sexta-feira, 4 de junho de 2010

Resultados do passatempo "Mário, o teu humor está no armário"

Obrigada a todos que participaram no passatempo "Mário, o teu humor está no armário" realizado entre o Marcador de Livros e a Vogais & Companhia Edições, num total de 101 participações.

Os felizes contemplados foram:
1 - Joana Ferreira (Porto)
55 - Miriam Reis (Póvoa do Varzim)
69 - Ermelinda Godinho (Serpa)

Além de o seu nome figurar no blogue, os contemplados foram ainda avisados através de email

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Angelologia - Danielle Trussoni [Opinião]

Título: Angelologia
Autor: Danielle Trussoni
Data 1.ª Edição: 02/06/2010
N.º de Edição: 1.ª
N.º de Páginas: 588
P.V.P.: 18,00 €

Colecção: Via Láctea
N.º na Colecção: 86

Sinopse:
Desde o início dos tempos que os nefilins, a raça que descende de anjos e humanos, procura dominar a humanidade semeando o medo, provocando guerras e infiltrando-se nas mais poderosas e influentes famílias da história. Apenas a sociedade secreta de angelologistas, com os seus conhecimentos ancestrais, tem conseguido detê-los. Agora, a Irmã Evangeline do Convento de Santa Rosa, no estado de Nova Iorque, está prestes a juntar-se a eles. Mas conseguirá ela resistir ao imenso poder dos nefilins e evitar o apocalipse? Uma narrativa vigorosa, complexa e inteligente que funde elementos bíblicos, míticos e históricos e envolve o leitor da primeira à última página.


A minha opinião:
-->
Apesar de a literatura fantástica não ser muito do meu agrado, surgiu a oportunidade de ler Angelologia de Danielle Trussoni e posso dizer que não fiquei nada arrependida. Ao contrário do que estava à espera, Angelologia não trata apenas do fantástico, mencionando anjos e nefilins. Angelologia é uma aventura constante, que me fez lembrar os livros de Dan Brown ou até mesmo do português José Rodrigues dos Santos. Só tem, a meu ver, um lado que não posso dizer negativo, mas menos bom, que é a sua extensão. Ao longo de 588 páginas o livro torna-se um pouco repetitivo e, por vezes, monótono. Mas nada que não valha a pena ler.
A troca de correspondência entre a abadessa do Convento de Santa Rosa, a Madre Innocenta e Abigail Rockefeller, nos anos de 1943-1944, vai fazer com que Verlaine, um investigador contratado por Percival Grigori, conheça Evangelina, uma jovem e linda freira de 23 anos, responsável pela biblioteca do Convento.
Após um incêndio no convento em 1944, do qual resultaria a morte da madre, os Rockefeller fariam um generoso donativo para a sua reconstrução, o que muito intrigou Verlaine, amante da arte e de tudo o que estivesse envolvido com esta famosa família norte-americana.
Algo misterioso até porque Abigail Rockefeller não era católica.
Sem saber, Evangelina descende de uma família de Angelologistas e é a partir do contacto com Verlaine que vai ficar a conhecer o passado da sua família, as suas raízes e também o segredo que comporta todo o convento e as suas colegas freiras. Celestine, uma das freiras do convento, carrega em si um grande segredo. Também angelologista, é ela que vai contar a história do movimento a Evangeline assim como o seu conhecimento com Gabrielle, avó de Evagenline.
É assim que Evangeline começa a saber todo o trabalho que tem vindo a ser feito para proteger a humanidade dos perigosos Nefilins (resultado do cruzamento de anjos com humanos) e da procura pela lira de Orfeu, único instrumento dotado de poder de fazer regressar os Nefilins a um estado de pureza angelical que não se via na Terra desde a época dos vigilantes.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Passatempo "Angelologia"

O blogue Marcador de Livros, em conjunto com a Editorial Presença, tem para oferecer 1 exemplar do livro de Danielle Trussoni, Angelologia.

Para tal, basta responder correctamente às seguintes questões:

1 - Como se chama a irmã do Convento de Santa Rosa?
2 - Qual foi o livro escrito por Danielle Trussoni que foi seleccionado como um dos dez melhores livros de 2006 pelo The New York Times Book Review?
3 - Os direitos cinematográficos de Angelologia foram adquiridos pela Columbia. Quem vai produzir o projecto?


Regras do Passatempo:
- O passatempo decorre até às 23:59 do dia 8 de Junho.
-
Para participarem terão de enviar um email para marcadordelivros@gmail.com com as respostas, juntamente com os seus dados pessoais (nome e morada).
- Os premiados serão sorteados aleatoriamente e o nome dos vencedores
será publicado neste blogue e os mesmos serão avisados por email.
- Só serão permitidas participações a residentes em Portugal e apenas uma por participante e residência.


Pode encontrar as respostas ao passatempo aqui

terça-feira, 1 de junho de 2010

Novidades Saída de Emergência para Junho

Título: A Espada de Zagan
Autor: Clark Ashton Smith
Género: Jovem Adulto / +14
Palavras-chave: Jovens, Perigo, Batalhas, Amor, Ação, Aventura
Tradutor: João Henrique Pinto
Páginas: 176
Tiragem: 1000
PVP: 13,99 €
Lançamento: 11 de Junho de 2010

Em pleno ambiente das Mil e Uma Noites, dois jovens arriscam a morte e enfrentam o perigo em peripécias e batalhas para conquistar o amor de uma jovem de beleza singular: Fatima, a sobrinha do poderoso Sultão.
Num ambiente mágico e apaixonante, “A Espada de Zagan” faz-nos sonhar com palácios e a vida exótica nas cidades atribuladas do Médio Oriente. Um livro repleto de ação e aventura, com descrições de tirar o fôlego.

“A Espada de Zagan” é um dos grandes clássicos da literatura e foi escrito por Clark Ashton Smith nos seus anos de juventude. Mais tarde, Ashton Smith veio a tornar-se um dos escritores mais importantes dos inícios do séc. XX.

