sábado, 2 de maio de 2009

Arlington Park – Rachel Cusk [Opinião]

-->Arlington Park – Rachel Cusk
Finalista do Orange Prize 2007
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 240
Editor: Edições Asa
Preço: 14 €

Sinopse

Ao longo de um único dia, o bairro de Arlington Park é o elegante cenário no qual as vidas de cinco mulheres vão ser expostas. Juliet, inconformada com o papel que o casamento lhe reservou; Amanda, cuja obsessão pelo trabalho doméstico esconde o seu lado mais sombrio; Solly, prestes a dar à luz o seu quarto filho; Maisie, que tenta desesperadamente aceitar a pacatez da sua nova vida longe de Londres; e Christine, a optimista, que se prepara para reunir as suas vizinhas num jantar cujo desfecho é absolutamente imprevisível.
Aparentemente, estas cinco mulheres têm tudo para serem felizes e, contudo, sentem-se manietadas pela frustração, os desejos reprimidos, o ódio e até a ocasional loucura. São esposas e mães que se refugiaram há muito num convencionalismo que as protege, principalmente da própria vida.
Com um estilo elegante e lúcido, Rachel Cusk, uma das escritoras mais prestigiadas do panorama literário internacional, construiu uma narrativa ambiciosa, que é um marco na literatura anglo-saxónica contemporânea. Sobre a autora: Rachel Cusk nasceu no Canadá mas passou grande parte da sua infância em Los Angeles, Estados Unidos, antes de acabar os estudos em Inglaterra. É leitora de Inglês no New College de Oxford. A obra Saving Agnes marcou a sua estreia na literatura, tendo sido distinguida com o Whitbread Award para o Melhor Primeiro Romance em 1993. Venceu o Somerset Maugham Award em 1997 com The Country Life. Em 2003, integrou a lista dos Melhores Jovens Romancistas Britânicos da prestigiada revista Granta. Arlington Park, o seu mais recente romance, foi finalista do Orange Prize em 2007.


A minha opinião
Arlington Park, pequena cidade de Inglaterra, é palco de vida onde várias famílias de classe média habitam e criam laços de amizade. Juliet, Amanda Solly, Maisie e Christine são apenas algumas das mulheres que fazem parte de Arlington Park. Todas elas são casadas, têm filhos e, de uma maneira ou de outra, resignaram-se à vida que levam. Uma vida sem grandes perspectivas, sem carreira, praticamente dedicada ao marido e filhos. Apesar de algumas delas trabalharem (caso de Juliet e Maisie), a família roubou-lhes alguma da liberdade que desejavam ter quando eram novas. Juliet é professora numa escola, cujo casamento acabou por lhe ‘cortar as pernas’ de uma carreira promissora. Boa aluna enquanto nova, o seu único refúgio é o clube literário às sextas-feiras. Acerca do marido e dos homens em geral diz: “Os homens são todos uns assassinos – pensou Juliet. Todos. Eles assassinam as mulheres. Pegam numa mulher e, pouco a pouco, assassinam-na.” Christine, colega de escola de Juliet, é uma verdadeira optimista. Vive para o casamento também, mas vê o enlace como a sua salvação de uma vida de vícios.
Amanda é obcecada pela casa, quer tudo num brinco. Apesar de se sentir tentada em ter visitas, até porque se sente muito sozinha, quando as convida está morta que vão embora, por causa da sujidade que podem fazer na sua casa. Solly, à espera do seu quarto filho, começa a colocar em causa a maternidade quando aluga um dos seus quartos e conhece Paola. Paola, mulher de 34 anos, parece-lhe uma pessoa livre, que se arranja, cuida da sua figura, coloca até perfume. Quando não está em casa, Solly vai para o quarto dela, como uma intrusa, ver as suas coisas, maquilhagem, perfumes, roupa, e sonho com uma outra vida… E por fim Maisie, que saiu da vivida cidade de Londres, para ir viver para a pacata Arlington Park. Ainda não se adaptou à pequena localidade, mas já começa a fazer novas amizades.
De uma forma engraçada, a autora faz pensar no que é o casamento, no que é viver para o marido e filhos e deixar de pensar em nós próprios. Gostei do livro, apesar de achar que os casamentos não são assim tão cinzentos como os pintam. Penso que a vida é aquilo que quisermos fazer dela. Será que ainda há pessoas assim?


Excertos
“Não seria o amor, na realidade, a primeira concessão à morte?”
“O meu problema é que me esqueci de me divertir. Acho que todos nós nos esquecemos de como nos divertirmos.”
“… No fundo, o que é que significa ser diferente? - Significa não ser igual às outras pessoas todas. […] – Não acham que também pode significar – disse Juliet –não fazer o que os outros esperam de nós? “

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Feira do Livro: Programação da Editorial Presença

Como não podia deixar de ser a Editorial Presença também está presente na Feira do Livro de Lisboa. E com promoções fantásticas. A saber...

