntar três coisas que muito gosta - viagens, crianças e escrever - e nasceram os Saltinhos, a sua primeira colecção de literatura infantil, presente no Plano Nacional de Leitura e distinguida pelo ICA para a produção de uma série de animação. A Menina que Sorria a Dormir, Histórias Escritas na Cara e a colecção Grandes Compositores, já traduzida em Espanha e na Bélgica, são apenas alguns títulos da sua autoria. Como lhe agrada embarcar em novos mundos, estreou-se no universo dos adultos com um delicioso conto para o livro Chocolate - Histórias Para Ler e Chorar Por Mais e prepara-se para ver as suas histórias adaptadas ao teatro. Hoje desempenha as funções de supervisora criativa na Ogilvy Portugal e passa pouco tempo parada no cais.

Clube do Livro SIC - Novembro: «Heróis da História de Portugal»

Título: «Heróis de Portugal Como Nunca Foram Contados»
Autor: Pedro Marta Santos
Ilustrador: Tiago Gonçalves
Nº de páginas: 280 (a cores), com mais de 40 ilustrações
PVP: 14,99€
Clube do Livro SIC
Data de saída: 29 de Novembro

O que é um herói? Será alguém que sofreu e superou algum tipo de provação, como Nun'Álvares Pereira, herói de Aljubarrota, ou Fernão Magalhães, obstinado em provar que se podia, por mar, dar a volta ao mundo? E não será herói Luís de Camões, que sobre si mesmo se fecha para escrever Os Lusíadas? Ou Aristides Sousa Mendes por ter preferido seguir um imperativo ético em vez de se submeter ao poder de Salazar?
Neste tempo de descrença e pessimismo, Pedro Marta Santos dá-nos, com emoção e verdade, a história de 19 Heróis da História de Portugal. São 19 histórias que nos contam a História como nunca tinha sido contada.
«Heróis da História de Portugal» é o livro do reencontro com as nossas figuras maiores: com as aventuras e com as suas imagens. Uma obra para ser lida pelo grande público, com uma linguagem que vai reconciliar os estudantes com a História.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Amanhã, lançamento de "Casa Feliz" de Maria Barros. Apresentação Por Ana Marques e Carla Albano. Hotel RITZ

Clube do Autor publica Eu sou Bolaño

Título: Eu sou Bolaño
Autor: Celina Manzoni
PVP: 15,80 €
N.º de Páginas: 244

«Depois de ter lido Bolaño a nossa vida muda um pouco. Não se pode esquecer aquilo que ele deixou escrito, e que é uma tempestade, uma torrente, um delírio, como deve ser a literatura.» Francisco José Viegas

Esta obra demonstra que Roberto Bolaño realizou, em relativamente pouco tempo, um feito que muitos autores perseguiram: criar o seu próprio público. A ideia de reunir em livro um conjunto de textos disperso por jornais e revistas de vários países visa proporcionar aos leitores de Bolaño um material informativo importante sobre a sua vida e obra. A escrita de Bolaño é reveladora de uma estética nova, que supera modelos esgotados, tanto da denominada literatura realista como da fantástica. Nos seus livros está patente a incorporação do político em registos narrativos que recuperam tradições universais complexas e uma cultura da errância que inaugura cartografias culturais de espaços revisitados (sejam eles grandes ou pequenas cidades), de zonas de paisagem físicas e metafóricas que afectam os corpos e as palavras. Eu Sou Bolaño inclui contribuições de vários escritores e textos inéditos de Bolaño, como o discurso de aceitação do Prémio Rómulo Gallegos, proferido em Caracas, e uma breve reflexão do próprio sobre o romance premiado e a sua biografia.

O livro inclui textos de: Roberto Bolaño; Enrique Vila-Matas; Marcelo Cohen; Ignacio Echevarría; Juan Antonio Ródenas; Ezequiel De Rosso; Rodrigo Pinto; Juan Villoro; Roberto Brodsky; María Antonieta Flores; Carmen Boullosa; Elvio Gandolfo; Leonardo Tarifeño; Patricia Espinosa; Gonzalo Aguilar; Joaquín Manzi; Mihály Dés; Alejandro Zambra; Andrea Cobas Carral

Sobre Roberto Bolaño:
Poeta e romancista, nasceu na capital chilena, Santiago, em 1953. A sua infância foi passada em várias cidades chilenas, até que, aos quinze anos, a família mudou-se para a Cidade do México. Ligado a um grupo trotskista, o escritor envolveu-se activamente na política e abandonou o liceu, seguindo para El Salvador. De regresso ao México, em 1974, fundou com um grupo de amigos o Infra-realismo, um movimento literário que tenta combater a chamada «cultura oficial». Durante os anos 70, Bolaño viajou pela Europa e acabou por fixar residência em Espanha, com a mulher e os dois filhos. O autor dedicou os últimos dez anos de vida à escrita, de uma forma febril, até à morte (em Barcelona, em Julho de 2003), aos cinquenta anos.
«Sou muito mais feliz a ler do que a escrever.»Roberto Bolaño

Sobre Celina Manzoni:
Doutorada em Letras, é investigadora do Instituto de Literatura hispano-americana e professora de Literatura latino-americana na Universidade de Buenos Aires. Publicou inúmeros artigos em revistas especializadas da América e da Europa. A sua obra Un Dilema Cubano: Nacionalismo y Vanguardia obteve, em 2000, o Prémio de Ensaio da Casa de las Américas. É ainda autora das obras El Mordisco Imaginário e El Presídio Político en Cuba – Último Diario y otros Textos.

Esta quarta, 30:: Margarida Noronha modera 'Tertúlia das Pequenas Leituras' na Leitura

A Leitura Shopping Cidade do Porto promove, esta quarta-feira, 30 de novembro, às 21h30, mais uma Tertúlia das Pequenas Leituras… para os grandes falarem dos livros dos pequenos. A sessão é moderada por Margarida Noronha.
Margarida Noronha é actualmente Directora Editorial da Kalandraka Portugal e co-lecciona, como especialista convidada, o módulo de “Edição de Livro Infantil” na Pós-Graduação em Livro Infantil da Universidade Católica de Lisboa. Foi Assistente Editorial nas Edições Afrontamento, entre 2002 e 2007, e integrou o Departamento de Livros da FNAC Portugal, na secção de Importação de Arte e Literatura, de 1999 a 2001. É, além disso, tradutora e revisora, tendo colaborado com várias revistas e editoras. Estudou Línguas e Literaturas Modernas na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

Apresentação Teodorico e as Mães Cegonhas, 29 de Novembro, Storytailors Atelier, 19h