Sobre o autor:
Clark Ashton Smith (1893-1961), ao longo da sua carreira de 50 anos, tornou-se um dos principais poetas e autores de ficção dos E.U.A., tendo as suas histórias de Zothique, Hyperborea, Averoigne e outros, ganho uma audiência internacional. Mais tarde na sua vida tornou-se amigo de W. C. Farmer a quem deu os manuscritos dos trabalhos publicados neste volume.

Título: O Castelo de Gormenghast
Autor: Mervyn Peake
Género: Lit. Fantástica
Palavras-Chave: Fortaleza, Rituais ancestrais, Ambição, Poder, Insanidade
Tradutor: José Manuel Lopes
Páginas: 464
Tiragem: 800
PVP: 21,95 €
Data de Lançamento: 18 de Junho de 2010

O imenso castelo de Gormenghast é governado pela família Groan desde
tempos imemoriais. Titus, o novo senhor da fortaleza e orgulhoso descendente de uma nobre linhagem, prepara-se para uma vida preenchida por rituais ancestrais e formalidades complexas. Mas estranhas e inesperadas circunstâncias despertam-lhe o desejo de conhecer o mundo para lá do labirinto de pedra que encerra a sua vida.
Nas sombras das torres antigas, Steerpike, um jovem sinistro e traiçoeiro, continua a ambicionar o poder dentro de Gormenghast. Mas Titus apercebe-se da sua natureza maquiavélica e o confronto torna-se inevitável. Para as estranhas personagens que habitam o castelo, habituadas a séculos (e talvez milénios) de rotinas, nada mais será o mesmo.

“Um vocabulário vastíssimo e personagens maravilhosas neste mundo denso e desmoronado de Gormenghast. Sublime!” — The Times

Sobre o autor:
Mervyn Peake nasceu em 1911 em Kuling, no sul da China, onde o seu pai era médico missionário. Alguns meses depois a sua família mudou-se para Tientsin, uma cidade mais a norte. Peake estudou no Tientsin Grammar School e mais tarde em Londres. Durante a Segunda Guerra Mundial, enquanto servia no exército, estabeleceu uma reputação de exímio ilustrador com os desenhos que fez para Ride a Cock Horse (1940), The Hunting of the Snark (1941) e The Rime of the Ancient Mariner (1943). Titus, O Herdeiro de Gormenghast, foi publicado em 1946,
seguido por Gormenghast em 1950 e Titus Alone em 1959. Morreu em 1968 sem nunca lhe ter sido reconhecido o génio que hoje é incontestável.

Título: Os Melhores Contos de H.P. Lovecraft - vol 5
Autor: Howard Phillips Lovecraft
Género: Horror Clássico / Fantasia
Palavras-Chave: Monstros, Loucura, Visões
Tradutor:
José Manuel Lopes
Páginas: 288
Tiragem: 900
PVP: 18,85 €
Data de Lançamento: 18 de Junho de 2010

O mestre do horror clássico está de volta com contos que ajudaram a moldar a definição de horror na literatura. Com tradução do Prof. José Manuel Lopes, este é mais um volume que ficará para a história do género em Portugal.
“Cresci com Lovecraft e a sua obra continua presente no meu trabalho.” — Peter Jackson, realizador de O Senhor dos Anéis.
“Uma obra tão importante como a de Edgar Allan Poe ou
Tolkien.” — Robert Bloch, autor de Psycho.

Sobre o autor:
Howard Phillips Lovecraft nasceu em Providence, Rhode Island, a 20 de Agosto de 1890. A carreira de Lovecraft como escritor profissional foi largamente comprimida num período de dezasseis anos. Permaneceu virtualmente desconhecido excepto para as pequenas audiências
de pulp magazines como a Weird Tales onde o seu trabalho foi publicado. Os magros rendimentos da escrita não chegavam para reforçar os rendimentos de uma empobrecida herança, e ele continuou a escrever anonimamente para outros autores. Ao mesmo tempo animou um pouco a sua monótona existência com uma extensa troca de correspondência com outros escritores e leitores de ficção fantástica. Quando uma combinação de cancro e nefrite reclamou a sua vida aos
quarenta e seis anos de vida, a perda foi sentida por todos os amigos, muitos conhecendo-o apenas como correspondentes.

Título: O Mago - Mestre (Vol II)
Autor: Raymond E. Feist
Género: Lit. Fantástica
Palavras-Chave: Legado, Poder, Destino, Guerra, Mago, Luta, Captura
Tradutor: Cristina Correia
Páginas: 416
Tiragem: 5000
PVP: 19,95 €
Data de Lançamento: 11 de Junho de 2010

A paz é já uma memória esbatida para os povos de Midkemia. A guerra
continua, mas Pug e Tomas seguem rumos diferentes. Tomas herda um
legado de grande poder oriundo de uma civilização antiga. Mas uma luta
interna leva-o a duvidar sobre qual deverá ser o seu destino. Por outro lado Pug, após ter sido capturado, é levado para as exóticas terras de Kelewan e irá aprender a dominar a dualidade do seu enorme poder. Pug é agora Milamber. E terá que enfrentar um inimigo mais antigo do que o
próprio tempo. Entretanto, o Reino estremece com a ascensão de Guy de Bas-Tyra e tem início uma nova disputa pelo trono.

Sobre o autor:
Raymond E. Feist, é um dos nomes mais importantes de todos os tempos no que diz respeito à literatura fantástica. Nasceu no Sul da Califórnia e vive em San Diego. Estudou na Universidade de San Diego, onde se licenciou com honras, em Ciencias da Comunicação em 1977.
Tendo sido traduzido em mais de 23 países, O Mago é a sua primeira obra-prima e a base para toda a sua vasta obra, que atinge constantemente as listas de bestsellers do New York Times e Times of London. Quando não está a escrever, Raymond é um coleccionador de DVDs, estudioso da história do futebol, fã de ilustração e um grande apreciador de bons vinhos.