Livros do Dia
(primeira semana)

1 de Maio
- Três metros acima do céu - 12 euros
- O vendedor de histórias - 8.50 euros
- O diabo veste Prada - 8.50 euros
- Não sou o único - A biografia de Zé Pedro - 9 euros
- Alex Rider - Operação Stormbreaker - 7 euros
- O menino que não gostava de ler - 4.50 euros
- Como motivar para a leitura - 5.50 euros
- O grande livro da criança - 16.50 euros

2 de Maio
- Os pioneiros - 8 euros
- Os jardins da memória - 13.50 euros
- A química da morte - 10.50 euros
- Companheira silenciosa - 12 euros
- Missão quase impossível - 4.50 euros
- O sobrinho mágico-Crónicas de Narnia - 4.50 euros
- Fundamentos de gestão - 10.50 euros
- Entre pratos - 13 euros

Sessões de autógrafos
15h - Bernardo Rodo (oferta especial)
17h - Aba Cristina Silva (oferta especial), José Fanha, Luísa Beltrão

3 de Maio
- O claustro do silêncio - 8.50 euros
- Eu e as mulheres da minha vida - 8.50 euros
- Beowulf -10.50 euros
- A lei de Murphy para o século XXI - 5.50 euros
- Uma estranha caravana - 4.50 euros
- Crónicas Spiderwick I - O livro fantástico - 4 euros
- Conjugação dos verbos espanhóis - 3.50 euros
- Guia de primeiros socorros para cães - 7 euros

Sessões de autógrafos
15h - Luís Rosa, Geronimo Stilton
17h - Tiago Rebelo

4 de Maio
- Scriptum - O Manuscrito secreto - 12 euros
- Erasmus de Salonica - 9 euros
- Duas irmãs, um destino - 10.50 euros
- 102 minutos - 10 euros
- O primeiro livro do Diário de Sofia - 4 euros
- Quero o meu bacio 3 euros
- Breve história dos descobrimentos e expansão de Portugal - 7 euros
- A arte do Bonsai - 7 euros


5 de Maio
- A chave do segredo - 4 euros
- A obra-prima desaparecida - 9 euros
- Crónicas de Allarya I - A manopla de Karasthan - 9 euros
- A linguagem da sedução - 7 euros
- Como lidar com os rapazes - 4 euros
- Bia & Fred na Disneilândia de Paris - 4 euros
- História das religiões - 13 euros
- Torne-se pequeno e pense em grande! - 10.50 euros


Sessões de autógrafos
17h30 - Filipe Faria

6 de Maio
- O décimo terceiro conto - 12 euros
- A medida do mundo - 9 euros
- O cardeal Napellus - 7 euros
- Na rota da pimenta - 10.50 euros
- O poder interior - estranhos visitantes - 4 euros
- Somos todos diferentes - 5.50 euros
- Normas para apresentação de trabalhos científicos - 3.50 euros
- A criança e o seu mundo - 8.50 euros


7 de Maio
- Zen e a arte da manutenção de motocicletas - 12 euros
- A mulher de mármore - 9 euros
- Para sempre, talvez - 10.50 euros
- Zen e a arte de amar - 7 euros
- As aventuras do Pinóquio - 5.50 euros
- Sou um adolescente! - 4.50 euros
- Portugal da Monarquia para a República - 23.50 euros
- A pintura a óleo - 5.50 euros


Feira do Livro: Programação Porto Editora

Programa para Espaço Porto Editora
  • Sexta, 1 de Maio - 15h30 - Rosa Lobato de Faria - Sessão de Autógrafos
  • Sábado, 2 de Maio - 16h30 - Rui Marques - Sessão de Autógrafos
- 18h30 - Porto Editora • 65 ANOS - Porto de Honra
- 21h30 - Pedro Sena-Lino - Workshop de Escrita Criativa
  • Domingo, 3 de Maio - 15h30 - José Jorge Letria; Sara Monteiro; Paulo Guinote - Sessão de Autógrafos
  • Quarta-feira, 6 de Maio - 16h -Deana Barroqueiro - Sessão de Autógrafos
  • Sexta-feira, 8 de Maio - 21h30 -Pedro Sena-Lino; Dulce Maria Cardoso e outros convidados - Debate/Sessão de Autógrafos
  • Sábado, 9 de Maio - 15h30 - Luís Sepúlveda; Alberto S. Santos; Rosa Lobato de Faria - Sessão de Autógrafos
  • Domingo, 10 de Maio - 15h30 - Luís Sepúlveda - Sessão de Autógrafos
  • Quinta-feira, 14 de Maio - 21h30 - Vários Convidados - Literatura e Público Feminino em Debate
  • Sexta-feira, 15 de Maio - 21h30 - Vários Convidados - Literatura Juvenil em Debate
  • Sábado, 16 de Maio - 15h30 - João Aguiar; Rosa Lobato de Faria; Violeta Figueiredo - Sessão de Autógrafos
  • Domingo, 17 de Maio - às 17h - Paulo Azevedo; Sofia Arêde; Humberto Ssantos (Pres. da A.A.P.Deficientes) - Debate/Sessão de Autógrafos

Porto Editora celebra 65.º aniversário na Feira do Livro


A presença da Porto Editora na 79º edição da Feira do Livro de Lisboa é marcada pela celebração dos 65 anos de existência da empresa que dá nome ao maior grupo editorial português, cujo volume de negócios atinge os 91,5 milhões de euros.
No próximo dia 2 de Maio, sábado, passam precisamente 65 anos da fundação da Porto Editora. Ocasião para festejar uma história de sucesso e que será assinalado com um Porto
de Honra, a realizar às 18:30, no Espaço Porto Editora, e onde estarão vários autores – como
Rosa Lobato de Faria, Deana Barroqueiro ou Pedro de Sena-Lino – e inúmeras personalidades do meio editorial.
O Espaço Porto Editora, uma área central envolvida pelos 12 stands desta editora, vai acolher várias iniciativas ao longo da Feira do Livro, desde as tradicionais Sessões de Autógrafos – com especial destaque para a presença de Luís Sepúlveda nos dias 9 e 10 de Maio – a Workshop de Escrita Criativa e debates dedicados ao mundo dos livros.