Título: O Verdadeiro Dr. Fausto
Autor: Michael Swanwick
Género: Literatura Fantástica
Palavras-Chave: Pacto com o Diabo, conhecimento ilimitado, revolução industrial e tecnológica, amor condenado
Tradutor: Luís Filipe Silva
Páginas: 272
Tiragem: 1500
PVP: 18,80€
Data de Lançamento: 11 de Junho de 2010

A lenda diz que Fausto vendeu a alma ao Diabo em troca de conhecimento
ilimitado. Nesta brilhante subversão do mito faustiano por Michael Swanwick, Fausto está em guerra com Deus por ocultar dos humanos o sentido da vida, e deixa-se tentar pelo demónio sedutor que lhe oferece os segredos do voo e do cosmos, os princípios da economia e engenharia, os mistérios da medicina e do átomo.
Assim se inicia a transição de Fausto de louco a salvador, ao acelerar o progresso humano e precipitar uma nova era de mecanização centenas de anos antes do seu tempo. Mas é então que surge Margaret Reinhardt, e o amor monta uma armadilha a Fausto. Conseguirá o seu amor por Margaret sobreviver incólume à brutalidade e ganância de um mundo que caminha rapidamente para o caos… ou algo pior?

Sobre o autor:
Um dos mais prestigiados escritores no
campo da literatura fantástica, o norteamericano
Michael Swanwick é autor de uma novela, uma antologia de contos e quatro romances, incluindo Stations of the Tide que venceu um prestigiado Nebula e The Iron Dragon’s Daughter que recebeu uma nomeação para o World Fantasy Award. Swanwick vive com a mulher e o filho na Filadélfia, EUA.

Novidades Camões & Companhia: "Um instante ao vento"

Título: Um instante ao vento
Autor: André Brink
Género: Literatura Contemporânea
Palavras-chave: Apartheid, discriminação racial, escravatura, África do Sul, tirania
Tradutor: Alberto Simões
Páginas: 272
Tiragem: 1800
PVP: 18,80 €
Data de Lançamento: 11 de Junho de 2010

Uma mulher branca e um homem negro perdidos na selva do interior sul-africano. Ela é uma mulher educada e totalmente indefesa no meio da selva; ele é um escravo foragido, o elemento mais baixo aos olhos da sociedade do século XVIII. Ambos se conhecem apenas a si mesmos… e vão percorrer um longo caminho de regresso à civilização.

“Os escritores e intelectuais da nossa sociedade foram elementos-chave para enfrentar e quebrar a tirania do silêncio. As suas obras continuaram a demonstrar, mesmo nos anos mais negros, que as vozes sul-africanas da justiça e razão não seriam silenciadas.”
NELSON MANDELA

Sobre o autor:
André brink nasceu em 1935 na África do Sul, e é um dos autores sul-africanos mais reputados da actualidade. Poeta, ensaísta, romancista e professor de inglês na Universidade da Cidade do
Cabo, ganhou notoriedade nos anos sessenta por obras que denunciavam a injustiça do apartheid. Escreve os seus livros na língua afrikaans, mas com a censura do governo sul-africano, começou
a escrever simultaneamente em inglês, obtendo aclamação internacional.

Novidades Chá das Cinco: "Helena de Tróia" - Volume II e IIII

Título: Helena de Tróia - Volume II de II
Autor: Margaret George
Género: Romance Histórico
Palavras-chave: Antiguidade clássica, guerra, traição, amor eterno, tragédia.
Tradutor: Isabel C. Penteado
Páginas: 352
Tiragem: 3000
PVP: 18,85 €
Data de Lançamento: 11 de Junho de 2010

Filha de um deus, mulher de um rei, prémio da guerra mais sangrenta
da Antiguidade, Helena de Tróia inspira artistas há milénios. E Margaret
George dá nova vida ao grande conto homérico pondo Helena a narrar a própria história.
Através dos seus olhos e da sua voz, vivemos a descoberta da jovem Helena sobre a sua origem divina e beleza avassaladora. Pouco mais do que uma menina, Helena casa-se com Menelau, rei de Esparta, e dá-lhe uma filha. Aos vinte anos de idade, a mulher mais bela do mundo estava resignada com um casamento desapaixonado — até encontrar o atraente príncipe troiano,
Páris. E quando os apaixonados fogem para Tróia, guerra, assassínio e tragédia tornam-se inevitáveis. Em Helena de Tróia, Margaret George capturou uma lenda intemporal num conto hipnotizante acerca de uma mulher cuja vida estava destinada a criar conflito… e a destruir civilizações.

Sobre a autora:
Margaret George, uma americana de décima geração, é autora de alguns dos romances históricos mais aclamados dos últimos anos. Quando não está a fazer pesquisa em lugares como o Egipto,
Israel, Roma ou Inglaterra, podemos encontrá-la em Madison, no estado do Wisconsin, onde vive há muitos anos com o seu marido.

Novidades Europa-América para Junho - destaque para dois livros de Mark Twain

Título: Viagem Extraordinária no Continente das Epopeias – Vol. I
Autor: Arthur Ténor
Colecção: Europa-América Juvenil
Preço: 15.90€
Pp.: 168

TERCEIRO LIVRO DA SAGA «VIAGEM EXTRAORDINÁRIA»

Thédric Tibert, o intrépido explorador dos mundos imaginários, recebeu um pedido de socorro de Lizlide, a elfa da Floresta de Esmeralda.
Dando somente ouvidos à voz do seu coração, Thédric regressa ao reino das Sete Torres, com o objectivo de a salvar. É nessa altura que descobre que ela foi raptada por um misterioso traga-almas que planeia divertir-se muito à custa dos dois heróis. Este monstro recebe-os no continente de todos os perigos: o Continente das Epopeias...

Título: O Vampiro Lestat - I
Autora: Anne Rice
Colecção: Obras de Anne Rice
Preço: 20.89€
Pp.: 256
* Relançamento com nova capa

A mãe de todos os vampiros!

Lestat, personagem de Entrevista com o Vampiro, tem uma história para contar. O segundo volume da saga «Crónicas dos Vampiros» acompanha Lestat ao longo de várias eras, à medida que ele procura as suas origens e desvenda o segredo da sua obscura imortalidade. Extravagante e apaixonado, Lestat mergulha nos lascivos lupanares de Paris do século XVIII, na Inglaterra dos druidas e na Nova Orleães finissecular.
Após um sono profundo de cinquenta e cinco anos, Lestat está fascinado pelo mundo moderno. Quando quebra o código de honra dos vampiros, que lhes impõe o silêncio sobre a sua condição, Lestat revela-se na esperança de que os imortais se ergam e se unam para descobrirem o mistério da sua existência. E é então que Lestat, o caçador, se transforma numa presa.

Sobre a autora:
Anne Rice é a autora consagrada de vários best-sellers na área da literatura de fantasia e gótica. Entre êxitos como A Rainha dos Malditos e A Hora das Bruxas, alcançou a notoriedade com Entrevista com o Vampiro, um clássico que redefiniu e foi adaptado ao cinema por Neil Jordan.

Título: As Aventuras de Tom Sawyer
Autor: Mark Twain
Colecção: Clássicos
Preço: 18.32€
Pp.: 228

Edição inserida nas comemorações do centenário da morte de Mark Twain

As Aventuras de Tom Sawyer (1876), o clássico de Mark Twain, narra as aventuras de um jovem rapaz no Sul dos EUA, antes da Guerra da Secessão.
Tom vive com a sua tia Polly e o seu meio-irmão Sid na cidade de St. Petersburg, nas margens do Mississípi. Em várias tropelias e aventuras, Tom e os seus amigos procuram tesouros em casas assombradas, escondem-se numa ilha deserta e anseiam ser piratas e ladrões. E quando Tom e Huck visitam à noite um cemitério, pois crêem que tal passeio é uma cura milagrosa para as verrugas, e testemunham um assassinato, não têm outro remédio senão fugir de St. Petersburg.
Obra clássica de Mark Twain, As Aventuras de Tom Sawyer é um dos mais vivos retratos das aventuras da infância e da juventude e conserva a sua frescura e vivacidade. Em suma, uma obra intemporal.

Sobre o autor:
Mark Twain é o pseudónimo literário de Samuel Langhorne Clemens (1835-1910),
popular autor americano e jornalista famoso pelo seu humor. Foi tipógrafo e piloto de barcos a vapor no Mississípi durante a guerra civil americana. Escreveu livros de viagens e celebrizou-se com as obras As Aventuras de Tom Sawyer e As Aventuras de Huckleberry Finn.

Título: O Roubo do Elefante Branco e Outras Histórias
Autor: Mark Twain
Colecção: Livros de Bolso – Série Grandes Obras
Preço: 9.55€
Pp: 216

Edição inserida nas comemorações do centenário da morte de Mark Twain

O Roubo do Elefante Branco, originalmente um conto publicado em 1882, narra a história peculiar de Hassan Ben Selim Ebu Bhudpoor, um elefante branco que percorre o longo caminho que separa a Índia da Inglaterra. Quando a corpulenta oferenda do rei do Sião à monarca inglesa desaparece em Nova Jérsia, resta ao inspector nova-iorquino Blunt e às suas forças policiais descobrir o paradeiro do infeliz Hassan.



Título: Como Ser um Óptimo Pai Divorciado
Autores: Simon Baker e Alley Einstein
Colecção: Saber Viver
Preço: 18.72€

É altamente improvável que consiga ver algo de bom na situação infeliz em que se encontra. Mas há realmente um aspecto positivo nisto tudo. Você e as suas crianças embarcaram numa nova aventura juntos. Se agir da maneira correcta, irá alterar a vossa relação, que se tornará uma ligação extremamente positiva, a um nível muito mais profundo.
Enquanto divorciado, pode ter uma relação com as suas crianças ainda melhor do que a que tinha durante o casamento. Este é um facto que vale a pena lembrar e alcançar.
Não, não vai ser fácil no princípio, mas vai tornar-se gradualmente mais fácil.
Escrito por um pai divorciado para outros pais divorciados, este livro revela que há coisas com as quais vai ter de aprender a lidar, como algumas situações que deixava sempre a sua ex-mulher resolver. Mas esta é uma fase da sua vida que irá deixar para trás. E quanto mais se concentrar em pôr as crianças em primeiro lugar e em manter uma relação do tipo «estritamente
profissional» com a sua ex mais depressa isso vai acontecer.


Título: O Limiar da Sombra
Autor: Joseph Conrad
Colecção: Livros de Bolso – Série Grandes Obras
Preço: 9.55€
Pp: 160

«Uma súbita comoção de ansiosa impaciência percorreu as minhas veias e deu-me uma tal sensação de intensidade de vida como eu nunca sentira até então.»
Escrito em 1915, O Limiar da Sombra é baseado em acontecimentos e experiências que Conrad vivera vinte e sete anos antes e aos quais regressava obsessivamente na sua escrita. Um primeiro comando de um jovem comandante traz consigo uma série de crises: um mar sereno, a tripulação doente e um primeiro-imediato tresloucado que está convencido de que o navio é assombrado pelo espírito tenebroso de um antigo capitão.
É realmente uma obra de «súbita comoção», na qual Conrad consegue transmitir a pura intensidade de vida de um homem que, nas palavras do velho capitão Giles, está preparado para «enfrentar os seus erros, a sua má sorte, a sua consciência». Análise subtil e penetrante da natureza da Humanidade, O Limiar da Sombra investiga a masculinidade e o desejo num subtexto que contrapõe a superfície aparentemente convencional.

Sobre o autor:
Joseph Conrad é um romancista e contista inglês de origem polaca. Nasceu em
1857 e morreu em 1924. Começou a escrever aos 30 anos, após ter servido na Marinha Mercante. Esta sua vivência foi determinante para alguns traços característicos da sua escrita, nomeadamente a predilecção pelo mar, pelas paisagens exóticas e pelo tema da heroicidade, tratado sempre com um certo cepticismo. Conrad é autor, entre outras obras, de Lord Jim (1900), O Coração das Trevas (1902), Nostromo (1904), O Agente Secreto (1907) e A Estalagem das Duas Bruxas (1913), todos publicados pela Europa-América.

Título: O Kama Sutra Moderno
Subtítulo: O Guia do Prazer Erótico
Autora: Sylvie Sperandio
Colecção: Sexo Perfeito
Preço: 15.75€
Pp.: 160
DISPONÍVEL A PARTIR DE 7 DE JUNHO

- O seu parceiro tem pouca imaginação?
- Caiu na rotina?
- O tédio ameaça a sua vida amorosa?