Grupo Porto Editora consolida liderança
O volume de negócios do Grupo Porto Editora cresceu 5,5 % em 2008, atingindo agora o
valor de 91,5 milhões de euros. Estes dados assentam nos bons resultados obtidos nas áreas da literatura, referência e multimédia, as quais, a par do escolar, são transversais às várias empresas que o constituem: Porto Editora, Areal Editores, Lisboa Editora, Plural Editores Angola, Plural Editores Moçambique e Bloco Gráfico.

Feira do Livro: Programação Gradiva



Para o primeiro fim-de-semana de Feira do Livro, o programa da Gradiva é o seguinte:
1 de Maio - 16 h - José Rodrigues dos Santos autografa todas as suas obras
- 18 h - Joaquim Almeida Lima autografa os seus dois romances O Rio Frio, acabado de sair e À Esquerda de Deus

2 de Maio - 15.30h - A Bruxa Mimi autografa todas as suas obras.
- 16h- Victor Mesquita autografa ETERNUS 9 - O Filho do Cosmos
- 17.30h- 1ª Conferência no âmbito do Ano Internacional da Astronomia. Na sequência da parceria GRADIVA/AIA 2009 decorrerá no auditório da Feira do Livro de Lisboa a conferência - “O Ano Internacional da Astronomia: Galileu e a celebração do futuro” - proferida por Professor Doutor João Fernandes, Coordenador Nacional do AIA2009 e Professor da Universidade de Coimbra.

3 de Maio - 15.30h - A Bruxa Mimi autografa todas as suas obras.
- 16.30h - Jorge Estrela autografa a obra Leiria no Tempo das Invasões Francesas

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Publicações Europa-América lança... Sonhar as Estrelas de Linda Gillard

Sonhar as Estrelas de Linda Gillard é o novo livro que a Europa-América vai lançar em Portugal.

«Já alguma vez notaram como a linguagem favorece as pessoas que vêem? (Claro que não, porque podem ver). Não tenho apenas um problema de visão, tenho um problema de fala, uma certa dificuldade em encontrar palavras e expressões adequadas à minha experiência. Ora ouçam o que as pessoas dizem: Oh, bem vejoŠ Olhe lአJá viu isto? Depende do seu ponto de vistaŠ
Estão a ver? Eu, claro, não vejo.»

Marianne Fraser, cega à nascença, viúva na casa dos 20 e solitária aos 40, vive num elegante bairro de Edimburgo na companhia da sua irmã Louisa, uma escritora de sucesso. A natureza apaixonada de Marianne encontra consolo e expressão na música, um amor que partilha com Keir, um homem com quem se cruza à porta de sua casa numa noite de Inverno.
Embora vários homens tenham surgido na vida de Marianne, Keir não se compadece com a sua situação. É rude mas também estranhamente delicado. Mas pode Marianne confiar nos seus sentimentos por este desconhecido solitário que quer levá-la para a sua casa na ilha de Skye e «mostrar-lhe» as estrelas?

Sobre a autora:
Linda Gillard
vive na ilha de Skye, a noroeste da Escócia. Foi actriz, professora e jornalista, antes de se dedicar à escrita a tempo inteiro.
É a autora de Emotional Geology e A Lifetime Burning.

«Comovente e revelador»
Ema Lee-Potter, Daily Express

Feira do Livro de Lisboa: Programação da Leya

A Leya vai ter 16 pavilhões na Feira do Livro de Lisboa e, por isso, reservou a todos os visitantes várias actividades pensadas no gosto de cada um. Teatrinhos de fantoches, ateliers de construção de bonecos, horas do conto, oficinas temáticas, pinturas faciais, para o público infantil, e apresentações de livros, debates, entrevistas ao vivo a autores, noites de poesia, sessões de show cooking e provas de vinhos são exemplos das actividades que a Praça Leya vai proporcionar ao público.

Actividades Culturais na Praça Leya

Noites de Poesia
Sextas-feiras, 8 e 15 de Maio: 21h
Convite aos autores de poesia das editoras Caminho, Dom Quixote e Oceanos para a leitura de poemas da sua autoria, seleccionados das seus mais recentes publicações

Show Cooking & Vinhos
Sábado, 2 de Maio: 20h - Chakall (Oficina do Livro)
Domingo, 10 de Maio: 19h - Bento dos Santos e João Paulo Martins (Livros d’Hoje)
Sábado, 16 de Maio: 19h: Ernâni Ermida e Teresa Mota (Asa BD)
Chefs-autores e especialistas em vinhos mostram ao vivo a preparação de receitas retiradas dos seus livros mais recentes.