Há muitas formas de ter uma vida sexual feliz e alcançar o êxtase e a plenitude. Das relações tradicionais ao sadomasoquismo, passando pela sodomia e pelo sexo oral, este livro apresenta vários meios de reencontrar o prazer e apimentar uma relação. Aprenda a dominar a arte do strip-tease, descubra os segredos de uma massagem sensual e conheça acessórios eróticos. O Kama Sutra Moderno — O Guia do Prazer Erótico é o livro ideal para viver com muito mais prazer.


Título: Issa
Subtítulo: A Maior História Nunca Contada
Autora: Lois Drake
Colecção: Contemporânea
Preço: 19.32€
Pp.: 244

Issa… a história da juventude de Jesus.
A milhares de quilómetros de Belém, duas forças poderosas e enigmáticas estão prestes a encontrar-se. Os Kushans. Uma civilização perdida da Ásia Central com uma ordem secreta
portadora do Sinete e possuidora do poder dos Antigos.
Jesus. O jovem que abandonou a pátria e a família pela Índia… e viria a tornar-se o Salvador do mundo.
Poderá a convergência entre o reino perdido dos Kushans e os «anos desconhecidos» de Jesus esclarecer o mundo moderno?
Issa: A Maior História Nunca Contada é uma crónica dessa extraordinária convergência, que tece uma dramática tapeçaria composta de pessoas, lugares e acontecimentos, cujos fios incluem o pequeno Jesus, conhecido no Oriente como Santo Issa, Maitreya, o Buda Vindouro, a família real dos Kushans, um dos Três Reis Magos e muitos outros.

Sobre o autor:
Lois Drake trabalha há mais de vinte anos nas áreas do marketing e da publicidade. Nascida e criada no Sul da Califórnia, tem viajado bastante e também exerceu funções de professora primária no Alasca e na Finlândia.
Tornou-se fascinada pelos primeiros anos de Jesus depois de ler acerca da sua viagem ao Oriente, na obra Os Anos Desconhecidos de Cristo, de Elizabeth Clare Prophet. Ela ficou especialmente intrigada com a possibilidade da intersecção das viagens de Jesus pela Índia com a misteriosa raça Kushan.
É uma apaixonada pelo Tibete e a sua antiga cultura. Tem feito numerosas viagens ao Tibete na companhia do seu marido e juntos fundaram a Friendship Homes and Schools, uma organização sem fins lucrativos que começou por prestar assistência aos órfãos no Tibete e em zonas remotas da China.
A Sr.ª Drake, uma contadora de histórias talentosa, que adora escrever histórias para crianças e adultos com uma mensagem espiritual, vive em Prescott, no Arizona.

«O dom de Lois Drake para contar histórias leva-nos numa viagem à descoberta das eternas verdades espirituais. Os leitores vão adorar Issa!» Paul Davids, argumentista/realizador do filme Jesus in India

Título: Billy Budd: o Marinheiro
Autor: Herman Melville
Colecção: Livros de Bolso – Série Grandes Obras
Preço: 9.55€
Pp: 144

«Billy Budd: o Marinheiro antecipa o modernismo pela sua forma, pela miríade de géneros e pela sua abrangência.» David Kirby

Autor de Moby Dick, A Baleia Branca (Publicações Europa-América, colecção «Clássicos»), obra considerada como o maior romance americano, Herman Melville (1819-1891) foi sem dúvida um dos grandes romancistas, contistas, ensaístas e poetas da literatura do século XIX. As suas duas primeiras obras atraíram muito a atenção do público e a obra Billy Budd: o Marinheiro (1924 — edição póstuma) não é excepção, muito pelo
contrário, é uma das obras mais controversas que foram escritas no século XIX.

Testamento final de Melville, Billy Budd é, deste modo, uma fábula política
e social, reveladora de várias facetas de uma época na qual vive um jovem e inocente marinheiro que se alistara à força num navio de guerra britânico, na altura da Revolução Francesa. Injustamente acusado de instigar uma rebelião, Billy tem de enfrentar um universo exclusivamente masculino em que
as relações de poder se aguçam, ao ponto de o jovem marinheiro matar o delator Claggart diante do seu capitão Vere.
Inocente, Billy, cuja voz estava silenciada pela emoção, terá o destino ditado pela incontornável lei da Marinha: a morte.

Perdido por Xangai é o novo livro de Pedro Paixão

Título:Perdido por Xangai
Autor:
Pedro Paixão
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 200
Editor: Prime Books
PVP: 12.42€


O livro Perdido por Xangai é a narração de uma viagem a vários níveis: física, psíquica e histórica. Nele se conjugam descobertas e aventuras pessoais, meditações sobre a condição humana e sobre a diferença de modos de vida, reflexões sobre a convicção comunista e o regime chinês em particular. Assim o narrador pode passar de espectador de uma luta de grilos numa ruela de Xangai, a tentar compreender o fascínio que o povo chinês tem tradicionalmente pelo acaso, à ocupação chinesa do Tibete e o desaparecimento do Panchen Lama. É assim um livro que compreende informação, emoção e detalhes da forma de vida oriental no seu embate com o ocidente na nova capital do planeta: Xangai.

Apresentação:
O lançamento do novo livro de Pedro Paixão, Perdido por Xangai será realizado no dia 5 de Junho, sábado, às 19h30, na Biblioteca Municipal Palácio de Galveias, Campo Pequeno, Lisboa.

Porto Editora lança primeiro dicionário de chinês

Esta obra inédita responde ao crescente interesse pelo chinês e regista já as novas grafias impostas pelo Acordo Ortográfico.
Está disponível o Dicionário Académico Chinês-Português/Português-Chinês, uma obra de referência no mercado editorial, que constituirá um instrumento indispensável para estudantes, professores, profissionais e para todos os que se interessam pelo chinês e pela língua portuguesa.

O dicionário reúne mais de 25 500 entradas e exemplos e cerca de 36 500 traduções, apresentando um vocabulário corrente e actual que contempla também variantes lusófonas. Os inúmeros exemplos de uso e locuções permitem uma rápida e correcta comunicação.
Com a entrada em vigor do Acordo Ortográfico da língua portuguesa, esta obra regista as novas grafias, mantendo também as grafias anteriores na versão Português-Chinês. Inclui, igualmente, um Guia do Acordo Ortográfico que esclarece sobre as principais alterações decorrentes da reforma ortográfica portuguesa.
De fácil consulta e utilização, o dicionário apresenta índices dos radicais e dos ideogramas chineses, mandarim com caracteres simplificados, transcrição em pinyin (sistema fonético chinês) de todos os termos chineses e transcrição fonética das entradas portuguesas.
O dicionário foi elaborado por Ana Cristina Alves (欧安娜), estudiosa da língua e cultura chinesas, que viveu em Pequim e Macau, onde leccionou chinês e português no Centro de Difusão de Língua Portuguesa, no Centro Português de Estudos do Sudeste Asiático, no Instituto Politécnico e na Universidade de Macau. A revisão da obra foi realizada por Sónia Ao Sio Heng (區少卿), que lecciona português para estrangeiros na Universidade de Macau.

Porto Editora publica: "Histórias Sem Aquele Era Uma Vez"

Título: Histórias sem aquele Era uma vez
Autores: Vários
N.º Págs.: 232
P.V.P.: 11,90€

Livro da Porto Editora reúne contos de 40 jornalistas. Os direitos de autor revertem a favor da organização não governamental guineense SOS – Crianças Talibés.

Maria Barroso vai apresentar hoje, 1 de Junho (Dia Mundial da Criança), pelas 21 horas, no Belém Bar Café (BBC), em Lisboa, o livro que reúne 40 histórias que outros tantos jornalistas escreveram a partir de conhecidos contos infantis.

Os direitos de autor da obra Histórias sem aquele Era uma vez revertem na sua totalidade para a SOS – Crianças Talibés, uma organização não governamental que actua em território guineense, e vai permitir a reconstrução (em Bafatá, na Guiné-Bissau) de um centro de acolhimento que recebe crianças vítima de tráfico humano.


Sinopse
:
“De novo, um grupo de jornalistas uniu-se em torno de uma boa causa.
Desta vez, contribuindo para uma ONG que, na Guiné, tem como missão combater as garras e as intenções cruéis de exploradores de crianças.
De novo, um grupo de jornalistas ateou uma chama para alertar as consciências para esse mundo que não tem nada de cetim. Nada de tão novo nem de tão velho que não exija acções concretas e quotidianas, tenham elas a dimensão que tiverem. Naturalmente convencidos que este pequeno exemplo não resolverá as necessidades totais dessa Organização, cada um de nós reescreveu histórias conhecidas, pondo nas linhas e nas entrelinhas a sua mensagem contemporânea, obedecendo a uma clara vontade de, às velhas e maléficas práticas, contribuir para esperanças novas dos que, no terreno, lutam honorificamente e cheios de dificuldades para atenuar terríveis sofrimentos.”

E porque hoje é o Dia Mundial da Criança a Bertrand sugere...

Título: O Livro de Marianinha
Autor: Aquilino Ribeiro

Diapositivo 2
O livro de Marianinha, última obra escrita em vida por Aquilino Ribeiro, chega às crianças com ilustrações de Maria Keil e encarte com material inédito.







Título: História Alegre de Portugal
Ilustrador: Artur Correia
É um livro que põe, de uma forma divertida, as crianças em contacto com a história de Portugal. Artur Correia adapta à banda desenhada a obra homónima de Manuel Pinheiro Chagas, escritor e político português do século XIX.





Título: Os Mistérios do sono
Diapositivo 4
Autores: Teresa Paiva e Helena Rebelo Pinto
Teresa Paiva e Helena Rebelo Pinto dão a conhecer a fisiologia do sono, os transtornos a ele associados e o seu impacto no crescimento dos jovens e na sua vida adulta.

Grupo Porto Editora com animação na Feira do Livro do Porto

De 1 a 20 de Junho, a Avenida dos Aliados recebe a 80.ª edição da Feira do Livro do Porto.
O Grupo Porto Editora apresentará 12 stands, 2 tendas de eventos, sessões de autógrafos com autores, hora do conto, workshops e mascotes infantis.


A Porto Editora (PE) vai ter uma forte presença na 80.ª edição da Feira do Livro do Porto com sessões de autógrafos com autores portugueses da Porto Editora, Sextante Editora e Albatroz, workshops de ilustração e escrita criativa e, para os mais novos, animação com mascotes infantis e Hora do Conto.

De 1 a 20 de Junho, 12 stands de vendas e 2 tendas de eventos, além de uma tenda de facturação e um espaço de lazer, asseguram uma presença activa do maior grupo editorial nacional na Feira do Livro do Porto.


Tal como a Porto Editora anunciou na passada semana, foi registado na Feira do Livro de Lisboa, em relação ao ano passado, um aumento de 40% no volume de vendas da PE. Este crescimento é reflexo da crescente aposta da editora na área da ficção e na literatura infanto-juvenil e justifica-se, igualmente, pelo fortalecimento da estrutura do Grupo, com a aposta nas novas chancelas e com a aquisição da Sextante Editora, que pela primeira vez integrou o espaço da Porto Editora no evento.

Na Feira do Livro do Porto, as actividades em cartaz para o espaço da Porto Editora são as seguintes:
Primeira semana
Dia 3 (quinta-feira) – Sessão de autógrafos com João Pedro Marques e António Brito (15horas)
Dia 4 (sexta-feira) – Hora do Conto com Maria da Conceição Vicente (15 horas)
Sessão de autógrafos com Inês Oliveira (16:00)
Dia 5 (sábado) – Sessão de autógrafos com Inês Botelho, Tânia Ganho e Vítor Burity da Silva (15horas)
Presença da mascote do Carteiro Paulo (15horas)
Dia 6 (Domingo) – Sessão de autógrafos com Tânia Ganho, Vítor Burity da Silva (15horas) e Pedro Sena-Lino (17horas).
Workshop de escrita criativa com Pedro Sena-Lino (18 horas.
Presença da mascote da Ovelha Choné (15horas).