Especial Dia da Mãe
Domingo, 3 de Maio: 16h30
Homenagem a todas as mães do mundo e elo de ligação entre mães e filhos, o livro «Um Mundo de Mamãs», com textos de Marta Gómez Mata e ilustrações de Carla Nazareth, estará em destaque com a presença da ilustradora do livro na Praça Leya para uma sessão de autógrafos em família

Lançamentos

Domingo, 10 de Maio: 16h
«Cheiro a Canela», de Alice Vieira (Texto), com Workshop de Culinária para Crianças

Segunda, 11 de Maio: 19h
Dois novos livros da colecção 7 Irmãos: «Miguel nunca desiste» e «Maria, os segredos da irmã mais velha», de Maria João Lopo de Carvalho e Margarida Fonseca Santos (Oficina do Livro)

Terça, 12 de Maio: 19h
«A Praia da Saudade», de Francisco Salgueiro (Oficina do Livro)

Quarta, 13 de Maio: 19h
«1621», de Pedro Vasconcelos (Oficina do Livro)

Domingo, 17 de Maio: 18h
«Ainda Alice» (Caderno), em parceria com a Associação Alzheimer Portugal

Astérix e Nós
Domingo, 10 de Maio: 20h
Conversa com especialistas em BD convidados em torno de Astérix por ocasião dos 50 anos da sua chegada a Portugal. Debate moderado por Maria José Pereira, editora da secção de Banda Desenhada da ASA

Ao vivo com Alice Vieira
Sábado, 16 de Maio: 21h
Inês Meneses, jornalista e radialista, entrevista ao vivo Alice Vieira, escritora que completa este ano 30 anos de carreira

Dia dos Autores Africanos
2 e 3 de Maio
Autores de literatura africana vão estar presentes na feira, entre eles Ondjaki, Pepetela e José Eduardo Agualusa

Animação Infantil
Diariamente, das 12h30 às 19h (pelo grupo Cafinvenções)
Na zona dedicada aos livros infantis e juvenis, haverá pinturas faciais, oficinas temáticas, leitura de contos e outras surpresas

Teatro de Fantoches (pelo grupo Mestre Filipe e as Suas Marionetas)
Sábados, domingos e feriados, às 11h30 e 15h
Encenação de obras de editoras do grupo Leya em versão marionetas.
Dias 1 e 17 de Maio: «Hoje há Palhaços» e «Hoje também há palhaços», de António Torrado e Maria Alberta Meneres (ASA)
Dias 2, 3 e 10 de Maio: «O Barco de Chocolate», de Cristina Norton e Danuta Wojchechowska (Dom Quixote)
Dias 9 e 10 de Maio: «Alana e a Lontra Lutra», de Alice Cardoso e Sandra Serra (Nova Gaia)

Entrega de Prémios «Uma Aventura»
6 de Maio, 14h30
Entrega dos Prémios «Uma Aventura», iniciativa da Editorial Caminho com a participação de 500 crianças que virão à Feira do Livro celebrar este momento com a presença das autoras da famosa colecção, Isabel Alçada e Ana Maria Magalhães.

Sessões de Autógrafos na Praça Leya

Quinta-feira, 30 de Abril - 17h – Richard Zimler (Oceanos)

Sexta-feira, 1 de Maio - 15h - Sara Rodrigues e Cristiana Resina (ASA) //José Saraiva (Gailivro)
- 16h - Antonio Tabucchi/Inês Pedrosa/Pedro Almeida Vieira/ Rui Cardoso Martins (D.Quixote)// José Couto Nogueira (Livros D'Hoje)// Dulce Maria Cardoso (ASA) // Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada (Caminho)
- 16h30 - Ana Macedo (Gailivro)
- 17h - Marques Mendes (Oficina do Livro)// Gonçalo Pratas/Inês Pupo/Sara Monteiro/Alice Vieira/Ana Mafalda Leite (Caminho)
- 18h30 - Margarida Rebelo Pinto (Oficina do Livro)

Sábado, 2 de Maio- 15h - Álvaro Magalhães (ASA/ Texto)
- 15h30 - António Mota (Gailivro)
- 16h - António Lobo Antunes/Pepetela/José Eduardo Agualusa/Fernando Pinto do Amaral/ Mafalda Moutinho (D. Quixote)// Ondjaki/Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada/Ana Ferrão (Caminho)
- 16h30 - Pedro Leitão (Gailivro)
- 17h - António Garcia Barreto/Fernando Pádua/Teresa Paiva (Oficina do Livro)// António Torrado/Maria Alberta Menéres (ASA)// Camilo Lourenço (Livros D'Hoje) // Gonçalo Pratas/Inês Pupo/Alice Vieira/Luís Carlos Patraquim/João Melo (Caminho)
- 18h30 - Chakall (Oficina do Livro)

Domingo, 3 de Maio - 15h30 - José Fanha (Gailivro/ Texto)
- 16h - Rodrigo Guedes de Carvalho/Mário Cláudio/Rita Ferro/Urbano Tavares Rodrigues/José Eduardo Agualusa/Pepetela (D. Quixote)// Ondjaki/Daniel Sampaio (Caminho)
- 16h30 - Carla Nazareth/José Jorge Letria (Texto)// Maria Rosário Araújo (Gailivro)// Isabel do Carmo (Livros d´Hoje)
- 17h - Luísa Beltrão/Rita Ferro/Leonor Xavier/Catarina Fonseca/Alice Vieira (Oficina do Livro)// Jorge Vassallo/Carlos Carneiro (Livros D'Hoje)// Catarina Fonseca/Inês Pupo/João Melo (Caminho)
- 18h - Daniel Sampaio (Caminho)
- 18h30 - Paulo Oom/Helena Sacadura Cabral (Oficina do Livro)