Civilização lança: Como Funcionam os Gatos! e Como Funcionam os Cães! de Alan Snow

A Civilização Editora lança em Junho dois livros da autoria do reconhecido autor e ilustrador Alan Snow. Como Funcionam os Gatos! e Como
Funcionam os Cães! chegam finalmente a Portugal e prometem fazer as delícias de leitores de todas as idades. Com ilustrações inéditas e uma abordagem totalmente original e divertida, cada um dos títulos desmistifica com muito humor o funcionamento do animal, revelando segredos e explicando hábitos da vida dos gatos e dos cães.
Qual é a missão secreta dos gatos na Terra?, Aonde é que os gatos vão à noite? e Porque é que os cães são sempre parecidos com os donos? são algumas das perguntas, cujas respostas podem ser encontradas no interior destes livros.

Sobre o autor:
Alan Snow é um artista inglês que trabalha com livros, animação, filmes e computadores. Já escreveu e ilustrou mais de 160 livros para crianças. Trabalhou igualmente numa vasta gama de outros projectos, incluindo na concepção de um museu de Ciência para crianças no Japão e no design de um robô actualmente vendido em todo o mundo.

Título: Como Funcionam os Gatos!
Autor: Alan Snow
Título Original: How Cats Really Work!
Tradutor: Sandra Valério
Páginas: 32 pp.
Preço: 10,99 €
Lançamento: Junho 2010

Sinopse:

Qual é a missão secreta dos gatos na Terra? Aonde é que os gatos vão à noite?
Porque é que os cães são seus inimigos?
Descobre estes e outros segredos neste estudo fantástico e desconcertante onde é revelada toda a verdade sobre os gatos. Depois de leres este livro, nunca mais irás olhar para um gato da mesma maneira.

Título: Como Funcionam os Cães!
Autor: Alan Snow
Título Original: How Dogs Really Work!
Tradutor: Bárbara Maia
Páginas: 32 pp.
Preço: 10,99 €
Lançamento: Junho 2010

Sinopse:

Porque é que os cães são sempre parecidos com os donos? O que é um sensor de temperatura nasal? Porque é que os cães mordem os veterinários? A criança vai descobrir estes e outros segredos com este estudo fantástico e desconcertante onde é revelada toda a verdade sobre os cães. Depois de ler este livro, nunca irá olhar para um cão da mesma maneira!

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Novidades Planeta

Título: O Livro Inacabado de Dickens
Autor: Matthew Pearl
N.º de Páginas: 382
PVP: 18,82 €
Tradução: António Carlos Carvalho
Disponível a partir de 7 de Junho


Baseado em factos verídicos e partindo da obra O Mistério de Edwin Drood, de Charles Dickens, Matthew Pearl reabre um dos maiores mistérios da história da literatura e retoma uma velha curiosidade com décadas de existência. «Dickens não poderia ter feito melhor.» | Globe & Mail «Altamente recomendado.» | Library Journal Quando morreu, em 1870, Charles Dickens estava a escrever O Mistério de Edwin Drood, um romance policial, novidade na altura, a pedido do seu amigo Wilkie Collins. Com 6 capítulos finalizados, a história ia apenas a meio. Como quereria Dickens terminá-la ninguém sabe, embora muito se tenha especulado desde então.
Em O Livro Inacabado de Dickens, Matthew Pearl parte deste acontecimento inesperado para recriar a Londres vitoriana, com capas e bengalas e candeeiros a gás, para mergulhar nos antros de ópio da cidade londrina, para desmontar a pirataria e a rivalidade literária entre Boston e Londres e para rever toda a obra do grande romancista inglês. Tudo isto ganha vida no romance de Matthew Pearl.
Fazendo uso de flashbacks, o autor vai intercalando figuras históricas, como Osgoog, editor da Fields & Osgood, com personagens ficcionadas, factos reais com situações imaginadas, muita intriga, homicídios, reviravoltas inesperadas e até um louco que diz que se chama Dick Datchery, uma personagem do romance incompleto de Dickens.
Quando a notícia da morte inesperada de Dickens chega aos escritórios da sua editora em Boston, Osgoog decide partir para Londres na esperança de encontrar o manuscrito de Dickens. Para ele, não se trata apenas de resolver um mistério mas também de uma tentativa de salvar a sua editora da ruína financeira em que se encontra.
Mas localizar a continuação do romance de Dickens revela-se mais difícil e perigoso do que Osgood inicialmente previra. E, afinal, haverá conclusão para a história iniciada por Dickens?
Charles Dickens é um nome incontornável da literatura anglo-saxónica. Os títulos dos seus livros formam uma enorme lista de êxitos, Oliver Twist, David Copperfield e Grandes Esperanças, entre outros.

Sobre o autor:
Matthew Pearl nasceu em Nova Iorque, em 1975, e estudou em Harvard e em Yale. O seu livro de estreia, O Clube de Dante, está publicado em mais de 40 países e é bestseller internacional. A Sombra de Poe é o seu segundo romance e, tal com o anterior, foi bastante elogiado pela crítica e pelos leitores.



Sobre O Livro Inacabado de Dickens:
«Um thriller brilhante e emocionante.» Booklist
«Matthew Pearl é um escritor surpreendentemente talentoso.» Julia Keller, Chicago Tribune «Engenhoso.» Guardian
«Um extraordinário exercício de imaginação.» Kirkus Review
«Um policial genuíno… que ecoa na actualidade.» New York Times
«De longe o melhor livro de Matthew Pearl.» Globe & Mail
«Um enredo cheio de incidentes, coincidências, reviravoltas e momentos dramáticos que, em conjunto, resultam numa grande emoção.» Booklist
«Extremamente inteligente… bem escrito e bem documentado.» LA Times
«Emocionante.» Daily Mail



Título: A Abadia Profanada
Autor: Montserrat Rico Góngora
N.º de Páginas: 272
PVP: 16,76 €
Tradução: Cristina Vaz
Disponível a partir de 7 de Junho