Segunda-feira, 4 de Maio - 17h - Manuel Gusmão (Caminho)

Terça-feira, 5 de Maio - 18h - Maria Almira Soares/Manuel da Silva Ramos (D. Quixote)
- 18h30 - Manuela Júdice (D. Quixote)

Quarta-feira, 6 de Maio - 18h - João Rui de Sousa/Artur Portela (D. Quixote)
- 18h30 - Pedro Almeida Vieira (D. Quixote)

Quinta-feira, 7 de Maio - 18h - Rita Ferro/Vítor Serpa/José Jorge Letria (D. Quixote)// Danuta (Caminho)

Sexta-feira, 8 de Maio - 16h - Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada (Caminho)
- 17h - Paulo Teixeira/Manuel Gusmão/Gonçalo Pratas/Inês Pupo/Luís Carlos Patraquim (Caminho)
- 18h - Rui Cardoso Martins/Mafalda Moutinho/Manuel Alegre/Pepetela (D. Quixote)
- 18h30 - Filomena Cabral (Oficina do Livro)

Sábado, 9 de Maio - 15h - Júlio Isidro/Sara Rodrigues/Cristiana Resina (ASA)// Lúcia Vaz Pedro (Gailivro)
- 16h - Francisco Camacho (ASA)// Nuno Lopes/José Eduardo Agualusa/Fernando Pinto do Amaral/Pepetela/Pedro Almeida Vieira/Robert Wilson (D. Quixote)// Lara Xavier(Texto)// Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada (Caminho)
- 16h30 - Armindo Reis (Gailivro)
- 17h - Rui Araújo/Manuel Acácio/Inês de Barros Baptista/Vera Pyrrait (Oficina do Livro)// Rita Taborda Duarte (Caminho)
- 18h - Rachel Qaiano (Caminho)
- 18h30 - Fernando Dacosta/Carlos Matos Gomes (Oficina do Livro)

Domingo, 10 de Maio - 15h - Júlio Isidro (ASA)// Lúcia Vaz Pedro (Gailivro)
- 16h - António Torrado/Maria Alberta Menéres (ASA)// José Eduardo Agualusa/Lídia Jorge/Artur Portela(D. Quixote)// Alice Vieira(Texto)// Octávio Machado(Livros D'Hoje)// Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada (Caminho)
- 16h30 - José Jorge Letria (Texto)
- 17h - Maestro António Vitorino D'Almeida/José Jorge Letria (Oficina do Livro)// Margarida Santos(Gailivro)// Patrícia Reis (D.Quixote)// Daniel Sampaio /Danuta/Gonçalo Pratas/Inês Pupo/Gonçalo M.Tavares (Caminho)
- 17h30 - Pedro Queiroga Carrilho (Lua de Papel)
- 18h - Laurentino Gomes (Livros D´Hoje)
- 18h30 - Maria João Lopo de Carvalho/Laurinda Alves/Maria do Céu Santo (Oficina do Livro)
- 19h - José Bento dos Santos/João Paulo Martins (Livros d´Hoje) - com prova de vinhos
- 19h30 - Margarida Rebelo Pinto (Oficina do Livro)

Terça-feira, 12 de Maio - 18h - Cristovão Aguiar/Alice Vieira (D. Quixote)

Quarta-feira, 13 de Maio - 18h - Maria Teresa Horta/Inês Pedrosa (D. Quixote)

Quinta-feira, 14 de Maio - 18h - Patrícia Reis/António Gomes Dalmeida/Zé Manel (D.Quixote)

Sexta-feira, 15 de Maio - 16h - Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada (Caminho)
- 18h - João de Melo/José Sasportes/Manuel Alegre (D. Quixote)
- 19h - Pedro Vasconcelos/Francisco Salgueiro (Oficina do Livro)
- 21h - Paulo Teixeira/Manuel Gusmão/Luís Carlos Patraquim (Caminho)

Sábado, 16 de Maio - 15h - Danuta (Caminho)
- 16h - Dulce Maria Cardoso (ASA)// António Lobo Antunes/Maria Teresa Horta/João de Melo/ José Eduardo Agualusa (D.Quixote)// Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada (Caminho)
- 16h30 - João Piedade (Gailivro)
- 17h - Maria José Costa Félix (Oficina do Livro)// Sandro W. Junqueira/Atelier Elmer/Gonçalo Pratas/Inês Pupo/Alice Vieira (Caminho)
- 18h30 - Luísa Castel-Branco/Domingos Amaral (Oficina do Livro)

Domingo, 17 de Maio - 15h30 - Madalena Santos (Gailivro)
- 16h - José Eduardo Agualusa/Lídia Jorge (D.Quixote)// Isabel do Carmo (Livros d´Hoje)// Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada (Caminho)
- 16h30 - Urbano Tavares Rodrigues (D. Quixote)
- 17h - Rita Vilela/Margarida F. Santos/Eduardo Sá/Padre José Luís Borga/Fernando Nobre (Oficina do Livro)// Margarida Santos(Gailivro)// Daniel Sampaio/Alice Vieira/Gonçalo M.Tavares/Sandro W. Junqueira/Catarina Fonseca (Caminho)
- 18h - Nuno Júdice (D. Quixote)
- 18h30 - João Paulo Guerra/Baptista-Bastos/Mário Zambujal/José Manuel Saraiva (Oficina do Livro)

Feira do Livro - Programação da Bertrand

A Bertrand Editora apresenta um cartaz bastante recheado a pensar na 79ª edição da Feira do Livro de Lisboa, que arranca hoje, no já habitual Parque Eduardo VII. José Luís Peixoto, Francisco José Viegas, Manuela Gonzaga e Irene Pimentel serão apenas alguns dos autores convidados.