Montserrat Rico Góngora estreou-se entre nós com Passageiros da Neblina, um romance que, segundo Vítor Quelhas (no Expresso), «embora por vezes denso, interessa não só aos leitores de literatura histórica e de mistério mas também aos mais fascinados pelo esotérico e o romântico.» A Abadia Profanada, tal como o anterior livro da autora, é um romance baseado em factos reais. A história parte de um acontecimento histórico, a visita de Heinrich Himmler, um dos homens mais poderosos da Alemanha Nazi, em Outubro de 1940, à abadia de Montserrat (em Barcelona) e desenrola-se em torno da demanda do Santo Graal. Diz a lenda que o Cálice Sagrado foi levado para o Mosteiro de Montserrat pelos últimos templários e que aí foi escondido numa das grutas da montanha. Partindo deste acontecimento, que supostamente fazia parte das investigações acerca da localização do Santo Graal, algo que há muito fazia parte dos planos do regime Nazi, Montserrat investigou a obsessão de Himmler em torno do Santo Graal, chegou à fala com um monge que o conheceu e teceu uma história onde se vislumbram as tendências esotéricas do regime chefiado por Hitler.
Numa entrevista da autora concedida a Europa Press, Rico Góngora assegurou que o Nazismo «procurava um talismã que o ajudasse a vencer a guerra e a prolongar o Reich» e, por ele, lançou-se numa busca em diferentes pontos da Europa.
A história tem início na violenta discussão entre Himmler e o monge Ripoll, em Montserrat, cuja visita a Barcelona acabou eclipsada devido ao facto de ter tido lugar no mesmo dia em que se deu o encontro entre Franco e Hitler, em Hendaya, e prossegue com Montserrat Rico Góngora a reconstruir toda uma época determinante para um novo rumo mundial.

Sobre a autora:
Montserrat Rico Góngora nasceu em Barcelona, em 1964, embora tenha residido sempre em Badalona. É colaboradora habitual de numerosas revistas (Alhora, Historia y Vida e Andalucía en la Historia) e de programas de rádio. Participa activamente em tertúlias literárias, oficinas de escrita e júris de certames literários. Como escritora, publicou narrativas, relatos breves, literatura juvenil e poesia. A sua obra valeu-lhe o prémio dos XXXIII Jogos Florais de Campo de Cartagena, bem como o Prémio Palco, como reconhecimento da sua trajectória profissional.

O romance A Abadia Profanada é um grande êxito, quer de vendas quer da crítica; a qualidade da sua escrita foi salientada em meios de comunicação como The Independent, La Stampa e L’Express.



Título: A Cidade de Vidro Terceiro volume da série Os Caçadores de Sombras
Autor: Cassandra Clare
N.º de Páginas: 408
PVP: 19,76 €
Disponível a partir de 7 de Junho


Fascinada com o período entre a adolescência e a idade adulta, por considerar este ciclo crucial na formação da personalidade de qualquer pessoa, Cassandra Clare decidiu começar a escrever para o público young adults. Caçadores de Sombras é o resultado dessa motivação e da paixão da autora pelos universos mágicos de Tolkien e Neil Giam. Depois de A Cidade dos Ossos e A Cidade das Cinzas, A Cidade do Vidro é o terceiro volume desta bem-sucedida série (bestseller New York Times). Nele, a autora mantém o registo exótico, luxuriante e quase cinematográfico iniciado nos primeiros volumes e retoma as carismáticas personagens dos livros anteriores. Com a publicação do terceiro volume da série Os Caçadores de Sombras, que se manteve durante mais de 25 semanas no TOP 10 no New York Times, a Planeta reforça a sua aposta no romance de fantasia urbana. Desde Fevereiro de 2009 até agora, data em que chegou a Portugal, foram vários os livros publicados cujos temas vão do fantástico ao gótico, passando pelo sobrenatural. E nesta tendência dos livros que têm como protagonistas vampiros, anjos e lobisomens (e uma história de amor como pano de fundo), não são apenas os adolescentes e os jovens a deixaram-se conquistar. A avaliar pelos Tops de Vendas (nacionais e internacionais) e pelos debates em volta da denominada literatura para young adults, trata-se de um género cada vez mais presente nas livrarias de todo o mundo e sem quaisquer barreiras etárias.
Neste livro, Clary tem de ir até à Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, para tentar salvar a mãe. Mesmo ciente de que não pode entrar sem autorização, e que infringir a lei pode significar a morte, Clary não hesita. Para piorar as coisas, Clary descobre que Jace não a quer lá e que Simon foi preso pelos Caçadores que, de resto, continuam bastante desconfiados do facto de um vampiro poder suportar a luz do dia. Mas nem tudo é mau. À medida que descobre novidades acerca do passado da sua família, Clary encontra um aliado (Sebastian) no misterioso mundo das sombras. Conseguirão eles destruir os seus inimigos de sempre? Até onde está Jace disposto a arriscar? E Valentine, suportará abrir mão de todas as suas conquistas anteriores? Dona de um talento invulgar na área da fantasia urbana, um subgénero da fantasia contemporânea, em que acontecimentos mágicos têm lugar no mundo real, Cassandra Clare apresenta em A Cidade de Vidro uma ficção realista que acaba por explorar o sentimento de pertença, amor, amizade e a lealdade.

Sobre a autora:
Cassandra Clare nasceu no Irão e passou os primeiros anos da sua vida a viajar pelo mundo com a família e vários baús cheios de livros de fantasia, entre os quais As Crónicas de Nárnia. Mais tarde, trabalhou como jornalista em Los Angeles e Nova Iorque, onde reside actualmente.


Sobre A Cidade de Vidro e Caçadores de Sombras:
«O toque sensual da história vem justamente da riqueza dos seus pormenores: demónios com piercings faciais, jantares de gafanhotos e mel, bruxos muito gay e aparições de personagens de outras fantasias urbanas… Luxuriante e divertido.» Kirkus Reviews
«Os leitores podem estar familiarizados com os livros anteriores de Caçadores de Sombras mas nunca os sentimentos de perda, honra, traição e amor se revelaram tão intensos quanto neste livro.» Booklist
«A magia de Cassandra Clare funciona em pleno neste livro. A emoção começa na primeira página e não termina senão na última.» Karin’s Book Nook