Aqui fica a Programação

- Sábado, 2 de Maio - Carlos Fogaça, 21h30
- Domingo, 3 de Maio - Maria Isabel Loureiro, 16h00
- Teresa Avelar, 18h00

- Sexta-feira, 8 de Maio - Clara de Almeida, 16h00
- Henrique Raposo (Lançamento), 18h00

- Sábado, 9 de Maio - Luís Raposo, 15h00
- José Luís Peixoto, 16h00
- Fernando Nobre, 17h00
- Manuel Moreira, 18h00
- Manuela Gonzaga, 18h30

- Domingo, 10 de Maio - Ester Silva, 15h00
- Francisco José Viegas, 16h00
- Irene Pimentel, 17h00
- Mário Soares, 18h00

- Sábado, 16 de Maio - Helena Vasconcelos, 15h00
- Artur Correia, 16h00

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Feira do Livro de Lisboa vai possuir um espaço para troca de livros

Pela primeira vez na Feira do Livro de Lisboa vai existir um espaço para troca de livros. O projecto chama-se «Lisboa, encruzilhada de Mundos», e reuniu 600 livros em diversas línguas estrangeiras, português e braille. O Instituto Camões e o Instituto do Livro, associações e institutos de línguas contribuíram para esta iniciativa.
Haverá ainda espaço para um debate sobre o «bookcrossing» como «biblioteca global» e iniciativas em parceria com as bibliotecas municipais, como as frases e poemas do dia.

Feira do Livro de Lisboa: sessão de autógrafos da Guerra e Paz

Na 79.ª edição da Feira do Livro de Lisboa, a Guerra e Paz tem agendadas as seguintes sessões de autógrafos:

-1 de Maio, 16h -Aristides de Sousa Mendes - Miriam Assor
17h - 12 Erros que Mudaram Portugal -João Vasco Almeida e Rui F. Baptista

- 2 de Maio, 16h - Maddie A Verdade da Mentira - Gonçalo Amaral
- 3 de Maio, 16h - Lobito - António Mateus
17h - Ser Bom Aluno ‘Bora Lá? e O Fim da Guerra dos Sexos - Jorge Rio Cardoso

Feira do Livro: Sessões de autógrafos da Sextante Editora

A Sextante Editora tem agendadas para a 79.ª Feira do Livro de Lisboa, entre as 17 e as 19 horas as seguintes sessões de autógrafos:
- Domingo, 3 de Maio - Cristina Carvalho e António Brito.
- Sábado, 9 de Maio - Jacinto Rego de Almeida; Nuno Rogeiro e António Bagão Félix.
- Domingo, 10 de Maio - Filomena Marona Beja e Teolinda Gersão.
- Sábado, 16 de Maio - Cristina Carvalho e António Brito
- Domingo, 17 de Maio - Maria Isabel Barreno; Teresa Salema e Nuno Rogeiro

Feira do Livro de Lisboa: Publicações Europa-América destaca…

Feira do Livro de Lisboa tem início amanhã e prolonga-se até 17 de Maio

Em tempos de crise as feiras do livro são excelentes oportunidades para os leitores adquirirem os seus livros favoritos a um preço mais acessível. Por isso mesmo, as Publicações Europa-América apresentam, na 79.ª edição da Feira do Livro de Lisboa, as suas novidades editoriais na área da ficção e não ficção, bem como aqueles títulos intemporais que fazem falta em qualquer biblioteca doméstica.

Este ano os principais destaques da Europa-América são:

Sonhar as Estrelas, de Linda Gillard (nova autora em Portugal) - Marianne Fraser, cega à nascença e viúva, encontra consolo e expressão na música, um amor que partilha com Keir, um homem com quem se cruza numa noite de Inverno. Embora vários homens tenham surgido na vida de Marianne, Keir parece ser a sua alma gémea. Mas pode Marianne confiar nos seus sentimentos por este desconhecido solitário que quer levá-la para a sua casa na ilha de Skye e mostrar-lhe as estrelas?

Uma Desgraça de Muralha e O Túmulo do Tesouro, de Terry Deary ­ Dois títulos de «Histórias Horríveis ­ Histórias Sangrentas» uma nova série d’ Os Horríveis. Em Uma Desgraça de Muralha acompanha as aventuras de duas tribos terríveis: os Pictos e os Bretões. Dois soldados romanos têm agora a tarefa bué difícil de guardar a muralhas isto se querem continuar a ter a cabeça agarrada ao pescoço! Em O Túmulo do Tesouro podes acompanhar o funeral do malvado faraó Tutankhamon. Chegou o momento pelo qual o maior ladrão do Egipto tanto esperava! Será que ele e a sua quadrilha vão conseguir assaltar o túmulo do faraó e conseguir safar-se com o maior roubo de todos os tempos?

A Guerra das Salamandras, de Karel Capek - O Homem descobre uma espécie de salamandra altamente inteligente e aprende a explorá-la, escravizando-a, mas algo corre mal. Na sua ânsia para desenvolver ainda mais as capacidades das salamandras (a fim de as poder usar), o Homem vai dar-lhes todas as armas necessárias para que elas estejam em posição de desafiar o lugar do ser humano no topo da cadeia animal. A guerra está iminente e a destruição do ser humano é uma realidade.

Entre os Canibais - Aventuras e Desventuras no Rasto de um Ritual Apetitoso!?, de Paul Raffaele - Das ruas da cidade do México às terras altas da Nova Guiné, Paul Raffaele brinda-nos com um relato sobre a milenar história do canibalismo que funde o jornalismo gonzo com aventuras de Indiana Jones. Em 2008, o New York Post elegeu Entre os Canibais ­ No Rasto de Um Ritual Negro uma das dez melhores leituras de Verão.
Para Além de O Segredo 2, de Brenda Barnaby - No seu novo livro, Brenda Barnaby apresenta-nos o resultado das suas investigações em duas áreas fundamentais. O primeiro diz respeito às leis que regem o Universo. O segundo é a importância do bem-estar e da segurança económica para desfrutar plenamente da vida sentimental e afectiva, dos sucessos profissionais e laborais, da vida em família, do enriquecimento intelectual, da solidariedade, da prática de exercícios criativos e de actividades de lazer ou viagens que ampliam horizontes.

A Chave Para Viver a Lei da Atracção, de Jack Canfiel (autor do best-seller Canja de Galinha para a Alma) e D. D Watkins - Este guia detalhado auxilia-o a atingir sonhos, metas e ambições, e a sua viagem começa neste preciso momento. Você pode mudar a sua vida e criar um futuro fantástico cheio de amor, alegria e abundância.

O Legado 731, de Lynn Sholes e Joe Moore - Quando um homem vitimado por uma terrível doença entra nas instalações da Satellite News Network e, pouco antes de morrer, murmura duas palavras ao ouvido de Cotten Stone ‹ «Agulhas Negras» ‹ ninguém podia prever que poucos dias depois mais mortes se seguiriam em todo o mundo. Mais um incrível mistério para Cotton Stone resolver.

A Paciente Misteriosa, de P.D. James - Quando Rhoda Gradwin, uma famosa jornalista de investigação, é internada na clínica privada do Sr. Chandler-Powell, em Dorset, para uma operação de rotina, nada fazia prever a sua morte súbita.
A vida em Cheverell Manor, a pitoresca casa de campo que alberga a clínica, é perturbada quando uma segunda vítima é encontrada. Que mistérios encerra Cheverell Manor? Quem matou os dois pacientes?

As Crónicas dos Elfos ­ Lliane, de Jean-Louis Fetjaine - Sob o comando de um monge, uma colónia humana decide instalar-se na floresta de Éliande, a fim de aí serem construídas igrejas e aldeias. Os Elfos punem radicalmente esta intrusão e só o jovem Maheolas consegue escapar a esta investida. Contudo, este incidente revela-se o menor dos males, pois a partir desse momento os lobos negros, sedentos de sangue, semearão o terror por toda a parte. Mas no horizonte desponta ainda uma outra ameaça: a princesa Liane, uma jovem elfo que se entrega às aventuras e às provas que farão dela a rainha guerreira.

A Filha do Partisan, de Louis de Berniéres - Quando Chris se cruza com Roza numa paragem de autocarro em Londres, nos anos 70, e a confunde com uma prostituta, não podia prever que a sua vida ia mudar para sempre. Após o embaraço inicial, Roza convida-o para tomar café em sua casa, no cinzento bairro de Archway. Uma lindíssima história de amor improvável entre Roza, uma terna e tagarela Sherazade, e o peculiar Chris encantado pelas suas histórias.

Porto Editora lança colecção Gestão e Negócios - Aprenda com os Clássicos

A Ideias de Ler publica, a 7 de Maio, e em simultâneo, quatro títulos que formam a colecção Gestão e Negócios – Aprenda com os Clássicos. Estes livros constituem a reinterpretação e súmula de clássicos de gestão, auto-ajuda empresarial, estratégia militar… adaptando-os ao actual contexto dos negócios e das finanças pessoais. Cada título pretende ser um manual simples e conciso sobre os principais contributos que as ideias centrais de cada uma das obras de referência.
Os quatro livros agora editados – Pense e Fique Rico de Napoleon Hill; A Arte da Guerra de Sun Tzu; O Príncipe de Maquiavel; Como Fazer Fortuna de Benjamin Franklin – baseiam-se em referências incontornáveis de várias gerações de gestores.
Assim, utilizando uma linguagem directa e cheia de exemplos práticos, esta colecção pretende ilustrar a contemporaneidade das ideias presentes em alguns dos mais famosos, inspiradores e úteis livros. Salvaguarda-se que estas reinterpretações não pretendem, de forma alguma, substituir a leitura dos textos originais.



Título: A Arte da Guerra de Sun Tzu
Colecção:
Gestão e Negócios – Aprenda com os Clássicos
Autor: Karen McCreadie
N.º de Págs: 120
Encadernação: Capa mole
PVP: 14,90 €




Título: Como Fazer Fortuna de Benjamin Franklin
Colecção: Gestão e Negócios – Aprenda com os Clássicos
Autor: Steve Shipside
N.º de Págs: 120
Encadernação: Capa mole
PVP: 14,90 €







Título: Pense e Fique Rico de Napoleon Hill
Colecção:
Gestão e Negócios – Aprenda com os Clássicos
Autor: Karen McCreadie
N.º de Págs: 136
Encadernação: Capa mole
PVP: 14,90 €






Título: O Príncipe de Nicolau Maquiavel
Colecção:
Gestão e Negócios – Aprenda com os Clássicos
Autor: Tim Phillips
N.º de Págs: 120
Encadernação: Capa mole
PVP: 14,90 €

segunda-feira, 27 de abril de 2009

A Dama Negra da Ilha dos Escravos - Ana Cristina Silva [Opinião]

-->
A Dama Negra da Ilha dos Escravos
Memórias de Dona Simoa Godinha
Colecção: Grandes Narrativas
Nº na Colecção: 428
P.V.P.: 13,00 €
Data 1ª Edição: 07/04/2009
Nº de Edição:
Nº de Páginas: 176
Dimensões: 150x230mm
Peso: 277g

Sinopse: A personagem central deste romance, D. Simoa Godinho, é uma das figuras históricas mais intrigantes e misteriosas da Lisboa do século XVI. Tendo nascido em S. Tomé, no seio de uma família rica de fazendeiros, acabaria mais tarde, já casada com o fidalgo Luís de Almeida, por vir viver para a capital do reino, onde viria a expressar o seu carácter profundamente humano através de inúmeras obras de solidariedade, nomeadamente junto da Misericórdia. Ficamos a conhecer toda a sua vida – a infância e juventude no exotismo de S. Tomé, a paixão por Luís de Almeida, a sua influência na sociedade lisboeta da época - neste romance soberbo que tão bem soube captar as múltiplas nuances desta personalidade que tem apaixonado sucessivas gerações de historiadores.

A minha opinião
Já o disse aqui mais do que uma vez que adoro biografias, sobretudo biografias bem contadas, que relatem factos históricos, mas que não se tornem maçudas. A história de Dona Simoa Godinho é uma dessas biografias que me encantaram logo. Primeiro porque nunca tinha ouvido falar de tal personagem, depois porque a história contada por Ana Cristina Silva está tão bem alinhavada que nos prende à história daquela que foi apelidada de A Dama Negra da Ilha dos Escravos.
A vida de Simoa Godinho é-nos relatada pela própria, numa espécie de confissão a uma sua sobrinha, Lourença, mas que poderia muito bem ser dirigida ao leitor. Filha bastarda, vive rodeada de mulheres, avó, mãe, e tia, que dominaram o seu crescimento. No entanto, desde muito nova, que Simoa começou a ver as diferenças entre brancos e pretos. Porém, tanto a sua família, como mais tarde aquele que viria a ser seu marido, trataram sempre bem os escravos, na medida do possível para aquela época. Luís de Almeida, futuro marido de Simoa, era um nobre vindo de Portugal, que ao perder todas as posses que tinha no seu país, decidiu partir para S. Tomé para amealhar fortuna. O português era uma pessoa bastante empreendedora tendo desbastado florestas e edificado fazendas, tendo chamado, inclusive, um especialista da ilha da Madeira para aperfeiçoar o fabrico do açúcar. Luís de Almeida traria ainda ideias mais humanitárias para os escravos, introduzindo mudanças profundas nos métodos de trabalho das suas fazendas.
Após anos de prosperidade em S. Tomé, Luís de Almeida e Simoa Godinho decidem estabelecer-se em Portugal. A mudança criou alguns comentários menos favoráveis ao casal na capital portuguesa, sobretudo por Simoa ser negra. Uma visão muito alargada dos costumes da época, do preconceito, da falta de higiene, e da forma como eram tratados os pobres e os doentes. Pena foi que a parte de Portugal não tivesse mais desenvolvimento. Fiquei de tal forma embrenhada nas vivências do reinado de D. Catarina e posteriormente de D. Sebastião, que queria que tivesse sido desenvolvido um pouco mais a permanência de Simoa em Portugal. No entanto, um livro a recomendar.

Excertos
“Crescem as incoerências da memória e as personagens misturam-se, mas lembro-me bem daquela tarde, teria eu quatro anos, em que vi um dos escravos cair desfalecido, arquejando de barriga para baixo sem forças. O feitor aproximou-se de chicote em riste, arremetendo contra ele, como se cada vergastada fosse uma vingança pela sua própria condição de desterrado naquela maldita ilha”.

“Abrir as palavras por dentro é fazer delas janelas para o espírito fecundar o pensamento”.

“Construir uma roça é deixar uma marca na terra que a modificará para sempre”.

“Sendo eu a selvagem que tinha a ousadia de me exibir entre os poderosos do reino, parecia ser ao mesmo tempo a única pessoa suficientemente educada para apreciar os requintes da civilização”.

domingo, 26 de abril de 2009

Dia da Mãe no Mediabooks

E porque o Dia da Mãe está à porta do site Mediabooks está a fazer uma promoção irresistível. O site seleccionou grandes títulos e autores, com descontos a 40% e, por cada livro da selecção Dia da Mãe, a Mediabooks oferece um pocket spray com um agradável aroma, em encomendas até 29 de Abril. Podem ver aqui